Instalando programas no Linux - Completo e total

Bom, esse artigo foi feito para aqueles que acabam de migrar do Windows e ainda não sabem instalar programas. Aqui são abordados os gerenciadores de pacotes mais comuns.

[ Hits: 397.207 ]

Por: sérgio em 24/04/2007


Introdução



Bom dia, esse artigo está sendo criado com intuito de ensinar usuários menos experientes a instalar programas no Linux. Já vi aqui mesmo no VOL muitos artigos tratando sobre o mesmo assunto, mas eles são muito isolados, e este é uma compilação de vários métodos.

Artigo dedicado principalmente para ser enviado para aqueles iniciantes que chegam em fóruns perguntando: como instalo programas no Linux? Ou vai dizer que você nunca se deparou com um?

Nesse artigo usarei a seguinte nomenclatura:
  • # para quando o usuário estiver root e;
  • $ para quando for para executar com usuário comum.

Além disso, compreendam gerenciadores de pacotes como uma ferramenta que instala e desinstala programas.

Conhecendo o seu Linux

O primeiro passo para se instalar programas no seu Linux é saber qual a distribuição você está usando, visto que no caso de muitos iniciantes foi um colega que instalou ou já veio instalado no PC que ele comprou.

Para descobrir a distribuição, deve ficar atento na inicialização do seu computador. Se você usa dual-boot (o Linux e o Windows), logo na inicialização provavelmente já vai aparecer o nome da sua distribuição e o Windows para você escolher. Caso não, em algum momento deve existir o marketing da sua distro, seja no início da configuração dos dispositivos, no boot manager (tela que aparece pra você digitar login e senha) ou no wallpaper do computador. Se você comprou um PC já com o sistema do pinguim, não hesite em telefonar para o suporte técnico (embora, pelo que digam, eles nunca resolvam o problema).

A partir do momento que você descobre qual a sua distribuição, tente descobrir em qual distribuição a sua é baseada. Nessa hora, use o Google sem dó nem piedade, ele é a sua arma mais forte para tudo. Se não achar no Google, pode perguntar a vontade.

Dependências: o que são e por que incomodam tanto?

No Linux, alguns softwares precisam de outros softwares (ou libraries, que se instalam do mesmo modo que softwares) para funcionar corretamente. Por exemplo, para instalar o kopete é necessário que eu tenha o QT instalado, o que significa que para instalar o kopete primeiro eu tenho que instalar o QT, ou o kopete não funcionará.

Em outros sistemas, como o Windows, esse conceito também existe, como por exemplo em um jogo que exige directx instalado, mas não é tão amplo, já que normalmente nesse último sistema os pacotes já vem com todas as dependências junto, o que embora seja bom para o usuário, pois é mais prático, acaba se tornando uma faca de dois gumes, pois se por exemplo um programa que se instalou instalou junto o GTK, e outro programa também precisa do GTK, você vai ter que baixar o GTK todo de novo, o que acaba deixando os downloads de certos softwares bem maiores.

Agora entendidas as dependências, vamos ao trabalho.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Com vocês, os baseados em Debian
   3. Agora os red-hat likes
   4. Alguns instaladores alternativos
   5. Compilando seus próprios pacotes
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Soluções: open source ou proprietária? Salada mista!

Recebendo notificações do Nagios via Jabber

Arte digital: novas possibilidades com softwares livres

História da informática: Um pouco de datas e especificações

Servidor de monitoramento Nagios

  
Comentários
[1] Comentário enviado por juniodc em 24/04/2007 - 10:38h

olá
Baixei uma verção do kurumin 7.0 só que ele naum dá boot, queria saber como eu poderia criar um disco de boot para ele ou o arquivo que deve estar faltando no cd!
meu e-mail é juniodc@gmail.com
grato

[2] Comentário enviado por adriano.chico em 24/04/2007 - 11:31h

Muito bom esse artigo.... sou iniciante no mundo GNU/linux e achei muito interessante e fácil de ler e entender.

abraços

[3] Comentário enviado por wvettore em 24/04/2007 - 11:34h

bom dia senhores, sou iniciante no linux, minha distro atual é oresulinux v2.3, gostaria de saber como faço o dual boot, tenho o windows xp prof., original, hd80gb (tenho também uma outra hd de 80gb, é possivel fazer um boot por ela??). obrigado

[4] Comentário enviado por balani em 24/04/2007 - 13:52h

Muito bom seu artigo, estava precisando de um artigo assim para tirar umas duvidas.

[5] Comentário enviado por White_Tiger em 24/04/2007 - 14:48h

Cara. Excelente artigo. Vou repassar para algumas pessoas iniciantes. Todos que iniciam em Linux tem essa dificuldade.

Um abraço e novamente parabéns.

[6] Comentário enviado por marcrock em 24/04/2007 - 15:44h

Muito bom seu artigo !!!!

Foi claro e objetivo!!!!!

Parabéns!!!!

Até mais.

[7] Comentário enviado por nukelinux em 24/04/2007 - 20:27h

excelente artigo, mas acredito que vc deveria ter explicado um pouco mais, afinal, existem alguns usuários extremamente leigos no assunto. Exemplo: O que é um root?
No mais, o artigo é excelente e ajuda muito

[8] Comentário enviado por thomassalgado em 25/04/2007 - 08:53h

(__)
(oo)
/-----\/
/| ||
* /\---/\
~~ ~~
...."Have you mooed today?"...
Que criatividade

[9] Comentário enviado por mateus01 em 25/04/2007 - 10:53h

bom artigo!!
parabens, isso vai ajudar muita gente!

[10] Comentário enviado por evilrick em 25/04/2007 - 12:58h

Esse artigo vai facilitar bastante a vida de muita gente. Muito bom.

[11] Comentário enviado por tuxmalux em 25/04/2007 - 16:14h

muito útil, gostei muuuuito mesmo...mas faço minhas a s palavras do cafe racer....um iniciante em linux não sabe o que é root, não sabe o que é repositório, e realmente nunca vai saber como digitar como root os comandos dos exemplos. Mas mesmo assim o artigo vai ajudar muita gente que tá iniciando no linux...como eu por exemplo.
obrigado

[12] Comentário enviado por woclandiner em 25/04/2007 - 18:59h

Oi, parabéns !!! Muito bom o seu artigo, sou iniciante no linux e vou deixar o seu artigo como referência entre os meus favoritos. Acredito que com um pouco de pesquisa qualquer um ( ou quase ) poderia obter essas informações, mas a sua iniciativa de reuní-las, de modo conciso e claro auxilia muito iniciantes como eu a adquirir o necessário conhecimento de maneira rápida, como geralmente é necessário. Mais uma vez parabéns pelo bom artigo e muito obrigado pela contribuição.

[13] Comentário enviado por etori em 25/04/2007 - 21:56h

Ajudou-me o artigo, Sérgio. Tinha dúvidas sobre alguns gerenciadores de pacotes. Quanto ao que os amigos alertaram (noções de root, repositórios...) infelizmente não dá para dizer tudo. Contudo, tenho uma sugestão: porque não linkamos estas palavras a outros artigos aqui no VOL? O leitor ao se deparar com um termo difícil, ele clica e abre um artigo sobre o termo em questão. Tanto o articulista como o próprio sistema do VOL poderia linkar automaticamente com estes termos mais importantes (pré-definidos). Um abraço à comunidade!

Etori

[14] Comentário enviado por marcus-rj em 26/04/2007 - 10:48h

O artigo eh bem bacana, e discordo da maioria das pessoas quando dizem que deve ser explicado o que eh o usuario root, e coisas do tipo! O artigo eh sobre gerenciamento de pacotes, quem quiser saber mais, que pegue uma apostila na internet (Guia Foca). Acho que o pessoal quer moleza demais!
Voltando ao artigo, realmente ficou legal, porem contem um erro. A opçao -P ou --purge do dpkg, nao eh para remover dependencias. Ela se diferencia do -r ou --remove, pelo fato que tambem remove os arquivos de configuraçao do programa, e por isso mesmo, nao eh perigosa!
Abraços!

[15] Comentário enviado por Osky_CG.W em 26/04/2007 - 20:59h

Muito bom!
Obrigado []s

[16] Comentário enviado por GilsonDeElt em 28/04/2007 - 15:27h

D+ esse artigo!
Vô adicionar nos meus favoritos.
Valeu!!!!!!!

[17] Comentário enviado por rbgtoffolo em 28/04/2007 - 17:07h

Opa!!!

Valeu pelo artigo Sérgio, bem legal... Porém faço a seguinte pergunta... e a todos que puderem ajudar... O que a gente faz quando o programa que queremos compilar exige uma library que temos em uma versão mais nova? Por exemplo, to tentando compilar o kphpdev no meu Fedora 4. Ele exige a Qt 1.4 e o Fedora vem com a 3.3. Já deu pra perceber que sou principiente (hehehe). Sendo assim as coisas não funcionam na compilação! Existe algum How-to ou algum documento que ajude a gente a se virar nessas situações?
Já procurei no google, em how toos nas documentações do fedora e não consegui me virar ainda!!!
Abração

[18] Comentário enviado por sergio3010 em 28/04/2007 - 17:29h

bom, meus sinceros agradecimentos por vocês terem gostado. rbgtoffolo, o seu fedora provavelmente ele não quer o qt em si, mas sim o qt-dev, que é o pacote de desenvolvimento do qt, normalmente para compilar programas você precisa dos pacotes development.

[19] Comentário enviado por rbgtoffolo em 28/04/2007 - 19:37h

Olá Sergio!! Desculpe a duplicidade no post... acho que vc percebeu que eu to um pouco desesperado... bem eu to com o qt-devel instalada no sistema. Lendo documentações sobre o comando rpm fiz a seguinte busca:
rpm -qa | grep qt

voltaram esses pacotes:

qt-devel-3.3.4-14
qt-designer-3.3.4-14
qt-3.3.4-14

Ao tentar compilar o kphpdevel ai vai a última linha da execução do ./configure:

checking for Qt... configure: error: Qt-1.4 (libraries) not found. Please check your installation!

Uma vez eu li não lembro onde que dá pra criar links simbólicos direcionando libraries novas com nomes de libraries antigas... isso procede? como fazer (se for o processo certo?)

Abração!!

[20] Comentário enviado por sergio3010 em 30/04/2007 - 11:45h

bem, talvez funcione, já funcionou comigo um bocado de vezes, assim como também já falhou um bocado de vezes. O procedimento certo é:
ln -sf nome_da_lib_que_você_quer_criar_o_link nome_do_link
ex: ln -sf libc6.3.2.so libc6.so
ps: isso foi só um exemplo para você entender como funciona, e como eu já disse, não garanto que venha a funcionar.

[21] Comentário enviado por Maximus77 em 15/05/2007 - 12:24h

Boa tarde, amigo! Excelente seu artigo, parabéns! É o seguinte: Vc pode me explicar como eu configuro repositórios no yum do suse 10.0? Eu uso o FC5 tambem, ele j[a vem com uma lista de repos e não tem problemas com atualização.

[22] Comentário enviado por comikietogavea em 17/05/2007 - 00:31h

amigo sergio,tentei instalar um programa aki seguindo seu tutorial,,descompactei o arquivo normal,depois tentei dar o comando como no tutorial ./configure e dei enter retornou essa mensagem (no such file on directory) o que pode ser isso,fiz algo errado...deve ser .rs.fiko no aguardo.ahh,minha distro é dizinha versao 2.0

[23] Comentário enviado por comikietogavea em 17/05/2007 - 00:36h

ah sergio esqueci de t perguntar uma coisa se puder claro,eu baixai o netscape nessa minha versao (dizinha),como eu acesso esse programa,pois eu nao consigo acha-lo para poder fazxe-lo rodar.um abraço amigo

[24] Comentário enviado por sergio3010 em 22/05/2007 - 18:28h

olá, amigo comikietogavea, creio que, após descompactar o arquivo, você deve ter esquecido de entrar na pasta que foi criada(quando você descompacta um .tar.gz ou um .tar.bz2, ele cria uma pasta e os arquivos de "instalação" ficam todos dentro dessa pasta.
Faça o seguinte, entre nesa pasta com o comando cd (nomedapasta) e depois tente rodar normalmente as instruções acima apresentadas

[25] Comentário enviado por sergio3010 em 22/05/2007 - 18:36h

Maximus77, para configurar o yum, edite o arquivo /etc/yum.conf como root, e onde tem baseurl= você coloca os repositórios que você quer, por exemplo:
baseurl=
http://ftp.funet.fi/pub/linux/mirrors/fedora/linux/core/$releasever/$basearch/os/
http://mirrors.kernel.org/fedora/core/$releasever/$basearch/os/

[26] Comentário enviado por Kuruman em 13/06/2007 - 17:38h

kra muito massa esse artigo seu entendi tudo agora .. ja tava meio integrado com instalação .. agora to praticamente kraq em instalar .. agora fais um tuto com instaladores graficos das distros mais famosas ... vlw manooo

[27] Comentário enviado por albfneto em 24/06/2008 - 13:37h

oi, auto-apt e pacman, vão funcionar em Gentoo e Sabayon (um Gentoo)?

pergunto pq uso muita compilação tipo configure/make , pq frequentemenet o Portage tem versões antigas de coisas...

[28] Comentário enviado por albfneto em 24/06/2008 - 13:41h

concordo com muitos, esse artigo é otimo, qualquer pessoa que começa no Linux, precisa saber como se instala e eu nunca tinha visto tutorial mais completo, disso, pq só via HPs,que são ou só pra debian like, ou só pra Gentoo, ou só prá RedHat, Fedora e Mandriva etc....

[29] Comentário enviado por sergio3010 em 05/05/2009 - 15:51h

quanto ao auto-apt e pacman no gentoo, já tentei por um tempo e não consegui, se alguém conseguir ou souber como consegue, favor deixar link.

[30] Comentário enviado por lyne em 29/07/2009 - 18:57h

eu sou iniciante e não sei ainda como instalar os arquivos
socorro preciso de ajuda pq ja to fikando doida

[31] Comentário enviado por Hellsius em 18/04/2010 - 19:48h

Muito Bom

[32] Comentário enviado por HER GNU/Linux em 18/01/2011 - 10:22h

Salve, Sérgio!

Também sou iniciante no mundo GNU/Linux. Parabéns pelo artigo, pois ele contempla um raciocínio legal para quem precisa aprender como instalar, linhas de comando etc.

Abraços,

HERMES

[33] Comentário enviado por HER GNU/Linux em 18/01/2011 - 10:29h

Bah! Fui no teu perfil, você é de Recife/PE, meu pai e dois irmãos moram aí. Precisava de um cara aqui em Porto Alegre-RS, para me dar aulas, claro que seriam pagas. Se você souber de alguém que mora em Porto Alegre e conhece bem é só me avisar. Obrigado mais uma vez. Pensando agora, acho que alguém poderia dar aulas via internet online, tipo skype e webcan.

HERMES

[34] Comentário enviado por cezar_jeri em 24/02/2011 - 15:29h

Olá! Mandou bem!!!

Consegui retirar algumas duvidas sobre instalação, mas ainda estou com problemas.

Não entendo muito do linux, melhor dizendo, nada do linux.

Não estou conseguindo instalar o mozilla no metasys classmatepc, que vem nos laptops do projeto UCA - um computador por aluno.

Alguns deram problema no mozilla, o mesmo parou de funcionar. Já baixei o mozilla(rpm dele), segui suas orientações para fazer a instalação só que não

consigo, aparece alguns goisas lá que não sei nem explicar!!!

Perguntei a um camarada e ele falou que devo baixar o rpm correto para a minha distro, já procurei esse rpm para o metasys classmatepc e não encontrei

[35] Comentário enviado por mara_ubatuba em 19/05/2011 - 17:15h

Olá, já baixei o programa que preciso, ele está no desktop em forma de arquivo, por onde devo começar para dar os comandos de descompactar? Onde digito todo esses codigos?

[36] Comentário enviado por mara_ubatuba em 19/05/2011 - 17:39h

Achei o terminal, estou digitando os códigos mas aparece: bash: $:command not found, tá muito difícil. O programa que quero instalar é o firefox-4.0.1.tar.bz2 e meu linux é o KDE versão 3.5.7

[37] Comentário enviado por c0ut0 em 22/09/2012 - 15:16h

Valeu, excelente artigo...

[38] Comentário enviado por jozezuzinho em 25/09/2012 - 19:25h

eu baixei o google chorme e ele tem a extenção ".deb"... eu fiz todos os comandos.. os mais provaveis.. e nada..

umas das mensagens de erro que apareceu foi essa:
"file not found"

[39] Comentário enviado por sergio3010 em 25/09/2012 - 21:05h

Se deu file not found, chances são que
1. Você tenha digitado errado o nome do arquivo ou
2. Você estava na pasta errada na hora que foi instalar. Mas as coisas evoluiram e, nas distribuições mais conhecidas agora, para instalar um .deb basta clicar 2 vezes sobre ele.

[40] Comentário enviado por josemirsilva em 04/11/2012 - 14:59h

bom tarde, bom artigo tirou muitas duvidas.

[41] Comentário enviado por claudioedutec em 10/01/2014 - 18:51h

Pessoal muito bom o post. Fiquei muito feliz quando encontrei este artigo aqui no forum, pois também sou mais um que está tentando migrar para o linux. Mas, logo me deparei com um problema. Recentemente instalei o Ubuntu 12.04 no meu PC e quando fui tentar instalar um programa de jogos educacionais conhecido como Gcompris, firefox (ambos em tar.bz2) e o Adobe Flash Player (em .gz), insfelizmente não to conseguindo. Quando tento instalar sempre dá um erro no final da compilação, veja:
checking what language compliance flags to pass to the C compiler...
checking whether NLS is requested... yes
./configure: line 13757: intltool-update: command not found
checking for intltool >= 0.35.0... found
configure: error: Your intltool is too old. You need intltool 0.35.0 or later.
root@linux:/home/professor/gcompris# make
make: *** Nenhum alvo indicado e nenhum arquivo make encontrado. Pare.
root@linux:/home/professor/gcompris# ^C
root@linux:/home/professor/gcompris#

Obs 01: não tenho acesso a internet na minha casa e sim onde trabalho. Infelizmente não tenho notebook, pois senão levaria para tentar instalar da internet mesmo.

Obs 02: Será que para instalar qualquer programa, assim que instalo o Ubuntu é necessário instalar outros aplicativos?

Obs 03: tentei instalar utilizando os comando informados neste link: http://simplesubuntu.blogspot.com.br/2011/09/instalando-targz-e-tarbz2.html

Obs 04: a versão do programa gcompris: 13.11.tar.bz2 e os demais são tdos atuais.

Grato pela ajuda.


[42] Comentário enviado por dltdigo em 03/05/2014 - 23:57h

ALGUEM PODERIA ME AJUDAR A RESOLVER ISSO

A distribuição Linux escolhida e utilizada nas atividades práticas de laboratório é a Ubuntu. Esta distribuição, derivada da distribuição Linux Debian utiliza o Gerenciador de Pacotes chamada apt-get para realizar procedimentos de instalação, atualização e remoção de aplicativos ou pacotes que ficam armazenados em repositórios distribuídos na Internet. Outras distribuições Linux utilizam outros gerenciadores de pacotes, tais como Red Hat Package Manager (RPM), desenvolvido pela Red Hat, e o Yellowdog Updater Modified (YUM), originalmente desenvolvido para gerenciar sistemas Linux Red Hat no departamento de física da Universidade de Duke.

Além da possibilidade de instalação de pacotes utilizando estes gerenciadores, também é possível realizar a instalação de alguns aplicativos ou pacotes realizando sua compilação, ou seja, instalação de um aplicativo a partir do seu código-fonte.

1) Pesquise como é realizado o procedimento de instalação de um aplicativo a partir do seu código-fonte na distribuição Ubuntu.

2) Liste quais são os comandos necessários para a instalação do aplicativo ou pacote “traceroute” no Ubuntu Server 12.04.4 baixando seu código-fonte da URL: http://ufpr.dl.sourceforge.net/project/traceroute/traceroute/traceroute-2.0.19/traceroute-2.0.19.tar...

[43] Comentário enviado por McConha em 15/05/2014 - 16:05h

Parabéns parceiro muito bom ajuda muito isso

[44] Comentário enviado por skywalk em 10/11/2014 - 08:43h

Encontrei um site na net que ensina a instalar programas no Linux também.

http://www.akkiri.com/linux/instalacao_programas.php

[45] Comentário enviado por MacJhogo em 16/01/2015 - 15:48h


Show esse artigo! Obrigado! :D

[46] Comentário enviado por makio em 15/03/2015 - 19:51h


Gostei da explicação de como instalar programas baixados da internet no linux....legal.
No meu caso uso o progrma de instalação (apt) na distribuição mint.
Só invertir o instalador e pronto deu tudo certo....graças a sua explicação....valeu

[47] Comentário enviado por Raicard em 03/08/2015 - 01:24h

Tenho um excelente artigo no meu Blog que fala sobre isso, vale a pena conferir:

https://linuxsuper.wordpress.com/2015/08/03/instalar-e-desinstalar-programas-no-linux-ubuntu/

Também aproveite e passe por lá para baixar Grátis um ótimo ebbok de Linux Ubuntu.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts