Quando seria mais conveniente usar wvdial no terminal para conexões 3G ou EDGE?

Com a disponibilidade de gerenciadores de conexão atuais automatizando o acesso a Internet 3G, será ainda necessário usar ou mesmo apenas saber usar alguma alternativa de conexão com modem 3G usando terminal e algum programa discador?

[ Hits: 17.505 ]

Por: meinhardt, jorge g em 18/10/2011


Condições de uso



Como comentei na introdução, usando distribuições (distros) das mais atuais, cujo lançamento ocorreu ha apenas pouco mais de um mês e mesmo de outras distros ainda muito mais atuais, com atualização permanente com base no sistema "Rolling Release" e portanto com tudo aquilo que houver de mais recente tanto em termos de versão de kernel quanto em termos de atualização de aplicativos e repositórios, fica difícil supor a ocorrência de problemas para conseguir alcançar conexões a internet e acesso a serviços de web-mail com alta qualidade e confiabilidade estando ao alcance de redes wifi e 3G/Edge.

A prática como sempre é diferente da teoria. Basta que algum dos sinais de transmissão em ambos os casos (wifi e 3G ou Edge) via ondas de radio-frequência não seja muito forte ou apresente oscilações, e você terá oportunidade de experimentar momentos de irritação e muita frustração.

Isto ocorreu em local onde havia a disponibilidade das duas alternativas de sinal, wifi e sinal via rede celular (3G / Edge - 2G).

Ao ligar o Notebook (NoBo), o sinal wifi já deu demonstração de sua força, ao fazer o LED de rede wifi ficar piscando. Isto demonstrava o reconhecimento da rede wifi e a ativação automática da mesma, sem haver sido necessária nenhuma operação de configuração. Para usar a alternativa de acesso por rede wifi, seria necessário pagar este acesso por hora (R$7,00), por dia (R$12,00) ou por semana de uso (R$49,00).

Dispondo de modem 3G e conta de acesso a Internet banda larga vigente e portanto não precisando haver nenhum pagamento extra para usa-lo, a opção por esta alternativa seria a lógica.

Seguindo estas mesmas facilidades de reconhecimento e configuração das distros atuais, bastou espetar o modem 3G para a conexão ser ativada via rede de celulares. O sinal, como mencionei em paragrafo anterior, não era muito forte e além disto oscilava entre o padrão 3G e o Edge (2G) sendo possível reconhecer isto pela troca de cores do LED do modem, oscilando entre azul escuro e azul claro (para sinal 3G) e cor verde nos dois casos ficando permanentemente ligado ou piscando para o EDGE / 2G, chegando ao extremo de desconexão total quando o LED apaga totalmente.

Cheguei a experimentar a troca de local do NoBo, para tentar conseguir melhor qualidade da conexão, porém sem sucesso.

Enquanto isto, enfrentando cortes frequentes do sinal 3G/2G, o LED da rede wifi continuava aceso de forma constante, demonstrando a suposta melhor qualidade da conexão wifi.

Devido a urgência de transmissão e recepção de mensagens com conteúdo comercial/profissional, fui obrigado a desistir do uso da banda larga 3G/2G e partir para o uso do wifi, ainda que fosse apenas por uma hora ou talvez um dia de uso, até melhorar a conexão 3G/2G.

Antes disto, tentando obter a estabilização do sinal 3G/2G e evitar o corte do sinal, parti para o uso da velha técnica do uso do PING, via terminal.

Abri um terminal e digitei:

ping -i 15 google.com

Conforme já descrito em dica sobre o uso deste recurso de rede, esperava com isto conseguir pelo menos receber as informações que aguardava e transmitir aquelas que já havia preparado.

Como isto não ocorreu, continuando os cortes frequentes de sinal, fui obrigado a partir para o uso da rede wifi. Para surpresa minha,esta rede funcionou de forma razoável, porém por se tratar de uma rede publica, com bastante oscilações na qualidade e largura de banda. Consegui entretanto acessar aos arquivos necessários na rede. Tive mesmo assim que manter o uso do PING -i para garantir alguma regularidade do sinal, evitando cortes.

Voltei a tentar usar o modem 3G apenas a noite quando devido a menor densidade de tráfego na rede, seria de se esperar uma conexão de melhor qualidade. Notei entretanto que mesmo quando tinha uma conexão 3G de melhor qualidade que o da rede wifi, o gerenciador de conexões padrão da distro instalada, fazia uma varredura periódica de sinal e mesmo tendo desabilitado a rede sem fios manualmente, o gerenciador fazia a reabilitação automática da mesma provocando a quebra da conexão 3G.

A cada vez que o LED do modem 3G apagava, precisava abrir a janela do Miniaplicativo Gerenciador de Redes 0.8.1 (ver figura 001) com um clic do botão direito do mouse e voltar a desabilitar (desmarcar) a conexão sem fios.

Era ainda preciso clicar novamente sobre o ícone da rede 3G para que fosse feita a reconexão.

Se isto ocorresse apenas a cada duas horas ou mesmo a cada hora, não veria grandes problemas porém isto estava acontecendo entre 5 a 10 minutos.

Facilmente, por mais paciência que se tenha chega ao ponto de saturação.

Busquei alterar as configurações do gerenciador de redes (network-manager), diretamente na sua interface gráfica e depois nos respectivos arquivos de configuração e não consegui encontrar nenhum parâmetro que pudesse alterar a configuração do mesmo, mantendo a conexão wifi desabilitada até que eu e apenas eu decidisse o contrário.

Este era o tipo de coisa que nunca suportei nos Windows, quando o sistema operacional decidia por mim aquilo que "ele" estava programado para achar que era o melhor. Sempre preferi sistemas que trabalhem ao meu comando e não ao contrário. Se decido usar internet 3G porque fica mais barato ou conveniente para mim em determinada condição, em vez de outra rede wifi paga, esta decisão tem que ser respeitada, não sendo aceitável que um aplicativo fique por sua própria conta, voltando a fazer varreduras de sinal e com isto cortando a conexão em uso, além de reabilitar aquilo que por decisão minha foi desabilitado.

Não consegui fazer a captura de tela com as janelas que abrem ao clicar com os botões direito e esquerdo do mouse, sobre o ícone do gerenciador da rede. O conteúdo da janela do gerenciador que abre ao clicar o botão esquerdo, está do lado direito da figura nr 02 (captela002-networkmanager), mostrando as conexões disponíveis e permitindo acionar aquela que se deseja.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Condições de uso
   3. Testes com distros diferentes
   4. Solução do problema e conclusões
Outros artigos deste autor

Instalando Linux em notebooks - uso de cheatcodes

Teste a vulnerabilidade de seu PC

Sugestões sobre distros Linux e particionamento de HD

Kernel 3.0-0 já disponível no aptosid e operando de forma estável

Zorin OS - interessante distro lançada no ano novo - primeiras impressões

Leitura recomendada

Criando um pinguim móvel com Fedora Core 1 e Siemens M50

VPN - PPTP Cliente no Slackware 10.2

Apache 2.2 - Introdução ao módulo mod_rewrite

Postfix autenticando com o SASL no Conectiva 8

Montando e desvendando redes no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 18/10/2011 - 13:52h

Como vai, Jorge.

Rapaz, que experiência!

Quando usava o Ubuntu-9.10 e 10.04 com conexão 3G, tive melhor aproveitamento do serviço.
No início do uso do serviço, a qualidade do sinal era estável e conectava rapidamente.
Modem 3G da Claro reconhecido 'autoMagicamente'. E no Windows precisava do Driver disponível que vinha no Modem, e como demorava pra instalar. No Linux era 'Plug and Play'.
Mas meus problemas, diferentes do seus, estavam relacionados com a operadora e não com a conexão em si.

Estou admirado como você encontrou a solução, que aparentemente simples, resolveu o problema.
Gostei de ter transformado seu trabalho numa forma de ajudar aos outros que possam a vir a ter os mesmos percalços.

Parabéns Jorge!

[2] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 18/10/2011 - 14:15h

Izaias,

Dizem que é no desespero que a gente se supera ou na maioria das vezes sucumbe. Se não fosse a necessidade da conexão para resolver assuntos de trabalho, se estivesse em casa matando tempo e talvez tentando apenas navegar na Internet lendo noticias ou quem sabe se estivesse na praia, apenas tentando usar a internet para alguma pesquizinha idiota, com certeza não haveria a motivação para correr atrás da solução.
Por sorte já havia passado pela experiencia de precisar obrigatoriamente usar o "ping -i" para poder garantir a manutenção da conexão tanto em 3G/2G como em wifi. Por sorte também precisei aprender "na marra" a configurar e botar pra funcionar modem 3G com wvdial.

O que realmente me "derrubou os butiás do bolso" foi o sem vergonha do gerenciador de redes fazendo a varredura de sinal wifi e voltando a reabilitar a conexão totalmente contra a minha vontade. Só faltou dar porrada no computador para tentar resolver esta desobediência.

Vou continuar sem dizer o nome das distros envolvidas, para não ser chamado de proselitista, mas a minha preocupação era encontrar alguma que não tivesse nada automático e pudesse apenas operar sob estrito comando do usuário.

Ainda bem que tinha 3 distros instaladas e rodando bem. Com certeza se tivesse apenas uma instalada ou duas da mesma família, teria que fatalmente cair no Windows e ai sim, não teria nenhuma saída porque o tal S.O. pago é mais automatizado ainda.

[3] Comentário enviado por mcnd2 em 18/10/2011 - 23:08h

"Dizem que é no desespero que a gente se supera ou na maioria das vezes sucumbe."

Jorge, isso de fato é correto.

Já ocorrido comigo que rendeu até um artigo:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Restaurar-arquivo-ou-diretorio-apagado-em-file-system-ext3/

Ficou bem explicado o fato ocorrido na sua situação e bem abrangente.
Em grande maioria dos problemas ocorrido com distros cada vez mais automatizadas é mais fácil que se imagina acertar o problema, só vai depender se o sistema 'automatizado' vai deixar o usuário executar tal tarefa!

Bom Artigo.

Edit¹====================================

Jorge, notei que estão faltando as figuras no seu artigo como dito entre parenteses nesse parágrafo:

"A cada vez que o LED do modem 3G apagava, precisava abrir a janela do Miniaplicativo Gerenciador de Redes 0.8.1 (ver figura 001) com um clic do botão direito do mouse e voltar a desabilitar (desmarcar) a conexão sem fios."

[4] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 19/10/2011 - 00:42h

Glauber,

Na verdade, pretendia fazer a captura de tela para mostrar aquelas pequenas janelas que aparecem quando se clica com o botão direito ou esquerdo do mouse, sobre o ícone do gerenciador de redes. Infelizmente, neste caso a tecla print screen não funciona.

Tentei suprir esta dificuldade ao incluir uma das telas capturadas por uma imagem do manual do gerenciador de redes, onde aparecia exatamente esta imagem onde estão listadas as conexões ativas e a qualidade do sinal de cada uma delas. Além disto, também fiz a captura de tela das duas versões do gerenciador de redes que não funcionavam e ficavam cortando a conexão periodicamente devido a automatização. Possivelmente o Fabio ao fazer a revisão, do artigo, preferiu não incluir estas imagens pois não viriam a auxiliar em nada a compreensão.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts