GRIVE - Google Drive Linux (Grátis)

Neste artigo, mostro como usar o Goolge Drive no GNU/Linux.

[ Hits: 3.406 ]

Por: Brendon Hudson Cardoso em 14/08/2017


Introdução



Fala, galera!

Andei buscando bastante na internet uma maneira de sincronizar meu Google Drive com uma pasta do meu computador para que eu possa acessar meus arquivos a qualquer momento, editá-los, criar novos, apagá-los e sincronizar tudo quando eu quiser e gratuitamente, para qualquer distribuição Linux baseada em Debian, de maneira prática, sem precisar ficar montando um disco sempre que inicializo o S.O., como encontrei em alguns tutoriais.

A melhor solução que encontrei foi o Grive! Mas, muitos tutoriais por aí usando PPA's, voltados para Ubuntu e Linux Mint. Sou usuário de Debian e fujo desses PPA's e buscando mais um pouco, encontrei o projeto deles no Git.

Referência: GitHub - Grive/grive: an open source Linux client for Google Drive

Preparação

A instalação é bem rápida e prática, com algumas linhas no terminal e aí com alguns vários minutos de espera (dependendo de sua internet), sua pasta sincronizada do Google Drive estará pronta para seu livre manuseio.

Abra o terminal. Primeiramente, é necessário ter instalado o pacote git, no Debian e distribuições nele baseadas é simples:

sudo apt-get install git -y

Com o Git instalado, vamos dar um git clone do programa no GitHub com os seguintes comandos:

mkdir .grivegit && cd .grivegit
sudo git clone https://github.com/Grive/grive

Depois de clonado o repositório, instale as dependências do Grive para iniciarmos a instalação:

sudo apt-get install cmake build-essential libgcrypt11-dev libyajl-dev libboost-all-dev libcurl4-openssl-dev libexpat1-dev libcppunit-dev binutils-dev


Instalação

Agora, é a instalação.

1. Certifique-se que você está com o terminal aberto na pasta com os arquivos clonados do Git do Grive (a que criamos anteriormente ".grivegit/").

2. Execute os seguintes comandos, um de cada vez, em ordem:

dpkg-buildpackage -j4
mkdir build
cd build
cmake ..
make -j4
sudo make install

Aguarde alguns instantes até completar a instalação.

3. Crie uma pasta para guardar seu Drive sincronizado, onde quiser, em sua Home, Desktop, desde que possa ali acessar sem permissões de root.

4. Chegue até ela com:

cd /home/suaPasta

5.Na primeira vez que for sincronizar, com o terminal aberto dentro da pasta, execute:

sudo grive -a

Acesse o link que o programa irá gerar, copie o código que receberá em seu navegador e cole de volta no Grive que ficou aberto no terminal aguardando seu retorno.

Com isso, iniciará o processo de sincronismo, conforme o download de seus arquivos forem concluindo, já será possível manuseá-los.

Sempre que quiser sincronizar novamente (salvar ou baixar novas alterações), no terminal, acesse sua pasta e rode o comando:

grive

Conclusão

Por enquanto, é só pessoal.

Logo pretendo postar como otimizar o processo de sincronia manual e uma possível sincronia automática, essa que já existe com grive-tools, porém, parece que sem manutenção o link do PPA está quebrado, pelo menos, não consegui fazer o Download do mesmo no meu Debian.

Forte abraço!
Obrigado.

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Convertendo vídeos (VLC) e editando (Audacity) músicas

Direcionando o mouse pelo teclado no Linux Mint LXDE

Pebrot: Um cliente MSN (modo texto) muito eficiente

DHCP sem (quase :-D) mistérios

XEN - Instalação e configuração no Debian Etch

  
Comentários
[1] Comentário enviado por kowalskii em 14/08/2017 - 14:20h

Ótimo, vou testar, obrigado por compartilhar :D
-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----

[2] Comentário enviado por correalinux em 15/08/2017 - 06:04h

Essa dica veio em boa hora.
Tava precisando acessar as pastas do meu Ubuntu pelo smartphone
Parabéns...

LMC

[3] Comentário enviado por shorui em 24/08/2017 - 18:38h

Funcionou aqui, valeu !!!!!
Slackware
Linux black 4.4.14 #2 SMP Fri Jun 24 13:38:27 CDT 2016 x86_64 AMD Phenom(tm) 8650 Triple-Core Processor AuthenticAMD GNU/Linux

[4] Comentário enviado por uruk em 26/08/2017 - 16:15h

$ sudo git clone https://github.com/Grive/grive
dpkg-buildpackage -j4
sudo grive -a
make -j4

Sudo desnecessário, esses comandos não pedem poderes de root.
Cuidado com a opção -j4, nem todos tem um processador com essa capacidade. O mais seguro é -j2, com bem menos chance de comer toda a RAM e atenção do processador.

[code]Ash nazg durbatulûk, ash nazg gimbatul, ash nazg thrakatulûk, agh burzum-ishi krimpatul!
Gu kibum kelkum-ishi, burzum-ishi. Akha-gum-ishi ashi gurum... [/code]

[5] Comentário enviado por fêla em 31/08/2017 - 15:24h

O Duplicity faz a sincronização encriptografando os arquivos.

Uso ele para o Backblaze.

http://duplicity.nongnu.org/

[6] Comentário enviado por wyalves em 11/09/2017 - 20:41h

Funcionou muito bem no elementary OS. Muito obrigado, essa dica veio em muito boa hora. Atualmente, estou trabalhando em 4 ambientes diferentes e o Google Drive é a ferramenta que uso pra sincronizar tudo, mas apenas no elementary eu não consegui utilizá-lo. Até este momento :D .


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts