Home Estúdio com 2 ferramentas poderosíssimas

A primeira pergunta dos produtores quando o assunto e software livre é: "O Linux não tem ferramentas para edição e criação de áudio como no Windows, como eu vou tentar uma migração?". Baseado nisso escrevi esse artigo, baseado em alguns tutoriais e fóruns nos quais participo.

[ Hits: 38.481 ]

Por: Everton Reis em 04/06/2006


Protux




Até aqui tínhamos pouca informação, mas agora parece que está chegando a hora do Linux no áudio. Um novo programa se destaca pelo seu nome sugestivo e provocante: Protux. Mas também pelos recursos e pela filosofia em que se baseia. É um gravador multipista poderoso e simples de usar. Uma estação de trabalho completa, nem para Mac nem para Windows. Ele roda em GNU/Linux.
Protux, gravador multipista/editor de áudio para Linux. Protux (e não ProTux), ou PROfessional Audio Tools for LinUX, é um gravador multipista prático e poderoso para GNU/Linux. Ele visa ser a mais prática e uma das mais poderosas ferramentas de áudio em todos os sentidos. O Protux nos permite usar o poder da combinação teclado+mouse (sem cliques) para acelerar imensamente o processo de produção de áudio. Este conceito é conhecido como "Jog-Mouse-Board" (JMB): o toque numa tecla e uma movimento no mouse sem cliques. Sem o uso excessivo do mouse e do teclado, comum a todos os demais gravadores, esta tecnologia agiliza a produção e é mais ergonômica, evitando lesões por esforço repetido (LER) e similares.

Gravação na MTA (Multi Track Área). Em vez de usar medidores LEDs ou VUs para cada pista, o Protux mostra a evolução do volume ao longo da pista. Há no alto à direita um "Bus Monitor" que contém um LED com o nível de gravação ou de reprodução

Filter Mode. Aqui, filtros (efeitos) são adicionados não destrutivamente a uma pista gravada. Eles podem ser configurados facilmente e controlados por curvas e seus nós. A interface JMB é usada para mover os nós das curvas com muita facilidade.

Você pode baixar o protux aqui:
Bom, espero que tenho esclarecido um pouco esse tabu.

(O futuro do Homem é a Liberdade - Use Linux)

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Rosegarden
   3. Protux
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Introdução ao APLINUX.com.br Mail Server 2005

Compilando e instalando o recordMyDesktop no Linux Slackware

Ubuntu X Windows (virtualizado) - Compartilhando Pastas

Como criar DVD de vídeo e embutir legendas no Linux

Instalando o navegador Opera no Arch Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por davidsonpaulo em 05/06/2006 - 07:48h

Bacana bad_block! Documentação a respeito de criação musical e edição de áudio em Linux está mesmo em falta aqui no VOL, o que faz muitos dos seus usuários achar que o Linux não é uma boa plataforma para profissionais da área da música e áudio, quando, na verdade, ele possui dezenas de ferramentas de altíssimo nível para as mais diversas aplicações, abrangendo desde de gravadores de som até seqüenciadores MIDI, passando por simuladores de instrumentos (bateria, guitarra etc), mixers para DJ's e softwares para composição de música eletrônica.

Seria ótimo ver uma continuação desse artigo contendo dicas práticas sobre como criar músicas e partituras no Rosergarden, bem como outros artigos falando sobre outros softwares do gênero para Linux.

Parabéns e abraços,

Davidson

[2] Comentário enviado por dailson em 05/06/2006 - 10:13h

Faço minha as palavras do Davidson acima.
Excelente artigo!

Dailson Fernandes

[3] Comentário enviado por flipe em 05/06/2006 - 10:24h

bom o artigo...

www.estudiolivre.org

[4] Comentário enviado por rrinfor em 05/06/2006 - 11:29h

Tá bom dimais da conta sô, muito bom esse artigo! apesar de eu não entender muito desse negócio de som, midi, brega, pagode e tals, mas o artigo é um grande começo aqui no VOL para nos irformarmos sobre essas alternativas.

Um abraço!

[5] Comentário enviado por gabrihell em 07/06/2006 - 23:53h

Magnifico! Era o que faltava! :P

[6] Comentário enviado por moisesvilela em 21/07/2006 - 21:24h

Blz, instalei o rosegarden, mas não consigo tirar som dele e quanto ao protux não consigo instalar. Mas não vou desistir.

[7] Comentário enviado por kauseven em 12/09/2006 - 15:56h

Achei muito legal sua iniciativa bad_block, trabalho a 20 anos como produtor musical e estive testando alguns aplicativos (incluindo o rosegarden). Gostei do desempenho de uma forma geral, mas ainda o aplicativo perde bastante para seus rivais nas plataformas MAC e M..Soft. Ainda não testei o protux, mas considerando o tamanho do aplicativo em comparação ao que acredito ser seu rival, o PRO TOOLS. Acho que ainda falta muito chão, mas estamos chegando lá !!!! De qualquer maneira já é um grande começo para nós técnicos de áudio e amantes do pinguim !!!! Um Abraço

[8] Comentário enviado por femars em 25/09/2009 - 11:33h

Testei Protux, falta muito ainda pra chegar perto dos grandes, e tb nao gostei do fato de rodar em java, acho que certas coisas nao rola mto bem em java. Mas a idéia é genial, é só uma questão de tempo!

[9] Comentário enviado por evagalhães em 10/06/2010 - 12:05h

O Rosegarden na versão 2010 já está no mesmo nível do Finale?????


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts