Instalando o Gentoo 2018

Vamos fazer uma instalação simples e funcional desse excelente SO.

[ Hits: 26.518 ]

Por: eu20noel em 20/06/2018


Kernel, fstab, programas básicos, configurações básicas e grub



Vamos para melhor parte, compilar o kernel, a espinha do sistema.

Nesse mini tutorial eu irei usar a ferramenta genkernel para nos ajudar nesse trabalho, pois creio que quem não sabe compilar e configurar o kernel vai praticamente ser obrigado a usar o genkernel, pelo menos de primeira, e quem já sabe compilar e configurar vai em tese ignorar esse tutorial pois já sabe como fazer.

Vamos baixar as fontes.

# emerge -av sys-kernel/gentoo-sources

Baixada a fonte, vamos baixar o genkernel o cara que fara o trabalho sujo.

# emerge -av genkernel

Por último, vamos deixar tudo certinho com nosso amigo genkernel.

# genkernel --menuconfig --install all

Esse processo vai demorar um pouco, eu tenho um core i5 3GHz e demora cerca de uma hora para compilar.

O genkernel cria uma espécie de configuração genérica com intuito de ser mais abrangente, isso tem um lado bom e um ruim. O bom é que a possibilidade das coisas funcionarem aumenta consideravelmente, o ruim é que ele carrega uma série de coisas que vocês não irão utilizar.

O que pode ser feito para evitar esse efeito colateral é compilar o próprio kernel tomando o cuidado de só marcar o que realmente for necessário para o nosso uso, ou mesmo usar o genkernel e desmarcar todas as "tranqueiras" que ele marca.

Mesmo usando o genkernel é altamente recomendável, dar uma "pincelada" nas configurações afim de aferir se está tudo certo.

E caso os senhores queiram compilar o kernel sem ajuda do genkernel sugiro dar uma olhada nessa pagina do wiki.
Uma vez compilado o kernel, vamos fazer algumas configurações básicas.

Primeiro o fstab.

# nano /etc/fstab

/dev/cdrom    /mnt/cdrom   auto   noauto,ro  0 0
/dev/sdX      /            ext4   noatime    0 1  #troque o X pelo número da partição raiz, troque o ext4 pelo seu sistema de arquivos
/dev/sdX      /home        ext4   noatime    0 2 #troque o X pelo  número da partição home, troque o ext4 pelo seu sistema de arquivos
/dev/sdaX     none         swap   sw         0 0 #troque o X pelo  número da partição swap

Se os Srs criaram mais pontos de montagem, como /boot por exemplo façam a inclusão no /etc/fstab.

Vamos colocar o nome da máquina agora.

# nano /etc/conf.d/hostname

hostname="gentoo" #usei gentoo como exemplo, os senhores podem usar o nome que acharem melhor

Vamos escolher o horário do sistema.

# nano -w /etc/conf.d/hwclock

clock="local" #aqui temos também a opção do UTC, se os Srs usam o sistema em dual boot com o Windows, deixem como local mesmo

Vamos configurar o teclado agora.

# nano -w /etc/conf.d/keymaps

keymap="br-abnt2" #para ter um teclado português Brasileiro

Agora vamos configurar a timezone.

# ls /usr/share/zoneinfo

Com o comando acima serão listadas as timezones, apos escolher é só setar com o comando abaixo.

# cp /usr/share/zoneinfo/America/Sao_Paulo /etc/localtime #não esquece de mudar de acordo com sua localidade

Agora, alguns pacotes importantes.

# emerge -av app-admin/sysklogd
# emerge -av sys-process/cronie
# emerge -av net-misc/dhcpcd


Depois de instalados vamos seta-los para rodar no boot.

# rc-update add sysklogd default
# rc-update add cronie default
# rc-update add dhcpcd default


Agora vamos instalar o linux-firmware, esse cara traz uma série de firmwares importantes.

# emerge -av linux-firmware

Para redes wifi instale o networmanager e wicd.

# emerge -av networkmanager wicd

Depois de instalados vamos seta-los para rodar no boot.

# rc-update add wicd default
# rc-update add NetworkManager default


Instalando o grub para iniciarmos o sistema.

# emerge -av sys-boot/grub

Depois de instalado o grub no sistema vamos instala-lo na mbr.

# grub-install /dev/sdX #troque X pelo disco onde o grub vai ser instalado

# grub-install --target=x86_64-efi --efi-directory=/boot #use esse comando se os Srs usam uefi

Agora é só criar o grub.cfg, arquivo de configuração do grub.

# grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg

Antes de iniciar vamos colocar uma senha no root.

# passwd

Feito isso, iremos desmontar tudo e reiniciar o sistema para o primeiro boot.

# exit
# cd
# umount -l /mnt/gentoo/dev{/shm,/pts,}
# umount -R /mnt/gentoo
# reboot


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Baixando, descompactando e começando a instalar.
   3. Kernel, fstab, programas básicos, configurações básicas e grub
   4. X, criação de user, gerenciadores de desktop, programas do dia-a-dia e considerações finais
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Como gerenciar usuários e grupos

Red Hat e Fedora - Um guia básico de configuração

Como instalar o SVN no Slackware 10.2 utilizando o Apache2 como servidor

Configuração fácil de um servidor PPP

HOWTO Linux para Sony Playstation 2 com HDLoader e DEV2

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Tio_do_Toldo em 20/06/2018 - 20:51h

Tutorial bonito, tutorial bem feito; tutorial formoso.

[2] Comentário enviado por GabrielMS86 em 20/06/2018 - 20:57h

Show de bola.
Tutorial favoritado aqui. Certamente irei tirar um tempo pra tentar instalar esse Gentoo num note de testes aqui.

[3] Comentário enviado por eu20noel em 21/06/2018 - 07:42h


[2] Comentário enviado por GabrielMS86 em 20/06/2018 - 20:57h

Show de bola.
Tutorial favoritado aqui. Certamente irei tirar um tempo pra tentar instalar esse Gentoo num note de testes aqui.



:)

[4] Comentário enviado por eu20noel em 21/06/2018 - 07:55h


[1] Comentário enviado por Tio_do_Toldo em 20/06/2018 - 20:51h

Tutorial bonito, tutorial bem feito; tutorial formoso.


:)

[5] Comentário enviado por muniz95 em 21/06/2018 - 11:51h

BELO E MORAL.

Usei muito o Gentoo e o Funtoo também por um bom tempo, mas acabei abandonando ambos. Agora até me animei em instalar de novo no meu note.

Favoritado!

[6] Comentário enviado por eu20noel em 21/06/2018 - 13:18h


[5] Comentário enviado por muniz95 em 21/06/2018 - 11:51h

BELO E MORAL.

Usei muito o Gentoo e o Funtoo também por um bom tempo, mas acabei abandonando ambos. Agora até me animei em instalar de novo no meu note.

Favoritado!


:)

[7] Comentário enviado por adrdown em 22/06/2018 - 00:58h

Excelente tuto, me mostrou que realmente o Gentoo não é pra mim, já me irrita a instalação do Manjaro e Ubuntu com aqueles avançar, seleciona, seleciona, avançar.... imagina ter de fazer tudo isso ai...

[8] Comentário enviado por izaias em 24/06/2018 - 20:26h

Excelente tutorial!
Gosto de usuários apaixonados! :)

[9] Comentário enviado por eu20noel em 25/06/2018 - 07:36h


[8] Comentário enviado por izaias em 24/06/2018 - 20:26h

Excelente tutorial!
Gosto de usuários apaixonados! :)


:)

[10] Comentário enviado por albfneto em 26/06/2018 - 18:08h

Tutorial excelente. Favoritado.
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].

[11] Comentário enviado por maran em 28/06/2018 - 10:53h

Excelente artigo como sempre , parabéns! :D

[12] Comentário enviado por eu20noel em 30/06/2018 - 17:23h


[11] Comentário enviado por maran em 28/06/2018 - 10:53h

Excelente artigo como sempre , parabéns! :D


:)

[13] Comentário enviado por henriquebarsa em 04/07/2018 - 09:20h

Que legal esse tutorial! Gostei muito! Acabei de instalar o Arch Linux no meu notebook, senti falta de tutoriais assim pra ele! Estou gostando dele bastante, mas não é tão rápido quanto eu queria, quem sabe daqui a um mês ou dois eu não instalo o Gentoo... ;)

[14] Comentário enviado por Londreslondres em 04/07/2018 - 21:09h

Não consigo instalar o Genkernel

Quando tento instalar, o emerge não encontra.

Meu hardware:
Processador: Intel Atom N470
Memória: 2gb DDR2

[15] Comentário enviado por charlesdouglas em 05/07/2018 - 13:28h

Boa tarde,

Eu já tentei instalar o Gentoo diversas vezes, e quando conseguia instalar não conseguia configurar.

Mas com sua ajuda quero tentar novamente, mas preciso de ajuda no UEFI

Por favor faça um artigo com UEFI

Obrigdo pela ajuda e atenção.

Charles

[16] Comentário enviado por eu20noel em 05/07/2018 - 23:16h


[14] Comentário enviado por Londreslondres em 04/07/2018 - 21:09h

Não consigo instalar o Genkernel

Quando tento instalar, o emerge não encontra.

Meu hardware:
Processador: Intel Atom N470
Memória: 2gb DDR2


posta a saída do comando "emerge -s genkernel"

[17] Comentário enviado por eu20noel em 05/07/2018 - 23:17h


[15] Comentário enviado por charlesdouglas em 05/07/2018 - 13:28h

Boa tarde,

Eu já tentei instalar o Gentoo diversas vezes, e quando conseguia instalar não conseguia configurar.

Mas com sua ajuda quero tentar novamente, mas preciso de ajuda no UEFI

Por favor faça um artigo com UEFI

Obrigdo pela ajuda e atenção.

Charles


UEFI não tem erro, é só seguir esse tutorial.

https://wiki.gentoo.org/wiki/Gentoo_UEFI


[19] Comentário enviado por draggom em 10/07/2018 - 08:31h


draggomlesa: Bota complicação na instalação do gentoo amigo, ele bota o arch linux no chinelo no quesito complicação para instalar.

[20] Comentário enviado por Guitto em 04/09/2018 - 09:45h

Belíssimo tutorial! Muito obrigado por contribuir. Uma duvida: Posso iniciar o Xubuntu e fazer a instalação através dele? Nenhum dos métodos pra iniciar via UEFI estão me ajudando. Obrigado!
____________________________________________________________

Keep It Simple Stupid!

[21] Comentário enviado por xerxeslins em 16/11/2018 - 22:00h

Favoritado. Obrigado pela contribuição!

--
If it ain't broke, fix it until it is.

[22] Comentário enviado por QAPLA em 18/11/2018 - 17:46h

Tutorial bastante abrangente, bem detalhado, muito bom mesmo parabéns!!
Gostaria de contribuir com quatro pequenas observações.
-Na página 2 onde se indica a montagem das partições, sugiro alterar os exemplos de comandos da seguinte forma, de:
# mount /dev/sdX /mnt/gentoo (o X aqui será subsistido pelo número da sua partição /)
para
# mount /dev/sdYX /mnt/gentoo (o Y indica a unidade de disco [a, b, c...] e o X indica o número da sua partição /)
o mesmo para os demais comandos da sequência.
-Depois onde se indica a entrada em chroot, o export de PS1, dve estar após a inclusão do profile, assim:
# chroot /mnt/gentoo /bin/bash (entramos de vez no ambiente Gentoo agora)
# source /etc/profile (para carregar as informações do /etc/profile no novo ambiente)
# export PS1="(chroot) $PS1" (para não nos confundirmos e esquecer onde estamos)
-No quadro com a sugestão de make.conf, retirar a primeira declaração FEATURES=, visto que mais abaixo será refeita a atribuição
-Na página 3 temos a finalização da instalação, logo antes do reboot, onde seria interessante 'desmontar' a unidade com a mídia do LiveCD.

Mais uma vez parabéns pelo artigo!

[23] Comentário enviado por mcnd2 em 03/02/2019 - 01:02h

Parabéns pelo artigo... Muito bem explicado...

__________________
Linux User #606334 -- Open your mind!

[24] Comentário enviado por mariojuniorjp em 07/12/2019 - 22:07h

Tenho muito à te agradecer. Graças as minhas aventuras no Crux e ao seu excelente e resumido tutorial, consegui instalar o gentoo fácil fácil aqui apenas aprendendo alguns novos comandos do sistema.

De fato o Gentoo não é esse bicho papão não. Na verdade, até que é fácil de instalar.

Sim, antes que eu me esqueça: favoritado com gosto!

[25] Comentário enviado por mariojuniorjp em 07/12/2019 - 22:10h


[20] Comentário enviado por Guitto em 04/09/2018 - 09:45h

Belíssimo tutorial! Muito obrigado por contribuir. Uma duvida: Posso iniciar o Xubuntu e fazer a instalação através dele? Nenhum dos métodos pra iniciar via UEFI estão me ajudando. Obrigado!
____________________________________________________________

Keep It Simple Stupid!


Claro que pode, inclusive eu fiz a instalação do meu usando o Fedora. :D

[26] Comentário enviado por AlvesUeliton em 16/12/2019 - 00:19h

Infelizmente o emerge não foi meu amigo dando vários avisos de USE=alguma coisa e não instalou nada, nem mesmo o genkernel.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts