Inkscape - Introdução (parte 2)

No primeiro artigo dessa série introduzimos os principais aspectos e ferramentas do Inkscape. Este é um excelente software de desenho vetorial, lembrando o primo famoso - Corel Draw. Agora vamos dar alguns passos adicionais, como lidar com um novo shape (Espiral) e mais algumas ferramentas.

[ Hits: 32.587 ]

Por: Juliao Junior em 29/08/2008


Misturando shapes



O Inkscape nos oferece alguns recursos realmente interessantes. Um desses recursos é a capacidade de aproveitar shapes, como se estivéssemos misturando shapes de diversas maneiras. Vamos dar um exemplo simples, e fica por sua conta testar e ver como pode ser muito bem usado mais essa ferramenta.

Vamos começar com dois shapes: uma elipse e uma estrela. Veja a figura abaixo.
INKSCAPE - INTRODUÇÃO (PARTE 2)
Clique no menu "Path" (ou "Caminho"). Você verá algumas opções. As que usaremos são: Union, Difference, Intersection, Exclusion, Division, Cut Path. Cada opção tem o seu próprio efeito. Usando os shapes da figura acima, veja alguns resultados. Union:
INKSCAPE - INTRODUÇÃO (PARTE 2)
Difference:
INKSCAPE - INTRODUÇÃO (PARTE 2)
Intersection:
INKSCAPE - INTRODUÇÃO (PARTE 2)
Exclusion:
INKSCAPE - INTRODUÇÃO (PARTE 2)
Division:
INKSCAPE - INTRODUÇÃO (PARTE 2)
Note que na opção acima temos o curioso efeito de criarmos novos shapes a partir dos originais.

Conclusão

Neste artigo vimos mais algumas ferramentas disponíveis para nosso trabalho. Como sempre, o aprendizado depende mais de seu esforço do que de qualquer outra coisa. Teste as opções que mostramos aqui, faça desenhos mesmo que muito simples, e continue tentando apesar de alguma dificuldade inicial.

No próximo artigo desta série veremos como usar texto para incrementar nossos desenhos. Você verá efeitos simples, porém poderosos, no uso de textos.

Até o próximo artigo!

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Shapes - Espirais
   2. Espelhando
   3. Gradiente - Novos efeitos
   4. Misturando shapes
Outros artigos deste autor

CSS - Manual de Estilo (parte 2)

GRIP - Conversão e ripagem de CDs em Linux

Guia Introdutório do Linux VI

CSS - Manual básico sobre estilo

Ubuntu será o aguardado Windows Killer?

Leitura recomendada

O programa INIT

Compilador GNU Prolog

AIXGL + Beryl + Slackware + ATI

Slapt-get, prático e eficiente para atualizar o sistema e baixar programas novos

Criar DVD de instalação do Linux a partir do seu HD

  
Comentários
[1] Comentário enviado por eduardo em 29/08/2008 - 13:43h

Outro que foi para os Favoritos ;)

[2] Comentário enviado por cleysinhonv em 29/08/2008 - 13:58h

Ótimo post

Muito bom, mas precisamos muito divulgar os softwares de criação de criação digital de código aberto.
Muito bom uma opção excelente também é o GIMP.

Parabéns

[3] Comentário enviado por gpr.ppg.br em 01/09/2008 - 15:34h

podia falar de como imprimir em gráficas ou mandar o arquivo para gráficas.

[4] Comentário enviado por juliaojunior em 01/09/2008 - 16:47h

É uma boa idéia, gpr. Vou guardar sua sugestão para um dos próximos artigos.

Esta série de artigos tem por finalidade servir de introdução para o uso do Inkscape. Haverá mais um artigo introdutório, e depois passarei a série para um próximo nível. No momento adequado colocarei sua sugestão na matéria. Obrigado.

[5] Comentário enviado por grandmaster em 03/09/2008 - 22:58h

Legal ter outra opção além do GIMP.

Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[6] Comentário enviado por gamerest em 25/08/2009 - 14:34h

Cara, mto bom o programa, mass
bem, vc pode não saber
mas eu queria tratuzilo para Pt_BR
assim poderia usalo em trabalhos aqui na escola (Ensino médio)
como estou utilizando atualmente do gimp

Se souber me avise, abraço

[7] Comentário enviado por jorgebadad em 08/01/2012 - 12:51h

Parabéns pelo tuto!

Era o que estava buscando na net, até tem alguns mas são mais complexos, seu tutorial é o indicado para quem está começando a mexer com o inkscape.

Parabéns!


Contribuir com comentário