Linux x Windows - O paradoxo da atualização

Uma comparação empírica entre os modelos de atualização do Windows Vista Starter e do Ubuntu Linux.

[ Hits: 12.689 ]

Por: Perfil removido em 01/06/2009


O paradoxo da atualização - parte única



Ontem de manhã meu chefe me entregou um notebook Positivo Mobile V53S2, processador Celeron 550, 512MB de memória, 80GB de HD, Windows Vista Starter e com programa antivírus Kaspersky instalados, com a seguinte orientação: ligue, faça todas as atualizações de segurança e depois instale o Ubuntu 9.04 via Wubi.

Comecei o serviço com a configuração da rede ethernet, sem segredos, e do proxy para acessar à internet pela rede corporativa da empresa, também sem problemas. De cara o antivírus pediu para ser atualizado. E aí começaram os problemas... Com uma rede ethernet a 100Mbps e um link de internet com banda tendendo ao infinito, o antivírus levou 9 horas para baixar e instalar todas as atualizações. Somando-se a isso o tempo para baixar as atualizações do próprio Windows, umas 4 horas... 13 horas só para atualizar o sistema! As inúmeras janelas de alerta pedindo "permissão" do usuário para fazer alguma operação mais ou menos profunda também eram irritantes.

Ontem a noite comprei um dongle wireless da Encore, modelo ENUWI-G2, que usa o chipset da Realtek RTL8182, pensando em fazer uma redezinha wireless entre meu desktop e meu netbook. O desktop é um "velhinho" Athlon XP2200+, 512 MB de memória, 80 GB de HD e Ubuntu 8.10 instalado. Fiquei animado quando pluguei o dongle na USB e, em menos de 30 segundos, já conseguia ver as redes dos prédios ao redor sem ao menos necessidade de instalar drivers ou configurar redes.

No apartamento uso uma conexão sem fio da Vivo com velocidade flutuante entre uns poucos kbps e alguns Mbps. Como já fazia um tempo que eu não ligava a máquina, estava bastante desatualizada e, passado um tempinho, o Synaptic me avisou que tinha atualizações pra fazer, a principal era a do 8.10 para o 9.04. Eram 9 horas da noite quando comecei a atualizar o sistema todo antes de me aventurar com o wireless. Após algumas poucas perguntas iniciais, o Synaptic começou a baixar a atualização, prevendo que duraria entre 30 minutos e 19 dias (????????).

Deixei o bichinho trabalhando e fui tomar um banho, quando voltei tinha uma mensagem de erro dizendo que não tinha conseguido baixar todos os arquivos. Entrei no Synaptic e cliquei em "Escolher o melhor servidor" nas preferências e mandei ver, de novo. Ele começou de onde parou. Como estava tarde, fui dormir e deixei o bichinho trabalhando. Às 4 da manhã acordei e dei uma olhada pra ver como estava o andamento. Faltavam apenas alguns minutos para terminar o download. Voltei a dormir e, de manhã, quando acordei, encontrei uma mensagem me perguntando se eu queria substituir um arquivo de configuração, o sysctl.conf. Teclei que sim e fui me arrumar para o trabalho. Quando voltei, mais duas perguntas sobre arquivos de configuração do iptables e do Samba. Mandei conservar e mais 5 minutos para limpar os arquivos antigos e liberar espaço no HD, terminou a atualização e me pediu pra "bootar". Mandei bala e, depois do boot, já com o 9.04 instalado, rodando e funcionando, sem vírus, sem malwares, sem incomodações...

São 11:15 da manhã, estou no meu segundo dia de sofrimento e cansado de olhar para o notebook Positivo que há uma hora está atualizando dois arquivos do .Net Framework... É mole?

E ainda chegam ao desplante de dizer que Linux é difícil, é para "nerds", que o "usuário comum" não se adapta e outras bobagens parecidas.

   

Páginas do artigo
   1. O paradoxo da atualização - parte única
Outros artigos deste autor

Instalando Kylix 3 no Fedora Core

Configurando o D-Link DSL-210 no Debian Etch

AFT : Tecnologia para Formatação Avançada - Conceitos básicos

Vírus em câmeras digitais: possibilidades

Pesquisa com slocate, locate e updatedb

Leitura recomendada

Ajude o Linux, use o Linux

Software livre no país não é mais somente incentivo

O Mercado Obscuro da T.I. Brasileira

SL no Estado do Ceará: repensando a nossa forma de atuação e engajamento

Que tal conhecer mais o Linux pondo a mão na massa? Conheça o Woo Hoo, projeto para uma nova distro

  
Comentários
[1] Comentário enviado por tiagofontoura em 01/06/2009 - 08:19h

atualizar o windows é um parto mesmo, mas ainda da pra copia as atualizações de um pc ja atualizado, fica um pouco menos demorado :(

[2] Comentário enviado por johnnyfsan em 01/06/2009 - 08:49h

cara, muito bom seu ponto de vista, eu tbm larguei qualquer software da Microsoft, alem de me preocupar com virus, etc, tem que se preocupar com atualização constante do sistema, achei uma saída simples e agil, usar o Ubuntu, estou com meu Ubuntu 8.10 funcionando a mais ou menos um ano, e nao tive problemas algum, é mole, se fosse um Windows da vida, nao passava dos 3 meses e ja iria ter qur formatar, concordo com você.
parabens pelo desabafo, rsrsrs

[3] Comentário enviado por facb69 em 01/06/2009 - 10:36h

valeu o desabafo. já passei por situação semelhante e espero não repetir a dose. em casa uso ubuntu 8.04 e minha família usa windows em hds diferentes. o com ubuntu não é formatado desde a instalação há mais de 8 meses enquanto o com windows já precisou ser formatado três vezes no mesmo período. já nem tenho mais anti-vírus no windows, se pegar vírus, formato de novo. os dados ficam em partição separada exatamente para isso mesmo. e minhas coisas ficam totalmente separadas num hd diferente, com ubuntu, sem problema nenhum, com tudo funcionando rapidamente e perfeitamente.

[]s
fábio

[4] Comentário enviado por klodslinux em 01/06/2009 - 15:18h

Tenho ubuntu em dual-boot no meu desk e no meu note há 8 meses.
Toda semana eu rodo anti-pragas no windows, mas primeiro tenho que atualizar as anti-pragas.
EJá chegou ao cumulo do windows dizer que não tinha anti-virus instaldo mesmo acabando de fazer a tualização do mesmo.
Foi a gota que faltava pra eu me mudar definitivo pro ubuntu.
Deixei 20% do hd pro windows pra galera lá de casa usar o pc e pra não me darem um surra! rsrsrsrs

[5] Comentário enviado por paulorvojr em 01/06/2009 - 16:57h

Realmente as atualizações do windows são extensas e demoradas, dependendo da velocidade de processamento do computador.

Mas existem formas de amenizar isto, usando windows xp sp3, e com os pacotes e services packs em mídias como cd e dvd, basta organizar e criar, não há desculpa.

A instalação do ubuntu é leve e rápida pois o essencial esta ali dentro do mesmo cd, o que precisar basta baixar e atualizar nos repositórios, com apt-get ou aptitude, é uma grande sacada, mas a ideia é antiga vem dos BSD´s com ports, o unico mau é se a lista estiver ruim ou desatualizada voce pode destruir seu sistema operacional.

Mas até o ubuntu 8.10 tem suas 250mb de atualizações e se a conexão for demorada vai atrasar.

O importante é isso ter sempre os dois lados dos s.o, ambos tem suas vantagens e desvantagens, concordo que microsoft em especial o windows tem mais desvantagens.

A distro Ubuntu é otima pois se adapta em qualquer terreno, desde um notebook com k6-500 a um quad-core mas perde feio para desempenho como slackwares e red hats.


Não temos que brigar um, matar outro, temos que produzir o que é útil, linux é perfeito com oracle, mas é nojento se tentar dar um de active directory (não existe um projeto sequer em a.d ainda), samba4 não considero.

Há muito mais assunto, mas legal o artigo-desabafo, gostei, sempre é bom fazer isso.

Parabéns,
Abraços



[6] Comentário enviado por removido em 01/06/2009 - 18:13h

fake !!!!!!

[7] Comentário enviado por pinduvoz em 01/06/2009 - 23:07h

A última vez que instalei, para um amigo, o XP SP2, instalei o SP3 em seguida (tinha o pacote) e fiz todas as atualizações (lembro que eram mais de cinqüenta), além de instalar o .NET, e o processo todo levou menos de uma hora com uma banda de 2 Mbps.

Então, treze horas para atualizar o Vista com toda essa banda disponível?

Concordo com o eu!noel (ressalvando a hipótese de existir um problema de hardware nesse seu notebook).

[8] Comentário enviado por removido em 02/06/2009 - 08:20h

Não é fake. É a experiência que tive. Direito seu duvidar, direito meu reafirmar.
Além disso, estou falando de Windows Vista Starter pré-instalado (OEM), não de Windows XP in the box.

Outra coisa: o objetivo aqui, ao contrário do que alguns pensam, não é desabafar. O objetivo é mostrar que algumas vezes é muito mais fácil trabalhar com Linux do que com Windows. Isso pra tentar desmitificar que Linux é uma coisa difícil e complicada.

Abraços.

[9] Comentário enviado por guest19 em 02/06/2009 - 10:20h

sempre tive problema com windows , virus etc... principalmente com anti-virus , deis que migrei pro Linux Fedora nunca mais me incomodei com mais nada

[10] Comentário enviado por albfneto em 02/06/2009 - 17:03h

Bom, eu tenho múltiplo boot, Windows 7, agora (antes era Vista Ultimate) e vários Linux. Eu não atualizo todo o Windows, não... não é servidor, e desktop e muitas atualizações são aqueles infindáveis patchs de segurança, que lotam o seu HD e só servem para.... esperar pelo próximo Malware que o Cookie do "Internet Exploder"vai trazer!
Rrsrsrsrrsrsrsr

[11] Comentário enviado por dbahiaz em 02/06/2009 - 19:23h

Realmente, eu já passei por esse tormento... e quando vai desligar o sistema e começa a instalar as atualizações, puts, uma eternidade só pra desligar.

[12] Comentário enviado por mesaque em 03/06/2009 - 01:11h

Caro colega, compartilho do mesmo sentimento.
Constantemente tenho problemas em atualizar as estações windows do meu trabalho.
Recentemente montei uma sala com 20 pcs, configurando apenas 2 e usufruindo do mágico dd para replicar as configurações. Até as fontes windows coloquei para os usuários não reclamarem dos documentos elaborados em office. Infelizmente, o antonauta gosta do símbolo da Microsoft. Terei que configurar todas essas máquinas novamente.
:'(

Parabéns

[13] Comentário enviado por LordFusion em 03/06/2009 - 09:15h

Discordo um pouco dos relatos do paulocwb2003, o como alguns falaram está mais para desabafo do que para um artigo. Entendo que houve um ponto de frustração pelo que aconteceu, mas levar 13 horas para atualizar o Windows e ainda um Starter, não chega a ser estranho em sim "bizarro", ainda mais no ambiente em que estava, com toda certeza algo de errado existe nesse notebook.
Paulo, a sua idéia de tentar dismistificar a usabilidade do Linux em relação ao Windows é muito boa, no entando acho que por essas vias acaba sendo um faca de dois gumes, pois me diga que usúario comum tem a preocupação de atualizar antivírus, SO, e etc? São poucos, ou seja para eles o importante é ter algo fácil de usar.
Quanto que o Johnny Ferreira, disse "formatar o windows a cada 3 meses", me desculpe, mas creio que nem para um usuário comum, logo, ele não saber usar o sistema devidamente ou está sendo exagerado, para efeito de comparação tenho em meu notebook Windows a mais de 2 anos e meio e nunca tive problemas, e olha eu eu forço e muito o bichinho.
Como muitos aqui, faço uso dos dois sistemas, e não por gosto desse ou daquele e sim por necessidades, aplicapilidade etc...No meu trabalho uso Linux e não abro mão, pois tudo e que preciso tenho nele e muito mais, já em casa, adoro meus joguinhos e aí tem o Windows.
Agora voltando a questão das 13 horas, uma coisa que passa pela cabeça...Paulo, na sua empresa creio que a grande maioria das estações são Windows certo? Vocês não tem um servidor WSUS, ou um diretório com as principais atualizações? Como tiagofontoura falou, as vezes também demora, mas acaba sendo mais rápido. Fica aí a dica...
No resumo, entendo o seu ponto de vista, o problema é que temos uma cultura onde muitos que defendem ferramente o uso o Linux, quando falamos de Desktop acabam tendênciando para o Windows, vide as escolas de informática, é muito raro achar escolas que ensinam o uso de Linux como Desktop. E os micros que já vem instalados de fábrica acabam sendo formatados para instalar o Windows, isso porque o usuário comum não tem o mesmo entusiasmo que nós de TI, para fuçar, aprender, "descobrir", para eles o desconhecido assusta.
Mas acredito que isso está mudando e o Ubuntu é a prova disso, vamos dar tempo ao tempo e no futuro, colher os frutos dessa nova geração.

Abraços!

[14] Comentário enviado por johnnyfsan em 03/06/2009 - 09:21h

E aiii PESSOAL O NOME DO SITE MUDOU AGORA É VIVA O WINDOWS, TEMOS DEFENSORES DA MICROSOFT, Fala serio, vim aqui fala uma bestera dessa, que o Windows nao precisa formata a cada 3 meses, entao vc usa internet em lan house né, pq em casa nao é, se usa Windows, nem entra na rede ai nao pega virus mesmo, nao pede nem atualização, hahahahahhahaha

entao meu povo VIVA O WINDOWS kkkkkkkkkkkk

Prefiro meu Ubuntu e Debian mesmo,

kbçoes!

[15] Comentário enviado por LordFusion em 03/06/2009 - 10:00h

Olá Johnny Ferreira, qual parte do "Como muitos aqui, faço uso dos dois sistemas, e não por gosto desse ou daquele e sim por necessidades, aplicapilidade etc...No meu trabalho uso Linux e não abro mão, pois tudo e que preciso tenho nele e muito mais, já em casa, adoro meus joguinhos e aí tem o Windows." e do "tenho em meu notebook Windows a mais de 2 anos e meio, e nunca tive problemas, e olha eu eu forço e muito o bichinho." Você não entendeu???

E não estou defendendo a Microsoft assim como não denfendo nenhuma empresa, defendo sim, os pontos de vistas, a usabilidade, escalabilidade, qualidade, e simplicidade e muitas outras qualidades do Windows e Linux. Cada qual tem o seus prós e contras.

A questão é, ser xiita não ajuda em nada no processo e democratização, é agindo dessa forma que o objetivo do Paulo, meu, e tantos outros aqui no VL, que querm ver o Linux pipocando nos Desktop's não será atingindo. Saiba que para fazer um pessoa mudar de uma solução para a outra, você tem que primeiro de tudo reconher as qualidades da solução que ela usa, e depois mostrar a ela porque a sua solução é melhor e traz de beneficios em relação a atual, depois disso o resto o tempo se encarrega.

Creio que você tem muito à aprender ainda, e talvez um dia saia desse seu mundinho de hipocrísia.

[]'s

[16] Comentário enviado por johnnyfsan em 03/06/2009 - 10:12h

óo que mundinho de hipocrísia, sei que tenho muito que aprender, entendi sim muito seu ponto de vista, afinal que é o SEU ponto de vista, nao posso te contrariar, pois ainda depende da microsoft para 'trabalhar', graças a Deus nao preciso mais deles em meu Desktop ou Servidores,
a questão é, um site de linux, e nao de politicas de 'qual é o melhor sistema operacional que um USUARIO deve usar??''

parando de bobeira, vou configurar meu LDAP que tenho mais a fazer do que discutir com o CAZUZA da MICROSOFT.

[17] Comentário enviado por LordFusion em 03/06/2009 - 10:51h

Good Luck...amigo!

Um dia você entenderá!

[]'s

[18] Comentário enviado por johnnyfsan em 03/06/2009 - 13:28h

Pode deixar que vou tomar um mingao bem quentinho sim, pois afinal ta bem frio aqui,
lugar de criança?!? vc que ta se atirando na conversa ai irmão!
façam um site chamado viva o windows vcs dois,
manezadaa!

[19] Comentário enviado por removido em 03/06/2009 - 13:52h

@ fernandoberaldo.

Bom dia, Fernando.

Primeiramente, acho que não cabe discordar ou concordar com um relato. Um relato é uma descrição de fatos. Você pode concordar ou discordar das conclusões ou das premissas, não do relato em si. O que você pode fazer é não acreditar, mas aí é outro problema. Como já disse, qualquer um tem o direito de discordar das minhas conclusões, mas eu tenho o direito de reafirmá-las. Em tempo: o notebook está perfeito, a maior parte dos equipamentos da empresa onde trabalho é de linux, pricipalmente Debian. No local onde trabalho, uma poucas estações ainda usam Windows 98 porque ainda não tivemos recursos (tempo, dinheiro, treinamento, desenvolvedores, etc.) para migrar um sistema feito em MS Access na década de 90 para alguma alternativa em software livre. É uma empresa pública. Temos, sim, um repositório de atualizações... Debian.

Quando se fala de "usuário comum", seria bom defini-lo antes, já que há uma confusão enorme com o termo. Eu dou aulas de informática há uns 4 anos, como voluntário, para pessoas carentes. Para essas pessoas, parei de ensinar "Word", "Excel" e "Power Point". Hoje eu ensino "Editores de texto", "planilhas eletrônicas" e "editores de apresentações", sem me apegar a nenhum deles e dando liberdade de escolha ao meus alunos. Posso afirmar com toda segurança que "usuário comum" é esse tipo de pessoas, ou seja, a que quer apenas fazer uso do computador, não resolver os problemas que aparecem nele, muito menos saber que sistema roda no computador. O que eles querem é fazer o que lhes interessa fazer, sem ter que "consertar" a máquina de tempos em tempos. Isso não é função deles. Na década de 80, foi dito (não me lembro quem) que se alguém precisa fazer um curso para poder operar um aparelho (Som, video K7, microondas ou um computador), algo está errado com o aparelho, não com a pessoa que quer usá-lo. Infelizmente, as coisas são assim para os computadores. Porque ninguém faz curso pra operar um smartphone, ou um celular mais estiloso? São computadores também! Algo muito esquisito me vem à mente quando alguém diz que o "usuário comum" tem de aprender alguma coisa, ou mudar de mentalidade, ou deixar de ser preguiçoso, ou entrar em fóruns pra descobrir como se faz alguma coisa. Eu acho isso um verdadeiro absurdo.

Eu discordo de você que um "usuário comum", que use Windows, não tenha de formatar sua máquina de 3 em 3 meses pois, quem não o faz tem duas opções: ou pede pra alguém fazer, ou vai fazer quando a máquina parar de funcionar de vez. Muitos são assim, pra não dizer a maioria. Eu trabalhei como administrador de rede em uma empresa com 25 máquinas e 3 servidores. A minha máquina era a única que eu não precisava formatar de 3 em 3 meses. Também era a única que rodava Linux. Das pessoas que eu conheço que usam Windows, as que não formatam o micro de 3 em 3 meses, são as que mais reclamam de lentidão, tanto da máquina quanto da rede. Por que será? Justamente por causa da sua pergunta:"...pois me diga que usúario comum tem a preocupação de atualizar antivírus, SO, e etc?"

Eu trabalho resolvendo esse tipo de problemas com "usuários comuns" desde 1988. Os problemas são os mesmos desde aquela época. Como disse um colega meu que me ensinou as bases do meu trabalho naquela época: "só mudam os mosquitos, a m***a continua a mesma".

Finalmente, eu concordo com você quando diz que acredita que o Ubuntu está mudando isso. Embora o Ubuntu e, muito menos o Windows, não vão às causas dessa questão. O que falta é um sistema que seja REALMENTE TRANSPARENTE para o "usuário comum", mas que, ao contrário do Windows, não sacrifique a segurança e a privacidade do usuário, SEM QUE ELE SAIBA OU TENHA DIREITO DE DECIDIR, em nome da "usabilidade".

Abraço e boa sorte! :-)

P.S.: Sim, eu defendo ferrenhamente o software livre. Isso por uma questão de princípios, mas isso também é outra história.

[20] Comentário enviado por LordFusion em 03/06/2009 - 17:31h

Olá Paulo,

Em momento algum quis colocar em questão a veracidade dos fatos, pelo contrário. O que já tive de experiências com Windows e Linux dariam para escrever um livro. Como disse é de se estranhar toda a demora para efetuar um procedimento que aparentemente é simples e rápido, daí a motivação do que você escreveu certo?
Entendo muito bem o que você quer dizer, mas você há de concordar e a grande maioria que usa o Windows pensa como eu descrevi, e digo que você é um privilegiado por ter alunos que tem essa força de vontade e curiosidade, por querer conhecer coisas novas, diferentes e livre, pois não há nada melhor do que ser livre, correto?!

Quanto a defender o software eu livre, eu também o faço, mas tem uma diferença entre muito grande defender e empurrar, como alguns fazem, como falei, para fazer alguem mudar de meio você tem que mostrar o porque, e muitos ainda sofrem resistência.

Abraços!

[21] Comentário enviado por cruzeirense em 03/06/2009 - 18:12h

Para não formatar o windows a cada dois meses.

Iniciar > Configurações > Painel de Controle > Contas de Usuário > Criar uma nova conta > Digite nome do Usuário > Escolha tipo de conta: Usuário Limitado. > Criar Conta

Em casa roda assim há dois anos sem formatação...

Abraços...

Renato

[22] Comentário enviado por removido em 03/06/2009 - 19:41h

Windows tem que ser formatado de seis e seis meses,
isso só pode ser piada ....
Por causa desses fanatismos que quase não acesso mais o vol ....
É muita besteira para mim !!!!!!!!
Eu uso windows xp aqui já faz 1 ano, só com avira antivir e nunca peguei nada,
o Linux é melhor que o windows, mais sem fanatismo ...

[23] Comentário enviado por cruzeirense em 03/06/2009 - 20:04h

Aqui, faz uma instalação fina do ubuntu em uma máquina e dá a senha root para um usuário brincar... vamos ver quanto tempo vai gastar para o cara destruir o sistema...
O Windows xp pode rodar muito tempo sem problemas, é só criar uma conta de usuário limitado para os usuários que vão apenas utilizar o sistema (acho isso uma coisa tão clara...), senha de administrador fica para... (adivinhem!) quem for configurar o sistema.
Agora, quanto a atualização do amigo aí do artigo, ou a conexão dele tá uma porcaria ou ele fez alguma besteira, porque, vamos ser sinceros, esse tempo que ele gastou para atualizar o sistema dava para atualizar umas cinco vezes...
Ah! Quanto a questão de defender software livre é muito simples, você pode desenvolver algo livre, ajudar algum projeto livre (muitos precisam de doações), não adianta apenas bater no peito e falar que defende software livre, vamos por em prática a tal da "Filosofia Open Source"...
Aqui, inclusive desenvolvi um sistema e estou disposto a abrir o código e passar para quem quiser continuar... é um sistema de Knock Ports para windows... algum interessado no projeto entre aí http://triplicecoroa.spaces.live.com/blog/cns!77A7D575D416FB54!715.entry?&_c02_vws=1.

Deixe um comentário lá ou envie um e-mail que passo os fontes para continuar o desenvolvimento...

Abraços

[24] Comentário enviado por pinduvoz em 04/06/2009 - 00:29h

Mais uma vez sou obrigado a concordar com o eu!noel.

Windows é mais vulnerável? Sim, todos sabemos que é.

Linux é melhor, especialmente no quesito segurança? Sim, muito melhor.

Mas dizer que precisa formatar o Windows a cada seis ou três meses é exagero.

Em tempo: Vista SE, rodando num Celeron com 512 MB de RAM, é realmente uma carroça, mas não leva treze horas para atualizar nem com conexão de 128 Kbps.

[25] Comentário enviado por removido em 04/06/2009 - 13:49h

Bom, pessoal, fico muito feliz que vocês tenham a solução definitiva para que não se dê manutenção no Windows de seis em seis meses. Que bom que alguém pensou em criar um usuário restrito, né? Também acho uma maravilha que uma pessoa com conhecimentos e experiência consiga fazer um Windows XP funcionar dois ou três anos sem precisar formatar. É uma pena que não se possa fazer isso na GRANDE MAIORIA de usuários domésticos de Windows (e não vou entrar no mérito se eles usam pirata ou não). É a esses a quem me referi, não nos usuários corporativos que estão sob o controle dos setores de TI da maior parte das empresas, que têm vocês para assegurarem que as coisas funcionem bem. Não se trata de fanatismo. Trata-se de ter uma visão do todo e não só da rede corporativa. O todo não se resume à soma das redes das empresas.
Se fosse possível, ou interessante, para uma empresa de informática "de esquina" fazer esse tipo de coisa, aconteceriam duas consequências: 1- A empresa ficaria sem serviço; 2 - A um por dois motivos: o usuário ia ficar uma "arara" pela empresa ter limitado a sua máquina sem autorização dele e, se não reclamasse, o usuário não os chamaria mais pra consertar seu sistema, porque não daria mais problema. Então REAFIRMO o que disse: para a grande maioria de "usuários comuns", a prática de formatar o sistema de alguns em alguns meses é um FATO, não uma retórica. E essa constatação não vem de um achismo, ou de fanatismo, vem da minha experiência pessoal e profissional com a questão. Claro, mas alguém vai dizer: "mas se colocar Linux e não der mais problema vai acontecer a mesma coisa". Vai, mas isso vou deixar pra comentar no próximo capítulo dessa novela... Se ela continuar.
Quanto à questão de "...bater no peito e falar que defende software livre, vamos por em prática a tal da "Filosofia Open Source"..." Sim, sou da mesma opinião. É uma pena que cada um interprete a "filosofia open source" à sua própria maneira e tenha a tendência de achar que a sua interpretação é mais correta do que a dos outros. Coisas parecidas acontecem na política, religião, futebol, etc... Da minha parte, eu procuro transmitir os conhecimentos que tenho e dar a opção para meus alunos de escolherem o que querem usar e aprender. Não dou preferência para nenhum dos dois (Windows ou Linux). No início, eles não sabem o que querem, mas depois vão compreendendo como as coisas funcionam, não só tecnicamente. Procuro sempre abordar questões éticas e legais, e repito muito uma frase: "Não interessa se você vai colocar Windows ou Linux ou qualquer outra coisa do seu computador, mas se colocar um software proprietário pago, pelo menos tenha a decência de pagar por ele e não usar pirata". Eu acredito firmemente que o que está ao meu alcance fazer é ensinar. Portanto, ensino.

Abraços.

[26] Comentário enviado por cruzeirense em 04/06/2009 - 17:12h

paulocwb2003

Criar o problema para trazer a solução...

Talvez pode até ser mais fácil deixar o usuário do windows com senha de administrador para poder ferrar o sistema e depois ir lá formatar...

É possível fazer o mesmo com o linux, configure o sistema para fazer autologin como root...

Acho que aí já muda a origem do problema, o problema não é no sistema e sim o "técnico" instalador...

Abraços,

Renato

[27] Comentário enviado por dolivervl em 04/06/2009 - 17:25h

As pessoas que falam que linux é difícil é pq usam Slackware. Depois que surgiu apt-get e yum ficou fácil atualizar o linux.

[28] Comentário enviado por removido em 04/06/2009 - 17:50h

@cruzeirense

Exatamente, Renato. Concordo com vc que é possível fazer isso com o Linux (até isso o Linux pode fazer até melhor que o Windows, hehehehehe).

Abraço.

[29] Comentário enviado por pinduvoz em 04/06/2009 - 22:42h

É fácil ter um Windows cheio de problemas seguindo três passos básicos:

1º) instalar o x-pirata do camelô, que na maioria das vezes já vem cheio de malware;

2º) não fazer nenhuma atualização de segurança para não ser importunado pelo WGA (aquele aviso chato de pirataria); e, finalmente,

3º) usar o computador apenas como administrador.

Seguindo a receita acima, acredito que o Linux, mesmo usado com autologin do root, não ganha do Windows nem ferrando.

[30] Comentário enviado por juliofsn em 05/06/2009 - 10:03h

Nossa achei que esse seria só mais um flamewar, mas pelos comentários eu vi que ainda existe vida inteligente aqui no VOL.

[31] Comentário enviado por stremer em 05/06/2009 - 12:03h

Concordo com muita gente... sem fanatismo galera!
Tenho windows 2003 server aqui na minha estação de trabalho que ja faz 1 ano e meio que ta rodando sem formatação.
Em casa o XP da minha esposa ja vai fazer 1 ano sem formatar...
Antes ela tinha um Windows 2000 que ficou 2 anos sem formatar.
Tbem tenho linux (no meu desktop) em casa que esta ha mais de 1 ano sem formatar, aqui na empresa tbem, porém ja teve linux que precisamos formatar por alguns motivos!

Esse negócio de pegar virus se clicar em qualquer coisa, é só criar uma conta limitada...

Estamos na epoca do windows XP ja fazem mais de 5 anos... mas parece que tem gente que ainda associa windows ao windows 98!

fanaticos só prejudicam o linux!

[32] Comentário enviado por marciowh em 06/06/2009 - 07:13h

Pois é, mesmo instalando o windows demoradamente, fica sempre o depois, já que o sistema é baseado no famoso registro e o terrível inferno das DLL. O registro incha com o tempo, mas alguns dirão; use limpadores de registro, e quem já não usou e teve que reinstalar alguns programas que a referência foi apagada ou pior deve que formata-lo novamente ! É obvio que muitos tem suas opiniões, agora a vantagem de se ter um SO mais usado só é possível pelas parcerias firmadas e o uso na minha opinião de sistemas "piratas" que é uma tremenda idiotice, de grande parte dos usuários. Quem dita padrão é quem usa e não empresas, quando nós usuário podermos aprender melhor isto certamente daremos um melhor impulso tecnológico

Boa matéria, muito bom poder participar das opiniões .

[33] Comentário enviado por cruzeirense em 06/06/2009 - 07:51h

marciowh

Se você utilizar o windows xp como usuário limitado vai conseguir gravar no registro apenas em HKEY_CURRENT_USER e não vai conseguir registrar dll's. Você pode até conseguir copiar as dll's para o seu computador nas pastas do usuário (não vai conseguir de forma fácil copiar para a pasta system32). As dlls não registradas não ficam visíveis para o sistema até que um programa deliberadamente as carregue, o máximo que ela fará e ocupar espaço no Disco Rígido.
Em relação ao uso do software pirata eu concordo plenamente com sua opinião. sinceramete, acho até que a Microsoft não cria um bloqueio mais eficaz contra pirataria porque se favorece disso, tipo o cara acostumado a usar o Windows (pirata) em casa, vai querer usar na empresa também (original).
A Microsoft é realmente bem agressiva comercialmente, e tem conseguido muito sucesso com isso, pois como já disse anteriormente, manter um sistema no topo por tanto tempo não é para qualquer um... (quando digo sistema no topo não quero dizer que é o melhor sistema, apenas o que gera mais lucro, afinal, empresa vive de lucro).

Abraços,

Renato

[34] Comentário enviado por riesdra em 07/06/2009 - 21:12h

Primeiramente meus comprimentos pelo artigo, Paulo.

Olha quanto ao artigo, eu já passei por situações que levou horas para fazer a atualização e teve vezes que com duas ou um pouco mais tive todo sistema atualizado, não sei o por que, mas acho que seja devido ao tráfico do site, o mesmo já aconteceu no linux.
Quanto a parte de ter que formatar de tempos em tempos, é uma realidade sim, e por mais que se fale como usar o sistema, as precauções a serem tomadas, a maioria ainda se enquadram nesta parte.

Aqui em casa já tive o "XP" instalado a partir destes mesmos cds citados acima e não precisei ficar formatando nada de tempos em tempos, já usei XP sem ter que formatar por mais de 5 anos, na empresa usamos produtos registrados e também não precisamos ficar formatando, mas isto se deve ao modo como é usado o sistema, o que não acontece na maioria dos casos.

Em casa eu venho usando linux ao um bom tempo, no começo eu tive que reinstalar o sistema diversas vezes, hoje não preciso mais disto, pois aprendi como lidar com este sistema também.

fica aqui minha opinião.

[35] Comentário enviado por nainii em 08/06/2009 - 23:24h

nyaaa, o windows pega vírus muito rápido , eu formatava o pc direto >.<

[36] Comentário enviado por Miojo em 30/09/2009 - 19:38h

"[...]faça todas as atualizações de segurança e depois instale o Ubuntu 9.04 via Wubi[...]"
Para que as atualizações se vai instalar o Ubuntu?
E formatar o Ruindows a cada 3 meses???
O da minha mãe tinha que formatar a cada 3 SEMANAS, o meu eu não lembro (uso Linux desde que eu tinha 7 anos), mas no VirtualBox eu formato o meu Ruindows 7 a cada ano (porque eu uso muito pouco).

Viva o Linux

[37] Comentário enviado por removido em 01/10/2009 - 10:02h

A instalação com o Wubi é feita "dentro do Windows" como se fosse um programa instalador do Windows, portanto, a idéia era ter os dois sistemas funcionando na mesma máquina. Por isso as atualizações de segurança deveriam ser feitas **antes**.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts