Instalação do Ventoy, programa para criar pendrives inicializáveis

Ventoy é uma ferramenta de código aberto para criar uma unidade USB inicializável para arquivos ISO/WIM/IMG/VHD(x)/EFI. Com o Ventoy você não precisa formatar o pendrive repetidamente, você só precisa copiar os arquivos ISO/WIM/IMG/VHD(x)/EFI para a unidade USB e inicializá-los diretamente.

[ Hits: 1.194 ]

Por: Buckminster em 13/11/2021


Introdução



Da página oficial do Ventoy:

"Ventoy é uma ferramenta de código aberto para criar uma unidade USB inicializável para arquivos ISO/WIM/IMG/VHD(x)/EFI.

Com o Ventoy você não precisa formatar o pendrive repetidamente, você só precisa copiar os arquivos ISO/WIM/IMG/VHD(x)/EFI para a unidade USB e inicializá-los diretamente.

Você pode copiar vários arquivos de uma vez e o Ventoy lhe dará um menu de inicialização para selecioná-los. BIOS legado x86, IA32 UEFI, x86_64 UEFI, ARM64 UEFI e MIPS64EL UEFI são suportados da mesma maneira.

A maioria dos tipos de sistemas operacionais têm suporte ao Ventoy (Windows/WinPE/Linux/ChromeOS/Unix/VMware/Xen...)

Mais de 740 arquivos de imagem foram testados, mais de 90% das distros em distrowatch.com são suportadas."

No link ao final você pode ver a lista completa dos sistemas e arquivos suportados.

O Ventoy realmente cumpre tudo isso que ele propõe.

É de uma facilidade imensa, você não precisa formatar o pendrive a cada ISO gravada. Basta instalar o Ventoy no pendrive e depois copiar e colar as ISOs e/ou arquivos, simples assim.

Ao colocar o pendrive para inicializar o Ventoy oferece um menu (veja imagem abaixo) com todas as ISOs que você copiou e colou nele. Dependendo do tamanho do pendrive você pode criar um pendrive inicializável com várias ISOs.
Na imagem acima tem a ISO do Debian 11 e a ISO do Debian 11 Live. Fato interessante é que gravei o Ventoy no Debian e depois copiei e colei as ISOs no Windows 10.

O Ventoy, ao ser instalado num pendrive, ele não "fecha" o pendrive, ele torna o pendrive bootável (inicializável) e permite copiar e colar arquivos no pendrive.

O Ventoy cria duas partições no pendrive, uma partição menor com aproximadamente 31 MB com quatro diretórios (pastas) onde ficam os arquivos da instalação e outra partição maior onde você copia e cola as ISOs, imagens etc.

Na imagem abaixo vemos a partição menor com os arquivos do Ventoy instalados no pendrive.
Na imagem abaixo vemos a partição maior com as ISOs copiadas e coladas.
Na imagem abaixo, somente para demonstrar, dei entrada no processo de inicialização do Debian Live conforme menu da primeira imagem e tudo transcorreu normalmente.
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação do Ventoy
Outros artigos deste autor

Compilação e instalação do Vim e habilitando a copiar e colar com o mouse

Como um monte de letras de um código fonte transforma-se em voltagens?

Compilação do Squid 3 no Debian Wheezy

kernel Linux otimizado - Compilação e teste

Encapsulando BIND 9 e Apache 2 para obter maior segurança

Leitura recomendada

Instalando o Gaim no Slackware via source

Cacti - O melhor monitor de link (FreeBSD 6.1)

Como montar um pacote RPM

CentOS 5 - Utilizando como desktop com o Fluxbox

Mostrar nome da música no aMSN

  
Comentários
[1] Comentário enviado por msoliver em 13/11/2021 - 21:52h

Complementando, no linux,
Execute:
#No diretório onde o Ventoy foi descompactado :)
sudo sh VentoyWeb.sh
Feito isso, acesse:
http://127.0.0.1:24680


______________________________________________________________________
Att.: Marcelo Oliver
______________________________________________________________________


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts