Como instalar um Gentoo binário?

1. Como instalar um Gentoo binário?

skjdeecedcnfncvnrfcnrncjvnjrnfvjcnjrjvcjrvcj
Londreslondres

(usa Void Linux)

Enviado em 07/07/2018 - 21:57h

Estou muito interessado no Gentoo, mas meu processador é fraco (Intel Atom N470). Demorou 10 horas para instalar os pacotes, até que quando fui instalar o genkernel, deu erro nas flags.

Gostaria de saber se é possível instalar um Gentoo 100% binário. Não quero usar o Calculate.


  


2. Re: Como instalar um Gentoo binário?

Rodrigo
rudregues

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 07/07/2018 - 22:52h

Sim. Você pode realizar a compilação num computador mais potente e depois instalar o binário gerado no netbook.

Tem o tutorial da wiki, que mostra como usar.o distcc para realizar o cross compiling aqui https://wiki.gentoo.org/wiki/Distcc/Cross-Compiling

Você pode usar um servidor de pacotes binários também, na wiki tem esse tutorial que mostra como faz https://wiki.gentoo.org/wiki/Binary_package_guide


3. Re: Como instalar um Gentoo binário?

Ricardo Fabiano Silva
madrugada

(usa Gentoo)

Enviado em 07/07/2018 - 23:07h

Se não quiser emergir, vá para o Entropy. Use Sabayon.
No Sabayon você tem o entropy para gerenciar pacotes binários e o portage continua disponível.

https://wiki.sabayon.org/index.php?title=En:Entropy


4. Re: Como instalar um Gentoo binário?

Thiago Mateus
Thitos

(usa Outra)

Enviado em 07/07/2018 - 23:18h

Acredito que seria possível você instalar o Calculate e transformar ele em Gentoo depois.

Encontrei alguns usuários no fórum do Gentoo que dizem usar Gentoo, mas na verdade era Calculate.

"Failure is an option here. If things are note failing, you are not innovating enough" - Elon Musk 



5. Re: Como instalar um Gentoo binário?

Eric
Grinder

(usa Slackware)

Enviado em 08/07/2018 - 12:25h

Não instalando.
Não faça isso com o gentoo e nem com vc. É uma distro com foco totalmente diferente de binário, você pode fazer isso que o povo disse mas ae nunca mais vai poder atualizar, pois as atualizações são constantes e grandes.

Use um Sabayon e relaxa.
- - - - -
www.github.com/ericfernandesferreira
www.youtube.com/candelabrus1


6. Re: Como instalar um Gentoo binário?

IceStorms
IceStorms

(usa Sabayon)

Enviado em 08/07/2018 - 17:22h

É como o Grinder falou.
Não faz sentido você usar o Gentoo se não quer compilar nada, mas é possível com um método não oficial, mas usando o próprio Gentoo com Live-CD. A idéia é copiar todo o conteúdo do Live para o HD e com algumas adaptações ele fica como um sistema completamente instalado.
Mesmo depois de fazer isso você precisaria usar o Portage para instalar novas ferramentas ou programas, ou saída pra isso seria instalar o Entropy e puxar os pacotes pré-compilados do Sabayon.

No final de tudo você não terá mais um Gentoo e sim um Sabayon. A conclusão é que você está querendo usar um Sabayon e não um Gentoo.



________________________________________
Sabayon Linux. Fedora. Debian.
Linux Mint. Mageia. FreeBSD.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨
LinuxCounter - Registered Linux user since 2006:
https://www.linuxcounter.net/cert/438332.png



7. Re: Como instalar um Gentoo binário?

niquelnausea
niquelnausea

(usa Arch Linux)

Enviado em 08/07/2018 - 20:40h

IceStorms escreveu:
Não faz sentido você usar o Gentoo se não quer compilar nada, mas é possível com um método não oficial, mas usando o próprio Gentoo com Live-CD. A idéia é copiar todo o conteúdo do Live para o HD e com algumas adaptações ele fica como um sistema completamente instalado.
Mesmo depois de fazer isso você precisaria usar o Portage para instalar novas ferramentas ou programas, ou saída pra isso seria instalar o Entropy e puxar os pacotes pré-compilados do Sabayon.


como é esse método? ainda é funcional mesmo o livecd sendo de 2016?


8. Re: Como instalar um Gentoo binário?

Matheus
pylm

(usa Gentoo)

Enviado em 08/07/2018 - 21:08h

niquelnausea escreveu:

IceStorms escreveu:
Não faz sentido você usar o Gentoo se não quer compilar nada, mas é possível com um método não oficial, mas usando o próprio Gentoo com Live-CD. A idéia é copiar todo o conteúdo do Live para o HD e com algumas adaptações ele fica como um sistema completamente instalado.
Mesmo depois de fazer isso você precisaria usar o Portage para instalar novas ferramentas ou programas, ou saída pra isso seria instalar o Entropy e puxar os pacotes pré-compilados do Sabayon.


como é esse método? ainda é funcional mesmo o livecd sendo de 2016?


Tem um do ano passado que sei lá porquê não foi divulgado.

https://gentoo.osuosl.org/releases/amd64/20170118/

O modo mais "limpo" que eu vejo pra fazer isso seria empacotar todo o live dvd em binários, depois extrair um stage 3 numa partição limpa e mandar o portage instalar os binários feitos com pacotes do DVD.
Seria algo assim:


#Empacotar o live dvd
quickpkg "*/*"

# Copiar os binários

cp -r /usr/portage/Packages/ /gentoo_novo/usr/portage/

# No gentoo instalado, atualizar o sistema usando binários quando possível

emerge -avk --update --newuse @world

# Seguir a wiki pra criar usuário, configurações básicas e iada iada idada.




9. Re: Como instalar um Gentoo binário?

IceStorms
IceStorms

(usa Sabayon)

Enviado em 08/07/2018 - 22:12h

niquelnausea escreveu:

IceStorms escreveu:
Não faz sentido você usar o Gentoo se não quer compilar nada, mas é possível com um método não oficial, mas usando o próprio Gentoo com Live-CD. A idéia é copiar todo o conteúdo do Live para o HD e com algumas adaptações ele fica como um sistema completamente instalado.
Mesmo depois de fazer isso você precisaria usar o Portage para instalar novas ferramentas ou programas, ou saída pra isso seria instalar o Entropy e puxar os pacotes pré-compilados do Sabayon.


como é esse método? ainda é funcional mesmo o livecd sendo de 2016?


Acredito que ainda funcione igual, mesmo com essa versão nova que o pylm falou.
A única vantagem mesmo é o tempo, se você souber tudo que precisa fazer, você consegue fazer em pouco tempo, mas precisa configurar flags e mais algumas coisas mesmo assim.
Acho mais vantajoso usar o Stage 3 mesmo, pois o sistema já fica funcional em modo texto depois de compilar o kernel (obs.: demora muito), isso se você não precisar do modo gráfico com urgência.

Mas como eu disse antes, se não quer ter esse trabalho é melhor usar o Sabayon. Essa é minha escolha atual, pois utilizo o Sabayon no desktop para uso diário.
O Sabayon é muito gostoso de usar, totalmente estável, tipo o Debian, só que melhor, já que não tem os problemas do APT. Já faz tempo que o Sabayon é o meu favorito.



________________________________________
Sabayon Linux. Fedora. Debian.
Linux Mint. Mageia. FreeBSD.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨
LinuxCounter - Registered Linux user since 2006:
https://www.linuxcounter.net/cert/438332.png







Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts