SMART Package Manager

De vez em quando surgem novas aplicações para auxiliar na instalação de softwares no Linux, onde ele faz a checagem das dependências, instalando-as quando necessário, facilita atualizações, dentre outras coisas. O SMART surgiu dentro dessa filosofia e ao utilizá-lo durante algum tempo acabei gostando e então resolvi falar um pouco sobre ele.

[ Hits: 29.758 ]

Por: Victor Marcus de Oliveira Castro em 11/07/2006


Introdução



O SMART é um gerenciador de pacotes que está crescendo bastante, não só pela sua performance, mas pela possibilidade de trabalhar similarmente como outros (yum, apt, apt-rpm, urpmi, etc). Há um link em português ensinando a instalar em:
Site do SMART:
Tendo em vista os links acima, vou me ater somente na localização de mais repositórios de softwares, porque no próprio site de dicas o "zago" não conseguiu achá-los.

A primeira coisa que fiz foi entender como o SMART monta sua estrutura de pesquisa. Ao verificar sua documentação, ele localiza uma URL e dentro dela ele localiza pastas/links RPMS (em maiúscula mesmo) e alguma palavra após separada por ponto. Por exemplo, no link http://dl.atrpms.net/fc5-x86_64/ há duas pastas, atrpms e redhat. Dentro da pasta atrpms temos alguns diretórios RPMS seguidos de ponto e uma palavra, o mesmo para a pasta redhat. Esse entendimento é a chave para adicionar novos repositórios à base do SMART.

Após a instalação e pretendendo facilitar para os iniciantes em Linux, execute o 'Gerenciador de Pacotes Smart', que está no menu 'Sistema', no KDE. Ele pedirá a senha de root para ser executado.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Localizando repositórios
   3. Adicionando repositórios
   4. Preenchendo campos
   5. Meus repositórios
Outros artigos deste autor

Certificação Java - 2 - Literals and Ranges of All Primitive Data Types (Exam Objective 4.6)

Certificação Java - 1 - Java Programming Language Keywords (Exam Objective 4.4)

Leitura recomendada

Glances - Monitoramento de Processos e Perfomance

openSUSE - As várias formas de atualizá-lo e de instalar pacotes

Utilizando o VNC Server no Linux

Clonando discos utilizando o G4U ("Ghost para Unix")

Apt-fast - turbinando o apt-get em distros Debian-like

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Phantom X em 13/07/2006 - 00:54h

Legal escrever sobre o Smart. Considero o melhor gerenciador que existe, inclusive melhor que o apt e o yum, inclusive ele usa repositórios de ambos.

Dica: Alguns repositórios disponibilizam um RPM que adiciona seus canais no Smart automaticamente também.

[2] Comentário enviado por Century_Child em 16/03/2007 - 13:34h

O Smart é um dos melhores, se não o melhor, gerenciador de pacotes.
Uso ele no SuSE 10.2 e não deixa nada a dever a outros gerenciadores (como o dpkg/apt-get).


Contribuir com comentário