VPN PPTP - Instalação entre estações Windows, Dispositivos com Android e CentOS 5.x Server

Utilizaremos nesse tutorial, o programa POPTOP (PPTPD) que utiliza funções nativas do Windows para fazer a conexão
e criptografia dos dados.

[ Hits: 40.800 ]

Por: Marco Antonio Varanda em 21/05/2012


Visão Geral - Configuração



Visão Geral

Utilizaremos nesse tutorial, o programa POPTOP (PPTPD) que utiliza funções nativas do Windows para fazer a conexão e criptografia dos dados.


Configuração do Servidor

1. Instalação do repositório POPTOP/Sorceforge – CentOS:

# wget http://poptop.sourceforge.net/yum/stable/rhel5/pptp-release-current.noarch.rpm
# rpm –Uvh pptp-release-current.noarch.rpm


2. Instalando pacotes "ppp", "ppp-devel" e "pptpd":

# yum -y install ppp ppp-devel pptpd

3. Configurar o arquivo "/etc/pptpd.conf":

# vi /etc/pptpd.conf

localip 192.168.100.254
remoteip 192.168.100.1-100


- Aqui valem algumas considerações:
  • Minha faixa de rede é: 192.168.0.0/16 (alterei a classe da máscara para B ou: 255.255.0.0), ou seja, todos os micros que estiverem em '192.168.xxx.xxx', estão na mesma rede;
  • O termo 'localip' é o IP que o Servidor assumirá, e 'remoteip' é a faixa de IP que cada estação, conectada na VPN, assumirá;
  • Obviamente eles não podem entrar em conflito com IPs já atribuídos em sua rede;
  • Meu Servidor possui duas interfaces de rede: eth0 como WAN (IP válido e fixo do meu provedor) e eth1 com o IP 192.168.0.246/16 (portanto, o Servidor ficará com os IPs 192.168.0.246 da interface eth1 real e 192.168.100.254 apenas quando houver pelo menos 1 cliente conectado);
  • Existe uma configuração chamada 'debug' dentro do arquivo "/etc/pptpd.conf" – você poderá descomentá-lo caso esteja com problemas gerando um LOG mais detalhado.

4. Agora, vamos editar o arquivo "/etc/ppp/options.pptpd":

# vi /etc/ppp/options.pptpd

iptables -t nat -A POSTROUTING -s 192.168.0.0/16 -o eth0 -j MASQUERADE
modprobe ip_nat_pptp 		# importante habilitar em todos servidores de sua empresa
modprobe ip_conntrack_pptp		# importante habilitar em todos servidores de sua empresa


Os dois últimos módulos habilitados, são importantes para a passagem do protocolo GRE (Generic Routing Encapsulation), se você tiver dois links com Servidores diferentes (um com VPN e outro para navegação) e estiver fazendo testes de estações navegando em um, conectando a VPN em outro, habilite estes dois módulos em ambos servidores.

Principalmente no Servidor de navegação, caso contrário, não passará os pacotes GRE e apresentará erros do tipo:
sent [LCP ConfReq ...] e nenhum rcvd [LCP ConfReq ...]

Se estiver usando um roteador simples, ele tem que ser capaz de fazer 'VPN pass through' (a grande maioria tem).

Uma excelente referência para encontrar erros, é: http://pptpclient.sourceforge.net - Howto Diagnosis

9. Reinicie o Servidor, ou inicie os serviços manualmente:

# sysctl -p
# iptables -t nat -A POSTROUTING -s 192.168.0.0/16 -o eth0 -j MASQUERADE
# modprobe ip_nat_pptp
# modprobe ip_conntrack_pptp
# service pptpd start


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Visão Geral - Configuração
   2. Configuração de Estação com Win-7
   3. Configuração de Estação com Win-XP
   4. Configuração de Dispositivos com Android
Outros artigos deste autor

OpenVPN no Linux CentOS 5

Leitura recomendada

Emacs - Poderoso ambiente de trabalho

Sobre a aceitação do Software Livre no mercado

Disponibilidade em VOIP (VOIP WIFI POE)

LiberdUCA - Versão customizada

Instalando o KDE 4.1 no Slackware 12.1

  
Comentários
[1] Comentário enviado por nandow em 22/05/2012 - 08:10h

Chefe, gostei muito do seu tutorial.
Eu conheço outras formas de VPN, mas essa é bem prática de se implantar e dependendo do cenário se aplica até melhor.

Obrigado pela dica.. realmente gostei muito! Foi para os favoritos!! :D

Abraços!

[2] Comentário enviado por blade_ander em 30/07/2012 - 12:22h

Bom dia!

Saberia informar até quantas VPN's PPTP são possiveis criar em um servidor linux? Sei que isso depende das configurações do servidor, mas em média teria como saber?
Preciso desta informação para colocar em um projeto.

Muito Obrigado.

Abs,
Anderson.

[3] Comentário enviado por djoseman em 18/08/2013 - 11:54h

Olá pessoa!


Eu estou tentando usar essas configurações no OpenSUSE 12.2 como servidor VPN, habilitei a porta 1723 no Firewall da rede do servidor revisei as configurações, criei a configuração na maquina Windows mas não está rolando, o Windows fica procurando um protocolo que ele consiga usar e n final não funciona.

Podem me ajudar?


Atenciosamente,
José Luiz





Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts