Profundidade indivisível

Eu não pretendia abordar o assunto agora já que não tenho certeza se postei todo o material necessário para que se possa entender esse assunto complexo, mas... Vamos arriscar?

[ Hits: 15.799 ]

Por: Guilherme RazGriz em 25/07/2007 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Saindo de dentro



Muito bem, anteriormente nós vimos uma figura dentro de outra, mas agora veremos uma figura literalmente saindo de outra.

Comecemos mostrando os recursos que vou utilizar neste exemplo:





É uma operação bastante simples, vamos a ela:

Converta a imagem que será transplantada (no caso do exemplo o rosto) para a escala de cinzas e copie-a. Agora cole-a na imagem base em forma de nova camada, aplique o efeito de camada LUZ DURA* (o efeito de camada pode variar de acordo com as condições de tonalidade e luminosidade da imagem base) e com a ferramenta "borracha" apague todas as partes dessa camada que não são bem vindas.

É imprescindível lembrar que as bordas devem ser eliminadas e em certos casos as sombras da imagem (tons escuros) quando as portamos para ambientes viscosos ou líquidos como o apresentado no exemplo.

Para obter mais cor em certos pontos, duplique a camada e aplique o efeito de camada multiplicar, e com a ferramenta borracha, apague os pontos desnecessários.



E caso você queira ainda pode brincar com as cores da seguinte forma: brinque com o filtro mapeamento alien 2, copie o seu resultado, desfaça a aplicação do filtro e cole o resultado obtido em forma de nova camada sobre a imagem original, em seguida veja o que acontece quando você altera o efeito de camada desta camada, divertido não? =]

Parece uma brincadeira, mas isto é extremamente útil quando se quer inovar com as cores e tons preservando certa originalidade sem se ter trabalho, e com um pouquinho de prática determinar exatamente o que se deseja obter nesses quesitos da imagem em segundos.

E aqui nós temos o fim do nosso exemplo.



Por hoje é só pessoal e antes de encerrar eu gostaria de colocar uma tarja preta neste artigo em sinal de luto em razão do incidente ocorrido nesta semana em São Paulo.

Obrigado.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Reflexos?
   2. Saindo de dentro
Outros artigos deste autor

Inkscape descomplicado - Parte I

O emocional e a imagem

O reflexo a partir de um plexo

Água e submersos?

Edição pesada de imagens com o Gimp (parte 1)

Leitura recomendada

Blender para todos! - Parte III

Publicidade? Linux? Como?!

Tratamento de imagens em pessoas usando construtivismo reaplicado

Instalando o KDE 4.0 no Slackware

Compiz no Debian Etch

  
Comentários
[1] Comentário enviado por andersonjackson em 25/07/2007 - 08:41h

Cara, sempre quando vejo o seu avatar (o seu Madruga :P ) aqui no vol penso: "Opa, lá vem novidade".

Leio sempre seus artigos, porém muitas vezes não tenho tempo de praticar, então fica apenas na leitura mesmo :( . Todavia sei que quando estou precisando fazer alguma coisinha no Gimp, procuro o seu madruga no VOL e pronto, tenho material de sobra para usar. :D

Bom trabalho e parabéns.

Um forte abraço.


Contribuir com comentário