Instalar Minecraft, League of Legends e Fortnite no Linux

Instalação dos jogos Minecraft, League of Legends e Fortnite em sete distribuições Linux: Debian, Ubuntu, Arch Linux, Linux Mint, Manjaro, Fedora e OpenSUSE.

[ Hits: 4.699 ]

Por: Buckminster em 11/11/2021


Minecraft no Debian, Ubuntu, Mint e derivados



Leia primeiro a introdução deste artigo, é breve, mas importante, depois volte aqui.

A instalação foi realizada nos Debian 10 e 11 com Xfce, no Ubuntu 20.04 LTS com Gnome e no Mint 20.2 com Mate.

Acredito que funcione da versão 9 até a 11 do Debian e em outras versões do Ubuntu e do Mint.

As instalações foram, na maioria, salvas na pasta Games. Caso não tiver, crie uma em /home/usuário/Games. No lugar de usuário coloque o nome do teu usuário da pasta pessoal.

sudo mkdir ~/Games

Há duas maneiras. A primeira:

Acesse o link e faça o download e cuide a pasta onde salvar o arquivo.
Ou entre numa pasta e faça pelo terminal, por exemplo:

cd /home/usuário/Games
(em usuário coloque o nome do teu usuário)

wget https://launcher.mojang.com/download/linux/x86_64/minecraft-launcher_928.tar.gz

Descompactando:

tar -vzxf minecraft-launcher_928.tar.gz

Entre na pasta:

cd minecraft-launcher

Estando conectado na internet, instale:

./minecraft-launcher

Depois de instalar vá para a etapa abaixo "CRIANDO UM ATALHO".

Segunda maneira:

Primeiro vamos instalar as dependências para depois instalar o Minecraft.

Adicionando repositório no Ubuntu e no Linux Mint, no Debian não é necessário:

sudo add-apt-repository ppa:openjdk-r/ppa

Caso não tiver o aptitude instalado, instale, utilizei ele, mas se você quiser utilize outro:

sudo apt-get install aptitude

Agora digite em sequência dando enter após cada comando:

sudo aptitude update
sudo aptitude safe-upgrade
sudo aptitude install default-jre default-jre-headless openjdk-17-jre
sudo aptitude install libosmesa6 libosmesa6-dev libosmesa-dev

Caso pedir confirmação nos comandos acima digite s (sim).

Feito isso, entre no link abaixo
e faça o download: Debian/Ubuntu.

Salve o arquivo na pasta desejada e lembre onde salvou o arquivo.

Salvei em /home/usuario/Games.

Instalando:

sudo dpkg -i /home/usuario/Games/Minecraft.deb

Deverá correr sem erros.

Antes de abrir o Minecraft pela primeira vez é aconselhável estar conectado na internet porque ele fará as atualizações necessárias.

Abrindo o Minecraft pela primeira vez:

minecraft-launcher

Veja bem, o comando acima deve ser dado diretamente sem sudo e sem estar logado como root. O instalador fará as atualizações necessárias pela primeira vez e abrirá a tela, dê uma boa olhada e feche a tela.

CRIANDO UM ATALHO

Feche o Minecraft para criarmos um atalho funcional.

Baixando o ícone:

wget https://launcher.mojang.com/download/minecraft-launcher.svg

Copiando os arquivos necessários:

sudo cp minecraft-launcher /usr/local/bin

Caso não tiver uma pasta include em /usr/local, crie ela:

sudo mkdir /usr/local/include
sudo cp minecraft-launcher.svg /usr/local/include

Criando um arquivo .desktop:

sudo nano /usr/share/applications/minecraft.desktop

Copie e cole dentro o seguinte:

[Desktop Entry]
Type=Application
Name=Minecraft
Exec=/usr/local/bin/minecraft-launcher
Icon=/usr/local/include/minecraft-launcher.svg
Terminal=False
StartupNotify=True

Salve e saia.

Agora já pode conferir em "Mostrar aplicativos" ou "Lançador de aplicativos" que o ícone funcional do Minecraft está lá.

Pode adicioná-lo nos favoritos usando o mouse, caso quiser. Com o Gnome ele foi adicionado na área de aplicativos, mas com qualquer que seja a interface dará certo.

Você também pode criar o atalho com o mouse seguindo os caminhos da tua interface gráfica, pode favoritar etc. Poderíamos ter feito o atalho pela pasta ~/.minecraft, pasta oculta onde está o executável do Minecraft criado pelo dpkg, mas é bom não mexer nesta pasta, pois o diretório /usr/local existe para isso mesmo, para criar no configurações de terceiros no Linux.

Depois é só entrar em Sistema de arquivos > /usr > share >applications usando o mouse na interface gráfica, ir abrindo as pastas e clicar com o botão direito em cima do ícone Minecraft > Enviar para > Área de trabalho (criar link)... ou algo parecido dependendo da tua interface (Gnome, KDE, XFCE etc).

Pode colocar o atalho pela interface gráfica (Gnome, KDE, XFCE etc), dependendo qual é a que você usa, clicando com o botão direito no espaço em branco da área de trabalho. Aqui não vou mostrar como, porque não é o escopo do artigo e porque não tem necessidade. Cada um deve aprender a mexer na sua área de trabalho de acordo com a interface gráfica utilizada.

A partir daí é só criar uma conta no Minecraft (caso ainda não tiver) ou logar por uma conta de e-mail da Microsoft e começar a jogar.

Há ainda uma outra opção de instalação do Minecraft que é a mesma que está na página de instalação do Minecraft no Fedora.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Minecraft no Debian, Ubuntu, Mint e derivados
   3. Minecraft no Arch, Manjaro e derivados
   4. Minecraft no OpenSUSE
   5. Minecraft no Fedora
   6. League Of Legends e Fortnite no Debian
   7. League Of Legends e Fortnite no Ubuntu e Mint
   8. League Of Legends e Fortnite no OpenSUSE
   9. League of Legends e Fortnite no Fedora
   10. League of Legends e Fortnite no Arch e no Manjaro
   11. Telas de instalação do Fortnite
   12. Conclusões
Outros artigos deste autor

kernel Linux otimizado - Compilação e teste

Instalação do PAP (PostgreSL, Apache2 e PHP7) no Debian Jessie

IPv6, DNSv6 e DHCPv6

Configuração do sistema, DHCP, compartilhamento e DNS no Debian Squeeze

Encapsulando BIND 9 e Apache 2 para obter maior segurança

Leitura recomendada

Emulando o saudoso jogo ELITE em seu Linux

Instalando e configurando o Zsnes no Debian Squeeze

Narrando sessões de RPG de mesa online usando droll e IRC

Emulador GMAMEUI no Ubuntu 12.x/13.x

Xadrez no Linux - Os melhores programas para jogar e estudar

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 11/11/2021 - 20:02h

Baita artigo! O mais completo sobre o assunto que já vi.

[2] Comentário enviado por Buckminster em 16/11/2021 - 23:25h


[1] Comentário enviado por fabio em 11/11/2021 - 20:02h

Baita artigo! O mais completo sobre o assunto que já vi.


Obrigado, Fabio.

[3] Comentário enviado por Jodyfurt em 30/11/2021 - 04:34h


instalações de Wine, Lutris, dependências etc, que foram feitas para o League of Legends foram aproveitadas também para o Fortnite https://www.mybalancenow.kim/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts