Instalando o Gentoo 2018

Vamos fazer uma instalação simples e funcional desse excelente SO.

[ Hits: 26.615 ]

Por: eu20noel em 20/06/2018


X, criação de user, gerenciadores de desktop, programas do dia-a-dia e considerações finais



Depois do primeiro boot, se ocorreu tudo certo, vamos começar instalando o xorg.

# emerge -av x11-base/xorg-server

Caso use placa Intel, consulte o link abaixo.
Caso use placa nvidia, consulte o link abaixo.
Caso use placa amd, consulte o link abaixo.
Agora vamos criar um usuário comum para usar o sistema.

# useradd -m -G users,wheel -s /bin/bash seu-usuário

Se quiser incluir o usuário em mais grupos é só editar o arquivo /etc/group.

# nano /etc/group

Vamos definir uma senha para nosso usuário.

# passwd seu-usuário

Vamos instalar o xfce.

# emerge -av xfce-base/xfce4-meta xfce-extra/xfce4-notifyd xfce-extra/xfce4-volumed

Vamos colocar uma entrada no .xinitrc para iniciar o xfce:

nano ~/.xinitrc

exec startxfce4

Salve e feche o arquivo.

Para iniciar a sessão:

startxfce4

Para mais informações sobre o xfce consulte o link abaixo.
Para o Plasma, consulte o link abaixo.
Para Gnome, consulte o link abaixo.
Para Cinnamon, consulte o link abaixo.
Para Mate, consulte o link abaixo.
Gerenciador de login lightdm:

# emerge -av x11-misc/lightdm

Depois de instalado, edite o arquivo abaixo.

# nano /etc/conf.d/xdm

DISPLAYMANAGER="lightdm"

Salve e feche o arquivo.

Para o funcionamento do lightdm, coloque o dbus e o xdm para iniciar no boot.

# rc-update add dbus default
# rc-update add xdm default


Agora alguns programas básicos do dia-a-dia.

# emerge -av google-chrome
# emerge -av firefox
# emerge -av firefox-bin
(binário)
# emerge -av vlc
# emerge -av spotify
# emerge -av rhythmbox


Ferramentas úteis:

# emerge -av gentoolkit
# emerge -av pciutils


Para instalar mais programas com o portage é simples.

# emerge -S nome-do-programa ( procura o programa )
# emerge -av nome-do-programa ( instala o programa )

Para Layman, uma especie de AUR do Gentoo, dê uma olhada no link abaixo.
Procure instalar pelo layman somente o que não encontrar nos repos oficiais, como por exemplo o retroarch.

Para pacotes mascarados, consulte o link abaixo.
Para o diretório package.use consulte o link abaixo.
Para o accept_keywords consulte o link abaixo.

Considerações finais

Espero que esse meu pequeno tutorial possa ajudar mais pessoas a usar esse excelente e fascinante sistema chamado Gentoo.

Se encontrarem algum erro por favor peguem leve, sou apenas um biólogo metido a cara de Ti que não escreve nada a mais de 9 anos, se quiserem mudar algo, ou mostrar uma forma mais simples de fazer qualquer coisa fiquem a vontade os comentários estão aí para isso.

Aos moderadores, desde já meu pedido de desculpas, sou muito bom com insetos mas o português infelizmente não é meu forte, se encontrarem quaisquer erros por favor fiquem a vontade para corrigir da forma que acharem melhor.

Obrigado e todos e fiquem com Deus.

Referências


Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Baixando, descompactando e começando a instalar.
   3. Kernel, fstab, programas básicos, configurações básicas e grub
   4. X, criação de user, gerenciadores de desktop, programas do dia-a-dia e considerações finais
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

HP LaserJet 1020 em LTSP

Acentos corretos no console, PnUP, PnDown, Home End, etc..

Utilizando o Debian Squeeze em Desktop

Apache Mod_Proxy como Front-End de acesso e balanceamento de diversas aplicações web

Sabayon Linux: Migrando KDE4 para KDE5

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Tio_do_Toldo em 20/06/2018 - 20:51h

Tutorial bonito, tutorial bem feito; tutorial formoso.

[2] Comentário enviado por GabrielMS86 em 20/06/2018 - 20:57h

Show de bola.
Tutorial favoritado aqui. Certamente irei tirar um tempo pra tentar instalar esse Gentoo num note de testes aqui.

[3] Comentário enviado por eu20noel em 21/06/2018 - 07:42h


[2] Comentário enviado por GabrielMS86 em 20/06/2018 - 20:57h

Show de bola.
Tutorial favoritado aqui. Certamente irei tirar um tempo pra tentar instalar esse Gentoo num note de testes aqui.



:)

[4] Comentário enviado por eu20noel em 21/06/2018 - 07:55h


[1] Comentário enviado por Tio_do_Toldo em 20/06/2018 - 20:51h

Tutorial bonito, tutorial bem feito; tutorial formoso.


:)

[5] Comentário enviado por muniz95 em 21/06/2018 - 11:51h

BELO E MORAL.

Usei muito o Gentoo e o Funtoo também por um bom tempo, mas acabei abandonando ambos. Agora até me animei em instalar de novo no meu note.

Favoritado!

[6] Comentário enviado por eu20noel em 21/06/2018 - 13:18h


[5] Comentário enviado por muniz95 em 21/06/2018 - 11:51h

BELO E MORAL.

Usei muito o Gentoo e o Funtoo também por um bom tempo, mas acabei abandonando ambos. Agora até me animei em instalar de novo no meu note.

Favoritado!


:)

[7] Comentário enviado por adrdown em 22/06/2018 - 00:58h

Excelente tuto, me mostrou que realmente o Gentoo não é pra mim, já me irrita a instalação do Manjaro e Ubuntu com aqueles avançar, seleciona, seleciona, avançar.... imagina ter de fazer tudo isso ai...

[8] Comentário enviado por izaias em 24/06/2018 - 20:26h

Excelente tutorial!
Gosto de usuários apaixonados! :)

[9] Comentário enviado por eu20noel em 25/06/2018 - 07:36h


[8] Comentário enviado por izaias em 24/06/2018 - 20:26h

Excelente tutorial!
Gosto de usuários apaixonados! :)


:)

[10] Comentário enviado por albfneto em 26/06/2018 - 18:08h

Tutorial excelente. Favoritado.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].

[11] Comentário enviado por maran em 28/06/2018 - 10:53h

Excelente artigo como sempre , parabéns! :D

[12] Comentário enviado por eu20noel em 30/06/2018 - 17:23h


[11] Comentário enviado por maran em 28/06/2018 - 10:53h

Excelente artigo como sempre , parabéns! :D


:)

[13] Comentário enviado por henriquebarsa em 04/07/2018 - 09:20h

Que legal esse tutorial! Gostei muito! Acabei de instalar o Arch Linux no meu notebook, senti falta de tutoriais assim pra ele! Estou gostando dele bastante, mas não é tão rápido quanto eu queria, quem sabe daqui a um mês ou dois eu não instalo o Gentoo... ;)

[14] Comentário enviado por Londreslondres em 04/07/2018 - 21:09h

Não consigo instalar o Genkernel

Quando tento instalar, o emerge não encontra.

Meu hardware:
Processador: Intel Atom N470
Memória: 2gb DDR2

[15] Comentário enviado por charlesdouglas em 05/07/2018 - 13:28h

Boa tarde,

Eu já tentei instalar o Gentoo diversas vezes, e quando conseguia instalar não conseguia configurar.

Mas com sua ajuda quero tentar novamente, mas preciso de ajuda no UEFI

Por favor faça um artigo com UEFI

Obrigdo pela ajuda e atenção.

Charles

[16] Comentário enviado por eu20noel em 05/07/2018 - 23:16h


[14] Comentário enviado por Londreslondres em 04/07/2018 - 21:09h

Não consigo instalar o Genkernel

Quando tento instalar, o emerge não encontra.

Meu hardware:
Processador: Intel Atom N470
Memória: 2gb DDR2


posta a saída do comando "emerge -s genkernel"

[17] Comentário enviado por eu20noel em 05/07/2018 - 23:17h


[15] Comentário enviado por charlesdouglas em 05/07/2018 - 13:28h

Boa tarde,

Eu já tentei instalar o Gentoo diversas vezes, e quando conseguia instalar não conseguia configurar.

Mas com sua ajuda quero tentar novamente, mas preciso de ajuda no UEFI

Por favor faça um artigo com UEFI

Obrigdo pela ajuda e atenção.

Charles


UEFI não tem erro, é só seguir esse tutorial.

https://wiki.gentoo.org/wiki/Gentoo_UEFI


[19] Comentário enviado por draggom em 10/07/2018 - 08:31h


draggomlesa: Bota complicação na instalação do gentoo amigo, ele bota o arch linux no chinelo no quesito complicação para instalar.

[20] Comentário enviado por Guitto em 04/09/2018 - 09:45h

Belíssimo tutorial! Muito obrigado por contribuir. Uma duvida: Posso iniciar o Xubuntu e fazer a instalação através dele? Nenhum dos métodos pra iniciar via UEFI estão me ajudando. Obrigado!
____________________________________________________________

Keep It Simple Stupid!

[21] Comentário enviado por xerxeslins em 16/11/2018 - 22:00h

Favoritado. Obrigado pela contribuição!

--
If it ain't broke, fix it until it is.

[22] Comentário enviado por QAPLA em 18/11/2018 - 17:46h

Tutorial bastante abrangente, bem detalhado, muito bom mesmo parabéns!!
Gostaria de contribuir com quatro pequenas observações.
-Na página 2 onde se indica a montagem das partições, sugiro alterar os exemplos de comandos da seguinte forma, de:
# mount /dev/sdX /mnt/gentoo (o X aqui será subsistido pelo número da sua partição /)
para
# mount /dev/sdYX /mnt/gentoo (o Y indica a unidade de disco [a, b, c...] e o X indica o número da sua partição /)
o mesmo para os demais comandos da sequência.
-Depois onde se indica a entrada em chroot, o export de PS1, dve estar após a inclusão do profile, assim:
# chroot /mnt/gentoo /bin/bash (entramos de vez no ambiente Gentoo agora)
# source /etc/profile (para carregar as informações do /etc/profile no novo ambiente)
# export PS1="(chroot) $PS1" (para não nos confundirmos e esquecer onde estamos)
-No quadro com a sugestão de make.conf, retirar a primeira declaração FEATURES=, visto que mais abaixo será refeita a atribuição
-Na página 3 temos a finalização da instalação, logo antes do reboot, onde seria interessante 'desmontar' a unidade com a mídia do LiveCD.

Mais uma vez parabéns pelo artigo!

[23] Comentário enviado por mcnd2 em 03/02/2019 - 01:02h

Parabéns pelo artigo... Muito bem explicado...

__________________
Linux User #606334 -- Open your mind!

[24] Comentário enviado por mariojuniorjp em 07/12/2019 - 22:07h

Tenho muito à te agradecer. Graças as minhas aventuras no Crux e ao seu excelente e resumido tutorial, consegui instalar o gentoo fácil fácil aqui apenas aprendendo alguns novos comandos do sistema.

De fato o Gentoo não é esse bicho papão não. Na verdade, até que é fácil de instalar.

Sim, antes que eu me esqueça: favoritado com gosto!

[25] Comentário enviado por mariojuniorjp em 07/12/2019 - 22:10h


[20] Comentário enviado por Guitto em 04/09/2018 - 09:45h

Belíssimo tutorial! Muito obrigado por contribuir. Uma duvida: Posso iniciar o Xubuntu e fazer a instalação através dele? Nenhum dos métodos pra iniciar via UEFI estão me ajudando. Obrigado!
____________________________________________________________

Keep It Simple Stupid!


Claro que pode, inclusive eu fiz a instalação do meu usando o Fedora. :D

[26] Comentário enviado por AlvesUeliton em 16/12/2019 - 00:19h

Infelizmente o emerge não foi meu amigo dando vários avisos de USE=alguma coisa e não instalou nada, nem mesmo o genkernel.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts