Sabayon 5.0 - Transformando Sabayon 4.0r1 em Sabayon 5.0 "Full" (parte 2)

Neste artigo é descrita a atualização completa do antigo Sabayon 4.0r1, transformando-o em uma instalação muito completa de um Sabayon 5.0, aumentado com muitos mais pacotes instalados do que o próprio Sabayon 5.0 original e outros experimentos de uso avançado. Usaremos Entropy junto com Portage.

[ Hits: 23.320 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 28/10/2009 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Transformando Sabayon 4.0r1 em um Sabayon 5.0 "Full"



Para transformarmos nosso Sabayon 4.0r1 em um 5.0 muito completo, tiramos proveito de uma propriedade do Sabayon (e de outras distros baseadas no Gentoo): Ele é "Rolling-Release", atualizável permanentemente online, sem reinstalação de versões mais novas, e ainda ele é "Bleeding Edge", aceita automaticamente pacotes novíssimos, com adequação automática de dependências.

Após a instalação da versão clássica do 4.0r1 (veja página 2), dê boot no computador e inicie o Sabayon, no kernel default (2.6.27).

Verifique (abrindo a sessão no Gnome) se tudo está funcionando corretamente e ajuste o Gnome para Português do Brasil, teclado, local, país, acesso à internet etc.

A seguir faça "logout", feche a sessão e abra outra sessão em um ambiente gráfico menor, Fluxbox.

Pode ser feito no próprio Gnome, mas é muito mais demorado.

Abra um terminal (ex. Xterm) e vamos transportar os repositórios do 4.0r1, para o ramo "Branch" 5 e depois atualizar os bancos de dados desses repositórios.

Para isso execute os comandos abaixo:

a) Primeiro delete o pacote "Spritz", pois as versões novas dele (instalador gráfico do Entropy) se chamam "Sulfur" e são diferentes em dependências, pois são escritas em QT.

sudo equo remove spritz --nodeps

b) Depois siga como nos métodos A OU B:

Método A:

Abra um editor de texto em modo root:

sudo gedit (ou nano, vim, kate, kwrite) /etc/entropy/repositories.conf

e substitua a linha que contém "Branch 4" por "Branch 5". Vai ficar assim:

# syntax for branch:
#
#    branch: in Sabayon Linux each release has its branch that is the version name (eg. 3.4, 3.5)
#    branch|actual branch string (no spaces!)
#
#    example:
#    branch|3.5
#    or:
#    branch|3.6
#
# Branch default setting

branch|5

Salve o arquivo e atualize os repositórios, o instalador Entropy e suas dependências:

sudo equo update --force
$ equo install equo entropy sulfur magneto --pretend
$ sudo equo install --ask --verbose equo entropy sulfur magneto


Método B:

Diretamente no terminal, faça os comandos (método descrito pelo fórum Sabayonmania, Itália):

sudo equo hop 5
$ equo install equo entropy sulfur magneto --pretend
$ sudo equo install --ask --verbose equo entropy sulfur magneto


Em meus testes os dois métodos funcionaram, mas prefiro o método A.

IMPORTANTE: Não faça "equo update" ou comandos semelhantes, sem portar o sistema ao Ramo 5 (equivaleria a apenas atualizar o 4.0r1 ao 4.2), pois isto provocará inúmeros erros de Python, dificilmente reparáveis. Resumindo: PORTE O SISTEMA À "BRANCH 5" (Métodos A ou B) antes de executar "equo update".

c) Sem desligar o computador, agora atualize o sistema todo:

sudo equo update --force
$ sudo equo world
Ou:

sudo equo upgrade

NOTA: Pode ir dormir, passear, tomar cerveja! rsrsrsrs

Demora muito, várias horas! Cerca de 2500 pacotes serão atualizados.

Todos os ambientes gráficos (GNOME, LXDE, XFCE etc) e todos os milhares de pacotes que o Sabayon 4.0r1 tinha serão transformados nas respectivas versões novas do 5.0!

Não há problema, o tempo não é uma limitação para quem está acostumado com as distros baseadas no Gentoo.

d) Ainda sem desligar o micro, atualize o kernel e o suporte aos efeitos 3d, placa de vídeo etc.

sudo equo install linux-sabayon
$ eselect kernel list
$ sudo eselect kernel set NUM
(onde NUM é o número correspondente ao kernel novo, 2.6.31)
$ sudo equo install nvidia-drivers nvidia-settings (se sua placa de vídeo for NVIDIA) ou:
sudo equo install ati-drivers (se sua placa for ATI)
eselect opengl set nvidia (ou nvidia)

e) Não desligue ainda! Outros ajustes. Acertando as versões de Python e do compilador GCC, para as versões mais novas:

eselect python list
$ sudo eselect python set NUM
(NUM = número do último Python de série 2, ex 2.6. Os Python 3 nem sempre funcionam bem em Sabayon)
gcc-config -l
$ sudo gcc-config NUM
(NUM = número da mais recente versão de GCC)

f) Agora, se quiser, já pode fazer reboot para testar e escolher no Grub o último Kernel, o 2.6.31. Abra a sessão em Gnome.

g) Se tudo correu bem você terá já as telas e temas do Sabayon 5.0 (veja parte 1 dessa série) ao invés do 4. Então complete seu sistema instalando o KDE 4.

Nem todas as versões de KDE possuem meta pacotes em Sabayon. Além disso, como o Sabayon 5.0 formado é muito grande, terá inúmeras dependências.

Por isso é mais prático usar a interface gráfica do Entropy, o Sulfur (veja parte 1 dessa série) em conjunto com os comandos:

sudo equo update
$ sudo equo install equo sulfur entropy magneto
$ sulfur


Abra o Sulfur (automático, ele abrirá em modo root, usando gksu), procure os pacotes de KDE 4 (atual: 4.3.2) e instale.

h) Pronto. pode fazer reboot e testar. inicie sua sessão em KDE 4.

Você acaba de "fazer" um bonito Sabayon 5.0 com milhares de pacotes instalados, maior que o Sabayon 5.0 Official (parte 1) com muitos e muitos pacotes instalados que o Sabayon 5.0 não tinha instalado por default!

Na figura abaixo, observe o ambiente KDE 4, as telas e temas do Sabayon 5 e observe a existência de kernels mais antigos, provando que essa versão 5.0 foi feita a partir de um Sabayon 4.0r1, transformado.
Linux: Sabayon 5.0 - Parte 2 - Transformando Sabayon 4.0r1 em Sabayon 5.0 'Full' - Usando Entropy junto com Portage.
Para o uso rotineiro, navegar, ver vídeos etc com esse novo Sabayon 5.0 "Full", faça-o como descrito na parte 1.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Obtendo e instalando o Sabayon 4.0r1
   3. Transformando Sabayon 4.0r1 em um Sabayon 5.0 "Full"
   4. Experimentos avançados. Usando Entropy junto com Portage em Sabayon 5.0
   5. Conclusões
Outros artigos deste autor

Cansou do Konsole e GNOME-Terminal? Existem outros terminais, escolha o seu!

Sabayon 5.0 - Uma nova distro multimídia (parte 1)

Conhecendo e testando vários navegadores de Internet

Gentoo: Interfaces gráficas para Portage/Emerge - substitutos do Kuroo

Linux no Pendrive: Definitivamente configurável e persistente

Leitura recomendada

Certificação Eletrônica no Linux para PJe - Relato de minha experiência como advogado

Instalando e configurando o SSH

Fresh Player no Slackware (sim, FRESH)

Teste de estresse entre software livre e soluções proprietárias

Instalação e uso do Superkaramba

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 28/10/2009 - 14:49h

ERRATA E COMPLEMENTOS DESTE ARTIGO:

1) ERRATA:

"Transformando..." , Ìtem d:

"$ eselect opengl set nvidia (ou nvidia)" leia-se "$ eselect opengl set nvidia (ou ati)"

2) ATUALIZAÇÂO DOS COMANDOS:

Atualmente, os comandos "equo world" e "equo database gentoosync", são obsoletos, "deprecated".
Use:
"equo upgrade" e "equo rescue spmsync"...

3) COMPLEMENTOS:

a) Mais Videos Novos do Sabayon

http://wgo.wolf911.us/?p=252
http://www.youtube.com/watch?v=fcRw3vbgiXo&feature=player_embedded#
http://www.youtube.com/watch?v=RTUZkiDCYpc&feature=player_embedded#

b) Como fazer, se não quiser levar o Sabayon 4.0r1 até a "Branch 5" mas quer usar os pacotes mais recentes da versão 4?

É Simples! veja na sessão de instalar os programas. Se você fizer os comandos:

$ sudo equo install --ask --verbose --nodeps entropy equo sulfur magneto

Instalará o Entropy 0.94.4, o último do Ramo 4, sem mudar Python, GTK, QT e sem problemas.

ou seja, se não quiser transformar no 5, mas apenas usar pacotes novos do 4, instale-os com opção --nodeps!

c) Para compliar Kernel de tempo Real para Sabayon:

http://forum.sabayon.org/viewtopic.php?t=20560

d) Para ativar o Bash Completation e novos comandos de entropy, por exemplo adicionar repositório Limbo Experimental, sem editar arquivos, veja:

http://wgo.wolf911.us/?p=307

[2] Comentário enviado por acrufino em 28/10/2009 - 16:24h

Prabéns pelo artigo. Estou meio engessado com Ubuntu e esse artigo me fez vislumbrar alternativas interessantes. Valeu!

[3] Comentário enviado por shakur em 29/10/2009 - 20:40h

ai pessoal o negocio eo seguinte
eu quero testar esse sabayon so q eu baixei a versao 4.2 por engano kkkkkkkkkkkkkkk
e queimei a midia
naum quero baixa de novu
como passo pra 5?

[4] Comentário enviado por albfneto em 29/10/2009 - 22:01h

a conversão da 4.2 é análoga,
siga o procedimento como se a 4.2 fosse a 5....
inclusive ela tem KDE 4 e porisso não há problema...

MAS, como ela é menor, a versão 4.2 (menor que a 4.0r1) vc obterá um sabayon 5, identico ao da PRIMEIRA parte da série, isto é igual ao que seria instalado diretamente com o DVD da versão 5..., ou seja ele vai ficar do tamanho da versão 5.0 Oficial.

Pode não ser vantagem.

[5] Comentário enviado por shakur em 29/10/2009 - 22:12h

mais como eu atualizo?kkk eu tow apanhando aki irmao

[6] Comentário enviado por grandmaster em 29/10/2009 - 22:24h

Valeu pelas correções.

---
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[7] Comentário enviado por albfneto em 30/10/2009 - 02:11h

instale o 4.2 completo, KDE ou GNOME, depois segue como no artigo, pagina 3, a partir do ítem b (pq o 4.2 não tem Spritz)
basta fazer tudo como na página três, item b para frente (inclusive editar o client.conf, é a primeira coisa)
seguindo o procedimento até o final da página três estará atualizado, mas como falei, ficará igual ao 5.0 oficial (parte 1).
somente ficará diferente se partir do 4.0r1, portanto esta é a única versão que compensa transformar na 5.0, pq só ela ficará "Full", as outras serão idênticas ao 5.0 instalado a partir do próprio LIve DVD, portanto sem vantagem...

Mas para que quiser.... "destrinchei" meu próprio artigo e aqui está o procedimento para:

ATUALIZAR SABAYON 4.1 OU 4.2 AO 5.
(NÃO APLICAR AOS SABAYONS 3.4F OU 3.5, VEJA ABAIXO)

Instale o Sabayon antigo (4.1 ou 4.2) ou você já o tem!

sua rede deve estar ativa e ser de banda larga, pq demora muito!

abra-o, de preferência em Fluxbox...
abra um terminal e faça os comandos:

$ su
# equo hop 5
# equo update (se não funfar, equo update --force)
3 equo install --verbose --ask entropy equo sulfur magneto
# equo world (ou equo upgrade)

COISAS IMPORTANTES
. A partir do primeiro (equo hop 5), não desligue o micro, nem interrompa, até o fim do processo....

tudo será atualizado, até o kernel 3.6.31 e KDE 4.3.2....

Durante o upgrade, ou antes, NÂO USE PORTAGE, isto é não use comando emerge!

Depois que acabar o upgrade, se quiser pode resetar....
tudo deverá correr bem, se perder o X, faça os comandos da página 3, ítems d, e...

MAIS COISAS IMPORTANTES:
Não é possível atualizar Sabayons 3.5, 3.4F etc... anteriores ao 4. eles são "Branch 3", seus pacotes não existem mais nos repos e não são mais suportados os downloads.
O único jeito "transformar os Sabayons 3 em 5, é usando exclusivamente Portage, emerge, e não é fácil pq os slots, profiles, são muito antigos...

[8] Comentário enviado por albfneto em 30/10/2009 - 12:53h

Para entender os comandos. Terminologia...

Entropy é o instalador de binários otimizados tipo Gentoo.

equo é o seu comando principal!

sulfur (antigo spritz) é a interface gráfica do entropy

magneto é o notificador que avisa quando tem atualizações.

equo update atualiza a árvore dos pacotes

equo world ou equo upgrade atualiza todos os pacotes instalados

Portage é o instalador compilador de fontes, o mesmo do Gentoo

emerge é o seu comando

portato é a sua interface gráfica

[9] Comentário enviado por shakur em 30/10/2009 - 19:04h

vlw vou fazer sim so mais uma pergunta
eh q eu comprei umpc novo
e eh uma ecsa790-gxm-ad3
gostei de tudo o video eh ati3300
e o sabayon parece ter reconhecido tudo direitinhu
o negocio eo seguinte eu vou sim testar o sabayon mais o arch eo meu preferido
so q tive uns problemas na resoluçao dele,mais se o sabayon funciona de boa sinal q tem drivers pra linux bons pra minha placa
como faço pra deixar o video legal igual io sabayon teria como colokar o video do sabayon no arch
uso monitor de 26 da aoc
q usa resoluçao maxima de 1360x768 desculpa ta fazendo a pergunta aki qualquer coisa eu abru um topico
se nao puder estar perguntando aki
vlw pela ajuda

[10] Comentário enviado por forthnes em 01/11/2009 - 01:13h

Depois de ler seus artigos aqui no VOL, resolvi instalar o Sabayon e estou gostando muito!

Obrigado pelas informações.

Abraço

[11] Comentário enviado por albfneto em 03/11/2009 - 19:09h

shakur, como assim colocar o video do sabayon no arcH? As telas, os screens?
eles estão como jpg, png etc, em vários sites sobre o sabayon.
é só copiar pro /home seu, e ai colocar, no GNOME, no KDE...
agora se vc perguntou, os Temas completos? todas as telas , menus, de sabayon?
Olha. que eu saiba, eles são COMPILADOS em sabayon... Dá pra clocar no gentoo, no arch acho que não, pq eles vem como pacotes para gentoo, e o arch não usa portage, usa pacman.
a não ser que seja possivel colocar portage no arch, não sei se é...
se for...possivel, depois do portage instalado no arch...., precisa ativar o Overlay sabayon, e instalar com portage..
vou fazer uma sugestão, se também gosta do sabayon, pq não faz um boot duplo ou triplo, seixe o arch e também instale sabayon.
O Ponto chave é que Arch tem arquitetura e instalador proprio, o PacMan e O Sabayon é Gentoo based. Mesmo o Entropy, são binários, mas são binários de Gentoo, e não de Arch ou gerais.



[12] Comentário enviado por levi linux em 28/05/2012 - 15:35h

Boa tarde!
Professor Alberto gostaria de tirar uma dúvida. Estou começando no Sabayon e estou gostando muito da distro. A priori não tenho intenção de transformá-lo em Gentoo e ainda não precisei de nenhum pacote que não estivesse nos repositórios do entropy, porém fiquei curioso sobre a utilização do portage no Sabayon.
Minha dúvida é a seguinte, esse método descrito no artigo acima pode ser utilizado no Sabayon 8?
Já tenho um make.conf que usei quando experimentei o Gentoo.
Andei pesquisando na wiki do Sabayon e pelo que entendi o uso do Portage só é recomendado para usuários avançados em função das diferenças de versões dos programas.

Grato,

Levi Gomes


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts