Experiencias de um viajante - binômio sidux/Ceni novamente destaque

O sidux e o Ceni (aplicativo de configuração de rede) novamente foram destaque na facilidade de uso de redes wifi e excelente desempenho.

[ Hits: 10.024 ]

Por: meinhardt, jorge g em 21/09/2009


Comentários iniciais



Em recente viagem ao exterior a trabalho que foi decidida com pouca antecedência, terminei partindo com alguns itens meio capengas neste NoBo.

Explico o "capenga":

Depois da decisão de escolha da distro para substituir o Kurumin como "âncora", ou seja, aquela distro com período longo de maturação e intervalo maior entre atualizações de grande porte. Em favor do Debian 5 Lenny, já vinha usando o mesmo por algum tempo. Havia feito algumas instalações e reinstalações experimentais.

Por segurança e necessidade de redundância, mantenho normalmente pelo menos duas ou preferencialmente três alternativas de distros em perfeito ou quase perfeito funcionamento permanentemente, pois caso, por qualquer eventualidade, ocorra alguma falha ou problema de configuração, posso sempre contar com outra ou outras alternativas, já que o uso é para trabalho.

Por sorte, as distros Linux em geral são muito mais enxutas que outros Sistemas Operacionais (SO), permitindo este tipo de "luxo", sem comprometer a capacidade de armazenamento do HD. Com qualquer coisa em torno de 6 GB para o raiz e outros 4 a 5 GB para /home, se pode manter perfeitamente várias alternativas de distros completas, com todos os aplicativos necessários.

Outras considerações

Antes da partida, estava com o sidux Aethir (2009-02), o Linux Mint 7 e o Debian 5 Lenny instalados e todos devidamente atualizados, embora com alguns problemas no Debian Lenny.

Havia recém comprado um HD externo onde fiz backups de todas as partições (usei o CD-Live do Kurumin 7.0 e o aplicativo Partimage). O conforto e sensação de segurança dos backups normalmente deixa a gente mais "peitudo" e disposto a experimentações, como seria lógico de se esperar (acredito eu pelo menos).

Com os backups externos garantidos, resolvi então tentar fazer ainda antes da partida para o exterior uma reinstalação do Debian Lenny, para tentar eliminar alguns pequenos problemas que vinha encontrando, principalmente porque sendo o mesmo uma distro enxuta, são necessárias várias instalações de aplicativos e ajustes para deixar funcionando de acordo com as preferências de cada um.

Abaixo algumas dicas e informações excelentes referentes a personalização do Debian 5 Lenny que tenho seguido:
Neste processo de personalização devo ter cometido um número grande de "barbeiragens", gerando pequenos problemas que vinham me incomodando. Nada de maior monta, apenas pequenas coisas que no final das contas terminam por criar algum desconforto.

Por esta razão, antes da viagem, fiz na corrida uma reinstalação do Debian Lenny, tomando o cuidado de definir os pontos de montagem das diversas partições preexistentes onde estão as outras distros (raiz e /home), para poder acessar as mesmas sem precisar reeditar o /etc/fstab depois da instalação feita e incorrer nos erros que vinham criando problemas no Debian 5 Lenny.

O problema que mais incomodava era o tempo de boot, pois nas instalações experimentais anteriores, ao reeditar o fstab (/etc/fstab) com certeza não usei todos os parâmetros corretos. Isto provocava a verificação (fschk) forçada de algumas das partições a cada boot, o que toma tempo criando uma demora que termina "enchendo o saco" de qualquer um. Tentei usar o aplicativo Disk Manager para corrigir o problema, porém não havia conseguido.

Provavelmente, como todo usuário Linux que não é nenhum expert, sendo apenas um simples usuário pouco afeito ao uso do terminal, fazendo esta pré-configuração dos pontos de montagem das outras partições ainda durante o processo de instalação deixava o Debian 5 Lenny praticamente pronto, pelo menos em termos de acesso fácil a todas as partições pré-existentes (algo como ocorre no sidux, no Linux Mint 7, no Big Linux 4.2 e possivelmente em várias outras distros com base no Ubuntu que ainda não experimentei).

Novamente, como bom "Linuxer" (usuário apenas), também resolvi fazer outra experiência, alterando os "cheatcodes" usados, seguindo ao pé da letra as dicas do mestre Morimoto na análise do NoBo Acer Aspire 5050, que é muito parecido com o meu (http://www.guiadohardware.net/analises/acer-aspire-5050/).

Com isso, em vez de seguir usando os "cheatcodes" anteriores e já testados (irqpoll noapic noacpi), passei a usar os sugeridos na Analise do GDH, irqpoll noapic pci=biosirq.

Consegui com isto que o Debian 5 Lenny passasse a reconhecer e ativar a minha placa wifi, já de primeira, sem precisar fazer instalação de módulo madwifi da Atheros ar5007eg com a consequente necessidade de recompilação do kernel, apesar do kernel apenas 2.6.26.

Não deu tempo de instalar o aplicativo Wicd, imprescindível no Debian 5 Lenny, já que as ferramentas de configuração de wifi padrão são complicadas e talvez até totalmente ineficientes na configuração do wifi, mesmo "na unha" via terminal por usuário comum.

Acreditei que conseguiria fazer isto depois, mesmo tendo apenas acesso a Internet por wifi, já que agora tinha a placa wifi reconhecida e ativada desde o boot, bastando usar o novo conjunto de "cheatcodes".

Não consegui obviamente, sendo esta a razão deste artigo.

Havendo chegado ao destino no exterior, na véspera de um feriadão, acreditei que agora com a descoberta da possibilidade de ativação do meu wifi, já na instalação, o wifi funcionando era uma possibilidade real no Lenny. Pensei que talvez, partindo para a reinstalação do Debian 5 Lenny, já tendo apenas acesso a wifi, usando os novos "cheatcodes" conseguiria completar a instalação, já com wifi, além de todas as possibilidades de instalação de aplicativos adicionais, personalizações, atualizações etc.

Não consegui, seguramente por ignorância no uso correto do terminal e por falta de conhecimento mais profundo do Linux, onde um usuário capacitado e experiente teria feito tudo isto "na unha", de primeira.

Agora, de volta em casa, com boa conexão cabeada, fiz a reinstalação do Lenny e não precisei recompilar o kernel para ativar o wifi e o problema da demora de boot no Lenny está resolvido, apenas pelo fato de passar a usar uma melhor seleção de "cheatcodes" e definir pontos de montagem das várias partições durante a configuração da nova instalação usando a alternativa de particionamento manual.

Isto só se consegue experimentando, o que afinal deve ser uma característica dos usuários Linux.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Comentários iniciais
   2. Comentários finais
Outros artigos deste autor

Zorin OS - interessante distro lançada no ano novo - primeiras impressões

Como o Google Earth pode induzir a reinstalação de uma distro Linux

Teste a vulnerabilidade de seu PC

Kernel 3.0-0 já disponível no aptosid e operando de forma estável

Sugestões sobre distros Linux e particionamento de HD

Leitura recomendada

Certificado Digital e diversos ambientes Java no GNU/Linux

Servidor FTP externo no Ubuntu 12.04 - Criação e configuração

Instalando o giFT com plugins para as principais redes

Usando 3G da Vivo no Slackware 13.1

Servidor FTP com NetBSD (PureFTPD + MySQL)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por gnu em 21/09/2009 - 14:03h

Blz... Cadê o artigo?

[2] Comentário enviado por daigo em 21/09/2009 - 15:50h

Eu tambem gosto do Ceni. Recentemente, viajando para o interior do PR, com 1 Live CD do Sidux em mãos, pude ajudar 1 colega a resolver 1 problema em sua rede Wireless, no qual o sistema concorrente n conseguia detectar a rede.

[3] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 27/09/2009 - 15:39h

gnu,

Realmente o pretenso Artigo está uma porcaria ou como diz você, não existe (Blz... Cadê o artigo?). O objetivo modestamente era apenas compartilhar as experiencias de um usuário comum enfrentando dificuldades com a configuração e instalação de uma distro reconhecidamente pouco amigável e enxuta, porém com uma performance excelente, incentivando de quebra os iniciantes a pesquisar soluções. Procurei apenas passar algumas dicas que não encontrei no material que pude ler.
Vou tratar de limitar minhas contribuições focadas nos usuários iniciantes e com poucos conhecimentos aprofundados como eu, para poder passar pelo crivo dos criticos, experts e geeks. Outras matérias então, nem pensar já que sou apenas um usuário, nenhum expert.

Realmente não vale a pena perder tempo que poderia ser de lazer, tentando elaborar alguns tipos de matéria.

Pensei que isto ocorresse apenas nas comunidades onde existe uma mescla grande de usuários Linux com fanaticos pelo Ms Windows. Entendo que deva também reduzir a colaboração nas respostas a perguntas de usuários com menos experiencia, já que isto é coisa só para experts como você que tem um ranking 228 e participa do VOL desde 2004. Como poderia um "Mané" usuário apenas, ter o peito de publicar Artigos e Dicas ou responder perguntas. Só poderia ser sem conteúdo de valor apreciável. Isto deve ser deixado apenas para os experts que tem tempo de sobra para responder e solucionar a todos os problemas.

Grato pela critica e pela avaliação.

[4] Comentário enviado por gnu em 30/09/2009 - 11:50h

Cara... Inicialmente peço desculpas pela indelicadeza. Eu mesmo, no início, publiquei algo parecido, pelo que vim a me arrepender depois. Só acho que o texto não atende aos requisitos de um artigo. Porém, não acho que vc deva se magoar tanto. Você fez artigos muito bons, entre os quais eu destaco:

Instalando sidux em pendrive para usar como "Canivete Suíço"
Teste a vulnerabilidade de seu PC
Instalando Linux em notebooks - uso de cheatcodes

Se te ofendi peço desculpas, e tenho consciencia de que é da participação de pessoas como vc que a difusão do linux depende. Eu mesmo uso linux apenas em servidores, e é esse meu foco. Gostaria de ter tempo para brincar com ele no desktop.. como fazia antigamente, porém já não é mais possível. Desculpe novamente...

[5] Comentário enviado por prp5627 em 24/11/2009 - 19:43h

Olá amigo.
Voce mostrou muito bem.
Como usuário do sidux assino em baixo tudo que expos sobre o ceni.
Acho que este ceni é imbatível na configuração de rede cabeada ou mesmo wifi.
abraço.

[6] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 24/11/2009 - 23:07h

Companheiro,

Grato pelo comentário. O objetivo foi apenas compartilhar as boas experiencias e a excelência e flexibilidade do Ceni em termos de configuração de conexões cabeadas ou wifi.

Abraços


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts