Sport: Frontend para Slackbuilds ao estilo Ports do BSD

Este artigo apresenta, mostra como instalar e também, como usar o Sport na distribuição Slackware GNU/Linux.

[ Hits: 3.582 ]

Por: Xerxes Lins em 14/07/2014 | Blog: https://voidlinux.org/


Artigo



O que é esse tal de Sport?

Sport é um programa que ajuda o usuário de Slackware a criar pacotes através de Slackbuilds. Seu objetivo é ser semelhante ao Ports do BSD.

- Ah, então é mais um gerenciador de pacotes?

Tecnicamente não, de acordo com o site oficial. Ele apenas ajuda na criação de pacotes. O gerenciador de pacotes é o próprio usuário. Também não resolve dependências.

- Qual a diferença dele para o SBopkg?

Pouca. Os dois softwares têm o mesmo objetivo. O Sport é apenas mais uma alternativa e tem seu estilo próprio.

Instalação do Sport

git clone git://gitorious.org/slackport/sport.git
cd sports
su -c './sport.SlackBuild'
su -c 'installpkg /tmp/sport*tgz'

Fim.

Caso queira atualizar para uma nova versão do Sports já instalado, substitua o último comando por:

su -c 'upgradepkg /tmp/sport*x.x*tgz'

Agora uma coisa interessante. Se você já tem o SBopkg instalado, então o arquivo de configuração do Sport também estará configurado automaticamente. Isso acontece para manter a compatibilidade.

Se quiser editar o arquivo de configuração, execute:

# nano /etc/sport.conf

Você encontrá algo assim:

################################
# set your SBOPATH here.     &  ;#
# do NOT use a trailing slash. #
################################

SBOPATH=${SBOPATH:-/var/lib/sbopkg/SBo/14.1}
#SBOPATH=${SBOPATH:-/usr/ports}
#SBOPATH=${SBOPATH:-/usr/slackbuilds}

#############################################
# Set the source of your SlackBuild tree. &  ;#
# Include a trailing slash                  ; ;#
#############################################

MASTER=${MASTER:-"rsync://slackbuilds.org/slackbuilds/14.1/"}
#set MAKEOPTS here if you want
# MAKEOPTS='-j8'

Os dados mais importantes são SBOPATH e o MASTER.

Situação 1:

Se você não tem, nem pretende ter o Sbopkg, então deixe o SBOPATH assim:

SBOPATH=${SBOPATH:-/usr/ports}

E então, crie o diretório:

# mkdir /usr/ports

Situação 2:

Se você tem ou quer ter o SBopkg, certifique-se de instalá-lo antes do Sport e deixe o SBOPATH assim, compatível com o SBopkg:

SBOPATH=${SBOPATH:-/var/lib/sbopkg/SBo/14.1}

Obs.: tanto no SBOPATH como no MASTER, especifique a versão do seu Slackware. Nestes exemplos, estou usando 14.1, como pode ver.

E para facilitar a sua vida, ainda na situação 2, caso use Sbopkg e Sport ao mesmo tempo, crie um link simbólico:

# ln -s /var/lib/sbopkg/SBo/14.1 /usr/ports

Continuando...

Para obter a árvore de pacotes, execute:

# sport rsync

Para buscar um pacote, use:

# sport search nome-do-pacote

Obs.: o Sport não é case sensitive, ou seja, não faz distinção entre letras maiúsculas e minúsculas.

Após encontrar o pacote que deseja, basta entrar no diretório correspondente e executar os comandos desejados.

Exemplo, procurando pelo leitor de mangás Comix:

# sport search comix

Resulta em:

---------------comix---------------------------
desktop/ComixCursors.tar.gz &  ComixCursors (X11 Mouse Theme)
graphics/comix.tar.gz       &  comix (Viewer for archived images)
graphics/mcomix.tar.gz        mcomix (comic book viewer)


Próximo passo, entrar no diretório:

# cd /usr/ports/graphics/comix

Agora posso obter informações sobre o pacote:

# sport cat .

Saída:

PRGNAM="comix"
VERSION="4.0.4"
HOMEPAGE="http://comix.sourceforge.net/"
DOWNLOAD="http://downloads.sourceforge.net/comix/comix-4.0.4.tar.gz"
MD5SUM="029227a77b122f7080ee0280d41bee78"
DOWNLOAD_x86_64=""
MD5SUM_x86_64=""
REQUIRES="unrar"
MAINTAINER="Ozan Türkyılmaz"
EMAIL="[email protected]"
comix (Viewer for archived images)
etc e tal...


Perceba que no parâmetro REQUIRES, existe o unrar. Então, antes de instalar o Comix, precisamos instalar o unrar.

Para instalar o unrar, faça:

# sport install unrar

Se estiver em dúvida se o pacote unrar está instalado ou não, execute:

# sport check unrar

Por fim, para instalar o Comix, a partir do seu diretório, execute:

# sport install .

Se quiser apenas criar o arquivo sem instalar, execute:

# sport install --build-only .

Não esqueça de atualizar a árvore do Sport de vez em quando com o parâmetro rsync.

Para limpar conteúdos antigos, ganhar espaço ou se quiser recomeçar de novo a baixar um pacote, você pode limpar o diretório do mesmo, usando o comando:

# sport clean nome-do-pacote

Caso dois pacotes tenham, por ventura, o mesmo nome, mas estejam em diretórios diferentes, você pode especificar o diretório na hora de instalar. Exemplo:

# sport search bolinho

Resulta em:

cozinha/bolinho.tar.gz
forno/bolinho.tar.gz


Mas você quer o bolinho do forno. Então, você escolhe e instala assim:

# sport install forno/bolinho.tar.gz

Para instalar mais de um pacote por vez:

# sport install pacote1 pacote2

Para instalar pacotes listados num arquivo de texto, onde há o nome de um pacote por linha:

# sport i $(<arquivo.list)

Para criar pacotes, sem instalar, contidos num arquivo de texto, onde há o nome de um pacote por linha:

# sport i --build-only $(<arquivo.list)

Atualizar pacotes listados dentro de um arquivo:

# INSTALLER=upgradepkg sport i $(<list.list)

Conclusão

Esse foi um resumo do Sport.

Para mais informações, por favor acesse:
Usuários de Slackware estão acostumados a usarem ferramentas extras. Sport é apenas mais uma. Espero que gostem.

Abraço!

   

Páginas do artigo
   1. Artigo
Outros artigos deste autor

Gnome-shell sob a perspectiva da usabilidade

Onde o GNU/Linux ganha de lavada do Windows

A Origem dos Nomes

Ganhe uma camiseta do Viva o Linux ajudando o Viva o Android

Configure o Linux para sua avó!

Leitura recomendada

Criação de DVDs com o videotrans

Mplayer e Mencoder com placa de TV

Atualização para o Ubuntu 10.10

Instalação e configuração do AUTO97

Utilizando GNU/Autotools em Projetos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por enricolo4 em 14/07/2014 - 13:11h

Existe tbm o sbotools que faz isso mas resolve dependecias.

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 14/07/2014 - 13:32h


[1] Comentário enviado por enricolo4 em 14/07/2014 - 13:11h:

Existe tbm o sbotools que faz isso mas resolve dependecias.


bacana, mais um pra lista.

eu já uso slapt-get, sbopkg, slackpkg, slackpkg+, sport, sourcery... ai ai esse slackinho =P

[3] Comentário enviado por lcavalheiro em 15/07/2014 - 10:44h

Interessante. Eu sou do Slack à moda antiga, sem esses gerenciadores todos, mas reconheço que eles são ferramentas importantes para a permanência de muitos usuários nessa boa e velha distro.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts