Todos os atalhos do Cinnamon

Rápida apresentação do ambiente Cinnamon e relação de atalhos para facilitar o seu uso e aumentar a produtividade do usuário.

[ Hits: 11.987 ]

Por: Xerxes Lins em 23/10/2015 | Blog: https://heeeeeeeey.com/


Introdução



O que é Cinnamon

É um ambiente gráfico completo criado como alternativa ao Gnome-shell, ou seja, é um "fork" do Gnome-shell. É desenvolvido pelo Linux Mint (e ainda tem gente que diz que o Linux Mint não contribui com nada). O ambiente está disponível para praticamente qualquer distribuição respeitável.

Veja um pouco do ambiente padrão em:
O mesmo Cinnamon, porém modificado:
O ambiente Cinnamon é muito intuitivo e simples de usar. Muitos usuários preferem gerenciadores mais leves como o excelente i3, para fugir da dependência do mouse... Porém, quem disse que um ambiente completo não pode ser operado sem mouse? O mouse é um facilitador.

Para aproveitar ao máximo o uso do Cinnamon é bom conhecer um pouco do uso dos seus atalhos de teclado e assim poder usá-los em conjunto com o mouse, tornando toda tarefa mais produtiva. Este artigo tem a proposta de deixar uma lista de atalhos do Cinnamon para consulta.

Provavelmente aqui estão todos os atalhos para o ambiente Cinnamon (que como muotos sabem, é um dos ambientes padrões para a distribuição Linux Mint Debian Edition). Os atalhos estão distribuídos por conjuntos.

Primeiro conjunto (geral):
  • Super :: Abre menu principal
  • Super+D :: mostra área de trabalho
  • Super+e :: Abre gerenciador de arquivos
  • Alt+f2 :: diálogo de execução
  • Ctrl+alt+t :: Abre terminal
  • Shift+f10 :: menu (mesmo do clique direito)
  • Ctrl+z :: desfaz
  • Ctrl+y :: refaz
  • Ctrl+c :: copia
  • Ctrl+v :: cola
  • Ctrl+x :: recorta

Segundo conjunto (dentro do gerenciador de arquivos - Nemo):
  • Ctrl+Shift+n :: cria novo diretório
  • Ctrl+l :: barra de localização
  • Alt+home :: vai para diretório pessoal
  • Alt+cima :: sobe um diretório
  • Alt+esquerda/direita :: navega nos diretórios (recua e avança)
  • Alt+Arrow Up :: navega para o diretório pai

Terceiro conjunto (seleção de itens ainda no gerenciador de arquivos):
  • Ctrl+clique esquerdo :: seleciona múltiplos itens
  • Shift+clique esquerdo :: seleciona "range" de itens
  • Setas :: seleciona um item
  • Shift+setas :: seleciona conjunto de itens
  • Ctrl+s :: seleciona tudo o que casar com o termo
  • Home :: seleciona primeiro item
  • End :: seleciona último item
  • Ctrl+a :: seleciona tudo
  • Ctrl+shift+i :: inverte seleção

Quarto conjunto (interação com o item selecionado ainda no gerenciador de arquivos):
  • Ctrl+o ou Alt+baixo ou Enter :: abre item
  • Ctrl+shift+o :: abre em nova aba
  • Alt+Enter :: propriedades do item
  • Espaço :: prévisualização (precisa instalar o pacote nemo-preview)
  • F2 :: renomeia
  • Ctrl+m :: cria atalho do item
  • Delete :: deleta item

Quarto conjunto (mudar visualização ainda no gerenciador de arquivos):
  • Ctrl+1 :: visão em ícones
  • Ctrl+2 :: visão em lista
  • Ctrl+3 :: visão compacta
  • Ctrl+h :: exibe arquivos ocultos
  • Ctrl+=/- ou Ctrl + roda do mouse :: altera tamanho dos itens
  • Ctrl+0 (zero) :: normaliza tamanho dos itens

Quinto conjunto (visualizações do gerenciador de arquivos):
  • F3 :: divide a janela em duas
  • F4 :: terminal embutido (precisa instalar o nemo-terminal)
  • F9 :: oculta/exibe barra lateral
  • Ctrl+b :: edita favoritos
  • Ctrl+d :: adiciona favoritos
  • F6 :: circula entre painéis
  • F8, depois setas :: altera tamanho dos painéis

Sexto conjunto (abas do gerenciador de arquivos):
  • Ctrl+t :: nova aba
  • Alt +1...9 :: troca de aba
  • Ctrl+PageUp/PageDown :: navega pelas abas
  • Ctrl+Shift+PageUp/PageDown :: muda posição das abas
  • Ctrl+w :: fecha aba

Sétimo conjunto (geral sobre o gerenciador de arquivos):
  • Ctrl+f :: busca
  • Ctrl+n :: nova janela
  • F10 :: abre menu
  • Alt+p :: gerenciador de plugins
  • Ctrl+q :: fecha tudo

Oitavo conjunto (espaços de trabalho):
  • Alt+Tab :: circula pelas janelas abertas do espaço atual
  • Alt+' :: circula entre janelas abertas da MESMA aplicação em TODOS os espaços
  • Ctrl+Alt+baixo :: exibe todas as janelas do espaço atual
  • Ctrl+Alt+cima :: exibe todos os espaços
  • Ctrl+Alt+esquerda/direita :: move entre os espaços
  • Ctrl+Alt+Shift+esquerda/direita :: move a jenal para outro espaço
  • Super+Shift+setas :: move a janela atual para um monitor diferente

Nono conjunto (janela das aplicações):
  • Alt+f4 :: fecha
  • Alt+f5 :: desmaximiza
  • Alt+f7 :: muda tamanho
  • Alt+f8 :: move
  • Alt+f10 :: maximiza/desmaximiza
  • Super+setas :: função snap
  • Ctrl+super+setas :: função tile
  • Alt+espaço :: abre menu

Décimo conjunto (sessão do usuário):
  • Ctrl+alt+l :: lock
  • Ctrl+alt+del :: fecha sessão (logout)
  • Ctrl+alt+end :: opções de desligar, reiniciar...

Décimo primeiro conjunto (capturar tela):
  • Print Screen :: tira screenshot da tela inteira
  • Ctrl+Print Screen :: copia screenshot
  • Alt+Print Screen :: tira screenshot da janela atual
  • Ctrl+Alt+Print Screen :: copia screenshot da janela atual
  • Ctrl+Alt+Shift+R :: liga/desliga gravação da área de trabalho

Obs.: as screenshots são salvas no diretório Imagens e a gravação no diretório pessoal.

Décimo segundo conjunto (reparos):
  • F1 :: ajuda online
  • Ctrl+Alt+Esc :: reincia o ambiente sem fechar as janelas abertas
  • Super+p :: detecta dispositivos de display
  • Super+l :: liga/dsliga ferramenta de debug do looking glass
  • Ctrl+Alt+Backspace :: reinicia o servidor X (fecha tudo)

Décimo terceiro conjunto (acessibilidade):
  • Alt+Super+=/- :: zoom (precisa habilitar o zoom nas configuração de acessibilidade)

Então é isso! Caso alguém queira acrescentar algum outro atalho ou corrigir algum dos atalhos aqui descritos, por favor deixe um comentário.

Obrigado.

Fonte: 82 Keyboard Shortcuts for Linux Mint Cinnamon Edition 17.2

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Tem Facebook? Então tem Joli OS

Brutal DOOM no Linux (com Freedoom)

Incrementando o Ubuntu GNOME

Para quem não conhece, eis o LMDE e umas palavras sobre Refisefuquis

Instalação do Funtoo a partir do Debian já instalado

Leitura recomendada

Instalando o meu primeiro Debian com dual boot a partir do Windows

Nova geração Linux

Esgotando os recursos

Comandos básicos do Linux

Escolha da distribuição GNU/Linux ideal

  
Comentários
[1] Comentário enviado por jorgeeb4 em 02/11/2015 - 18:30h

Dicas muito úteis, parabéns pelo post.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts