Home Estúdio com 2 ferramentas poderosíssimas

A primeira pergunta dos produtores quando o assunto e software livre é: "O Linux não tem ferramentas para edição e criação de áudio como no Windows, como eu vou tentar uma migração?". Baseado nisso escrevi esse artigo, baseado em alguns tutoriais e fóruns nos quais participo.

[ Hits: 38.460 ]

Por: Everton Reis em 04/06/2006


Rosegarden




Versão do Linux


Quanto mais recente for a sua distribuição melhor. O Rosegarden e muitas aplicações relacionadas e interdependentes são todas muito novas. Aconselhamos que corra atrás realmente da última versão da distribuição que você escolheu, no mínimo.

Além disso, sugerimos que uma distribuição com especial ênfase para áudio em Linux, como AGNULA ou Planet CCRMA são de grande valia. O áudio no Linux é uma área em franco desenvolvimento atualmente e estas distribuições especiais buscam exatamente transformar o seu PC em uma verdadeira estação de trabalho de áudio digital e produção musical.

O Rosegarden-4, que chamaremos daqui para frente simplesmente de Rosegarden, é uma ferramenta versátil de código aberto para criação musical. Combina aspectos de um seqüenciador MIDI, seqüenciador de áudio digital e criação de partituras, tudo em um pacote muito fácil de usar, porém, poderoso, que provê aos usuários uma interface consistente e muito intuitiva.

O Rosegarden torna-se assim um dos mais poderosos e flexíveis subsistemas disponíveis para Linux. Em operações MIDI, o Rosegarden emprega a infra-estrutura do seqüenciador MIDI ALSA (Arquitetura de Som Avançada para Linux). Para rotear MIDI entrantes e de saída, pode gravar em qualquer número de entradas que estejam disponíveis simultaneamente, e os eventos de saída podem ser roteados para milhares de clientes MIDI.

Para gravação e reprodução de áudio digital, o Rosegarden é uma das numerosas aplicações que fazem uso do Kit de Conexão de Áudio Jack (JACK), um servidor de áudio de baixíssima latência desenvolvido do zero para atender as necessidades de produções musicais profissionais. Com o JACK, o Rosegarden pode aplicar plugins LADSPA (Linux Audio Developer's Simple Plugin API) até reproduzir streams de áudio em tempo real, com um número enorme de efeitos que vão de equalizadores a reverbs, e, eventualmente, qualquer plug-in que seja aplicado pelo meio do caminho. Estes plug-ins podem ser postos em camadas, uns sobre os outros, para dessa forma tornar sem limites a aplicação destes efeitos.

Cobrindo o vazio existente entre estas duas tecnologias, o Rosegarden é o primeiro seqüenciador MIDI que emprega a nova arquitetura de plug-ins DSSI (Disposable Soft Synth Interface = Interface de Síntese por Soft Disponível, ou melhor, sintetizadores virtuais). Os eventos MIDI são roteados através do ALSA até os plug-ins de síntese DSSI, e o áudio produzido por estes plug-ins é dirigido de volta através de plug-ins LADSPA e deste até o JACK.

O Rosegarden possui três modos de visualização, edição e entrada de eventos MIDI, incluindo o poderoso editor de partituras que possui características que normalmente não são encontradas em outros seqüenciadores MIDI. Por baixo destes três editores, o Rosegarden traz um mecanismo baseado em segmentos para organizar blocos de dados de áudio e MIDI de forma que brinda com o potencial de um programa de edição de imagens baseados em camadas para o reino da música.

Toda esta flexibilidade significa que podemos utilizar o Rosegarden como o centro de um poderoso estúdio de gravação e também como uma solução definitiva para composição musical em ambiente Linux hydrogen em sincronia com o rosegarden, via jack-transport.

Passo 1) Configure o Rosegarden para usar jack-transport (nas preferências do sequencer)

Passo 2) Configure o Hydrogen para obedecer a jack-transport (acho ate que e default quando você seleciona jack)

Passo 3) Configure os dois com o mesmo BPM e não use tempo change durante sua musica.

Equipamento e software requerido


Muita gente está usando o Rosegarden com bastante êxito em hardware obsoleto e lento. Mas não é necessário dizer que quanto mais rápido for seu computador e mais memória RAM ele tiver melhor serão os resultados. A seguir apresentamos uma pequena lista de requisitos básicos para satisfazer o que o Rosegarden precisa.

Para gravação MIDI:
  • Um teclado MIDI, guitarra MIDI ou qualquer outro dispositivo, também com:
  • Uma interface de hardware MIDI bem configurada e que seja suportada pelo protocolo ALSA:
  • Uma porta MIDI joystick na placa de som e/ou
  • Uma placa MIDI dedicada, e/ou
  • Uma interface MIDI USB
  • Ou um teclado virtual como vkeybd

Para reprodução MIDI:
  • Uma placa de som ou interface MIDI configurada apropriadamente e compatível com o protocolo ALSA, e
  • Um dispositivo MIDI externo como um teclado ou módulo de som, e/ou
  • Um sintetizador de hardware suportado por ALSA, como a Sound Blaster Live! (emu10k1) e seus descendentes, com soundfonts carregados nela, e/ou
  • Um softsynth ALSA, como QSynth com soundfont apropriado carregado na(saída de áudio via ALSA, o preferencialmente, JACK), e/ou
  • Um plug-in sintetizador DSSI como FluidSynth DSSI, com soundfont carregado, e/ou um plugin Xsynth-DSSI (necessário soundfont analog synth) e ambos requerem um servidor JACK para a saída de áudio.

Para gravação de áudio:
  • Um servidor JACK apropriadamente configurado, e
  • Uma placa de som compatível com JACK, e
  • Um microfone ou um ou mais dispositivos capazes de produzir sons e de serem conectados na entrada apropriada da placa de som, e
  • bastante espaço livre em disco.

Para reprodução de áudio:
  • Um servidor JACK adequadamente configurado, e
  • Uma placa de som compatível com JACK

Para quem usa distro baseada em Debian, use apenas (como root):

# apt-get update
# apt-get install rosegarden4



Manual em totalmente em Português:
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Rosegarden
   3. Protux
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Dá para usar BackTrack como desktop! Sabia?

Ogle: O player de DVD

Cygwin, um Linux dentro do Windows

Como instalar e usar o MS Office 97 no Linux

soundKonverter - o maravilhoso conversor de áudio

  
Comentários
[1] Comentário enviado por davidsonpaulo em 05/06/2006 - 07:48h

Bacana bad_block! Documentação a respeito de criação musical e edição de áudio em Linux está mesmo em falta aqui no VOL, o que faz muitos dos seus usuários achar que o Linux não é uma boa plataforma para profissionais da área da música e áudio, quando, na verdade, ele possui dezenas de ferramentas de altíssimo nível para as mais diversas aplicações, abrangendo desde de gravadores de som até seqüenciadores MIDI, passando por simuladores de instrumentos (bateria, guitarra etc), mixers para DJ's e softwares para composição de música eletrônica.

Seria ótimo ver uma continuação desse artigo contendo dicas práticas sobre como criar músicas e partituras no Rosergarden, bem como outros artigos falando sobre outros softwares do gênero para Linux.

Parabéns e abraços,

Davidson

[2] Comentário enviado por dailson em 05/06/2006 - 10:13h

Faço minha as palavras do Davidson acima.
Excelente artigo!

Dailson Fernandes

[3] Comentário enviado por flipe em 05/06/2006 - 10:24h

bom o artigo...

www.estudiolivre.org

[4] Comentário enviado por rrinfor em 05/06/2006 - 11:29h

Tá bom dimais da conta sô, muito bom esse artigo! apesar de eu não entender muito desse negócio de som, midi, brega, pagode e tals, mas o artigo é um grande começo aqui no VOL para nos irformarmos sobre essas alternativas.

Um abraço!

[5] Comentário enviado por gabrihell em 07/06/2006 - 23:53h

Magnifico! Era o que faltava! :P

[6] Comentário enviado por moisesvilela em 21/07/2006 - 21:24h

Blz, instalei o rosegarden, mas não consigo tirar som dele e quanto ao protux não consigo instalar. Mas não vou desistir.

[7] Comentário enviado por kauseven em 12/09/2006 - 15:56h

Achei muito legal sua iniciativa bad_block, trabalho a 20 anos como produtor musical e estive testando alguns aplicativos (incluindo o rosegarden). Gostei do desempenho de uma forma geral, mas ainda o aplicativo perde bastante para seus rivais nas plataformas MAC e M..Soft. Ainda não testei o protux, mas considerando o tamanho do aplicativo em comparação ao que acredito ser seu rival, o PRO TOOLS. Acho que ainda falta muito chão, mas estamos chegando lá !!!! De qualquer maneira já é um grande começo para nós técnicos de áudio e amantes do pinguim !!!! Um Abraço

[8] Comentário enviado por femars em 25/09/2009 - 11:33h

Testei Protux, falta muito ainda pra chegar perto dos grandes, e tb nao gostei do fato de rodar em java, acho que certas coisas nao rola mto bem em java. Mas a idéia é genial, é só uma questão de tempo!

[9] Comentário enviado por evagalhães em 10/06/2010 - 12:05h

O Rosegarden na versão 2010 já está no mesmo nível do Finale?????


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts