Publicidade e software LIVRE? De novo?

Sim, já existe um artigo meu aqui a respeito, mas um tanto quanto "precário" na minha opinião. O objetivo aqui é mostrar um pouco do que podemos fazer utilizando o nosso bem mais precioso: A CRIATIVIDADE.

[ Hits: 24.178 ]

Por: Guilherme RazGriz em 04/06/2007 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Um negócio chamado Briefing e outro chamado de Brainstorm



Vamos lá, dentro de uma agência de publicidade existe um profissional chamado de "Atendimento" ou para quem preferir "Executivo de Contas".

A função deste profissional "nada mais é" do que ser o ELO de comunicação do cliente para com a agência e vice e versa. Mas por que eu disse isso? Bem, porque é deste "ELO" que nasce o "Briefing", que é o documento que contém os objetivos do cliente, os pedidos básicos do mesmo, as restrições (se houverem), a verba disponibilizada pelo cliente e também se o profissional for bom, este documento irá conter dados valiosos sobre como o cliente trabalha, dados sobre o seu negócio, personalidade, gostos e etc.

Uma vez nascido o Briefing ele é trazido pelo profissional citado acima até uma mesa de reunião dentro da agência. Mas... quem estará presente nesta mesa? Normalmente estarão presentes os seguintes profissionais: o já mencionado Atendimento, a Dupla criativa que foi designada para esta conta* (DUPLA CRIATIVA: a mesma é composta por um diretor de arte - o mané que "mexe com os programas" - e um redador - o cara que escreve texto), o diretor de criação *(Chefe da dupla criativa, é ele quem decide se o caminho apontado pela dupla deve ou não ser seguido) e também estará presente o profissional de mídia * (o cara que decide em que veículos de comunicação vão sair as peças, e ele também é o responsável por contatar estas empresas).

Mas o que acontece nessa reunião?

Bem, o Briefing é dissecado e então analisado com cuidado, depois as idéias para a campanha são postas sobre a mesa até que se chegue a um denominador razoavelmente comum entre estas pessoas para que a campanha saia do berço de papel. Uma reunião como essa pode demorar cerca de duas horas, não mais do que isso já que tempo é dinheiro.

Mas por que eu falei destes assuntos? É bem simples, o Brainstorm não ocorre só na propaganda, em todas as empresas de sucesso essa reunião acontece, sem ela não existe planejamento e sem planejamento... bom, é melhor começar a rezar para a firma não quebrar antes do seu salário chegar.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. "Ah... mas eu não sou CRIATIVO!"
   2. Você vê do mesmo jeito que eu...
   3. Um negócio chamado Briefing e outro chamado de Brainstorm
   4. Agora começa
   5. Exemplos
   6. Pequeno glossário e lista de material para ajudar.
Outros artigos deste autor

Programação visual (módulo 2)

As letras que fazem TOING

Profundidade indivisível

Fractal ou abstratal?

Programação visual (módulo 03)

Leitura recomendada

Vetorizando um rosto com o Inkscape

Ubuntu 10.04 - Wallpapers Animados Utilizando Vídeos

Aixgl + Beryl no Slackware

Botões acqua no Inkscape

Programação visual (módulo 1)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por bebeto_maya em 08/06/2007 - 01:03h

excelente, só lembrando que o artigo também serve para o pessoal da área de design gráfico. Os conceitos são os mesmos.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts