Arch Linux - Instalação a partir de imagem híbrida

Neste artigo vou demonstrar como instalar o Arch Linux a partir de uma imagem híbrida.

[ Hits: 49.000 ]

Por: edps em 03/06/2010 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Introdução



Não meus amigos, essa não saiu do seriado Fringe, a equipe do Arch Linux para não deixar a peteca cair e continuando sua saga de distro avançada, nos brinda agora com uma imagem híbrida de seu disco de instalação.

Alguns vão perguntar, mas o que vem a ser imagem híbrida, digo que é uma imagem que contém 2 arquiteturas diferentes (i686 e x86_64) e que podemos gravá-la tanto em CDs quanto em pendrives, percebem a beleza da coisa, não bastasse isso, está disponível para as versões dos disco NetInstall e CoreCD.

Para maiores detalhes visitem:
Para quem quiser seguir este tutorial, recomendo um lida nos artigos dos seguintes camaradas:
É parada obrigatória para quem fará sua primeira instalação do Arch.

Passado o susto inicial com as configurações, é uma distro relativamente tão simples como a filosofia que prega, a KISS (keep it simple stupid), todo o controle fica por conta do usuário é ele que determina como o sistema irá comportar-se, fora isso é extremamente rápida e provê as versões mais modernas de tudo quanto é aplicativo, o que não estiver contido no repositório oficial pode ser baixado facilmente através no site AUR ou ainda pelo excelente yaourt.

Voltando ao assunto híbrido, segundo a Wikipédia "Híbrido - qualidade de tudo o que resulta de elementos de natureza distinta".
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Download
   3. Instalação
   4. Configurando
   5. Diferentes sabores
   6. Screenshots e referências
Outros artigos deste autor

CrunchBang Backported - Instalação e Configuração

UFW e GuFW, firewall simples ao alcance de todos

ARM, utilização de snapshot de pacotes no Arch Linux

sidux Hipnos XFCE

Instalação do Debian em partição ReiserFS

Leitura recomendada

Migrando de Red Hat para Debian

Mini-manual do Fluxbox no Zenwalk

Instalando o bbpager do Blackbox

MySQL + Apache + PHP + OCI8 + PHPMyAdmin no Ubuntu Server

Apache 2.4 - Módulos de Multiprocessamento - MPM

  
Comentários
[1] Comentário enviado por corvolino em 03/06/2010 - 03:31h

Esse tutorial está completo,tem muita informação e não instala o arch agora quem não quer realmente.

Se me permite gostaria de dar uma dica.. na parte de DAEMONS você adiciona um monte de processo em ! e depois faz a instalação sem fazer referência alguma - ex: hal - isso ao meu ver fica estranho,porque o iniciante vai ficar digitando coisa sem saber e isso é perigoso.

Outra coisa, o yaourt ele baixa os programas do AUR. :)

parabéns e abraços.

[2] Comentário enviado por removido em 03/06/2010 - 13:26h

Corvolino, obrigado pelo comentário e pelas sugestões.

Na questão dos Daemons foi realmente um vacilo pois acrescentei-os antes mesmo de instalar os programas extras e no meu caso sequer faço uso do Networkmanager, wicd, etc.

Pro outro caso quis dizer que se o usuário desejar fazer tudo na unha ele vai no AUR e baixa o que deseja, depois compila e instala. Já usando o yaourt não, ele faz tudo de forma automática.

Outra coisa que preciso dizer é que o processo de instalação da mídia oficial segue o mesmo padrão anterior e é diferente do método aqui exposto.

Para quem quiser seguir o método com a mídia oficial as etapas são como as descritas em: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Instalando-o-maravilhoso-Arch-Linux/

[3] Comentário enviado por andrezc em 03/06/2010 - 15:57h

Gostei do artigo, ficou bem completo, e as ilustrações dão aquele toque especial.

Nota 10 :-)

[4] Comentário enviado por corvolino em 03/06/2010 - 17:06h

Calma rapaz, o seu artigo está ótimo :)

Eu me refiro ao usuário que nunca teve contato com o archlinux,ele pode estranhar um pouco sabe :P

O usuário que ler este tutorial e não pesquisar aqui ou no projeto br,gringo certamente ainda está um pouco verde para usar o archlinux,o que você fez é de extrema ajuda para muitos,agora uma pessoa querer algo totalmente mastigado é um pouco complicado.

Para MIM da para instalar tranquilamente o archlinux seguindo seu tutorial e espero que muitos percam o medo e façam isso - mesmo que seja no virtualbox ;p

abraços e parabéns novamente.

[5] Comentário enviado por corvolino em 03/06/2010 - 17:12h

Coloquei o seu tutorial em meu blog,espero que não tenha problema.

[6] Comentário enviado por removido em 03/06/2010 - 17:34h

Corvolino, só estava justificando o que ficou confuso e que realmente estava, valeu!

Quanto a publicação em seu blog, só me resta agradecê-lo, seu blog por sinal é um dos que tenho assinado no RSS do Opera.

t+

[7] Comentário enviado por BrunoBacelar em 04/06/2010 - 14:12h

Muito bom o artigo, faz uns 6~7 meses que estou usando o Arch e amei a distro, muito simples de se manter e não me deu muitas complicações. Ainda estou iniciando no mundo GNU/Linux, e até instalei o Mint para o meus pais hahahah.
Para quem quiser, também há o packer para fazer a comunicação com o AUR. Passei a usá-lo quando o yaourt não era mais recomendado devido a mudanças feitas na descrição dos pacotes (não sei como tá agora)... Acho ele muito rápido e prático.


[9] Comentário enviado por removido em 09/06/2010 - 12:04h

Muito bom Artigo!!!
Parabéns.
Quando eu instalei o arch pela primeira vez, não tinha essa mamata toda não :)



ÉÉÉÉ ARCH!!!
HAHAHA





[10] Comentário enviado por removido em 09/06/2010 - 17:48h

Valeu rdfreitas!

Realmente o Arch é impressionante, mas se eu não estivesse de férias e se não tivesse dado uma boa lida nos artigos do Hugo Dória, do xerxeslins, do eu!noel e de outros, certamente desistiria, afinal a configuração e arredondamento do Arch leva tempo.

[11] Comentário enviado por landex em 10/06/2010 - 12:50h

CAra bem legal, vou testar novamente a instalação do Arch denovo, tomara que eu consiga. Alguém ai que acompanha sabe me dizer um modo ´de configurar a SIS no Arch para poder subir o X, pois foi aonde eu parei da ultima vez tentado subir interface grafica.
Valeu!!!

[12] Comentário enviado por RickMura em 01/09/2010 - 11:30h

Realmente, ficou muito bom esse artigo.
Parabéns ao edps e obrigado ao corvolino, achei o link no blog dele.

[13] Comentário enviado por izaias em 19/02/2011 - 10:13h

Como sempre, superando o insuperável!

Mais nada a declarar.

[14] Comentário enviado por removido em 19/02/2011 - 10:47h

Valeu Izaias!,


aos colegas que desejarem usar uma imagem híbrida mais atual baixe-a desse endereço:

http://archlinux.c3sl.ufpr.br/iso/archboot/latest/">http://archlinux.c3sl.ufpr.br/iso/archboot/latest/

* hoje, 19 Fev 2011 a versão disponível é a: archlinux-2011.02-1-archboot.iso


para aqueles que quiserem usar uma imagem que tenha sido mais testada acesse a página abaixo e leia os changelogs:

http://archlinux.c3sl.ufpr.br/iso/archboot/


na dúvida da escolha das imagens tradicionais ou híbrida, visite o endereço abaixo e escolha uma delas:

http://archlinux.c3sl.ufpr.br/iso/2010.05/

essa é no momento a imagem padrão para a instalação do Arch Linux, as isos 'archboot' são imagens bem rolling-release, tanto é que pouca coisa será atualizada após sua instalação, o contrário da imagem 2010.05 que já é bem 'old'.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts