Fedora Core 1 :: Internet Resources

Oki

Neste artigo serão relacionados alguns programas e dicas interessantes para utilizar em seu Fedora Core 1. Segredos do Mozilla, plugins, acessórios diversos e muito mais.

[ Hits: 35.417 ]

Por: Celso Goya em 02/03/2004


Browsers e plugins 1/2



Mozilla


Um pouco de história: O Mozilla é um conjunto de aplicativos orientados à internet, surgiu com a abertura do código do Netscape Communicator, que representou um dos marcos da internet e também uma das iniciativas open source mais importantes na década de noventa.

No início o projeto Mozilla foi um pouco desacreditado, entretanto juntamente com a ascensão do Linux e de outras iniciativas open source, logo veio a se tornar a base do Netscape Communicator. Atualmente o projeto Mozilla vai bem mais além de um simples navegador e nos termos mais técnicos já pode ser considerado praticamente uma plataforma, pois possui componentes lógicos e visuais que são aproveitados por dezenas de outros programas.

O componente mais conhecido do Mozilla é o Gecko. Por trás deste nome de pronúncia complicada está o renderizador do Mozilla, ou seja, este é o componente responsável pela exibição das imagens no monitor e pela interpretação do código HTML das páginas que visualizamos na internet.

O Gecko foi aproveitado por dezenas de outros softwares, entre eles o Galeon, Epiphany e Firefox. Todos são browsers web, entretanto cada um oferece um recurso ou outro a mais.

Além do Gecko, fazem parte do projeto Mozilla também, componentes para análise e depuração de aplicativos web como o JAVA, JavaScript e DOM. Este último se trata de um padrão internacional.

Vamos ao que interessa.

O Fedora Core 1 vem com o Mozilla instalado em uma versão desatualizada. Entretanto a primeira coisa que se pensa é ir ao site do mozilla.org e atualizar sua versão. Isto pode trazer alguns problemas estruturais se não for efetuado corretamente. Sendo assim a recomendação é: atualize o Mozilla utilizando o yum!

O Fedora Core 1 mantém alguns diretórios e arquivos que merecem ser comentados aos que desejarem entender o porquê da recomendação:

/usr/bin/mozilla
Este é o script que é chamado pelos menus e atalhos de terminal para inicializar o Mozilla.

/usr/lib/mozilla/
Diretório alternativo do Mozilla

/usr/lib/mozilla/plugins/
Diretório onde são armazenados e compartilhados os plugins.

/usr/mozilla-1.4/
Diretório correspondente à última atualização do Mozilla.

OBS 1: Quando atualizamos o Mozilla utilizando seu instalador, ele nos sugere o caminho /usr/local/, desta forma caso instalemos o software pelo instalador fatalmente causaremos uma duplicidade de programas. Esta é a causa de dezenas de problemas que às vezes levam os usuários à loucura, pois chamando o comando Mozilla pela linha de comando automaticamente ele encontrará o script /usr/bin/mozilla que faz parte do PATH.

OBS 2: Quando instalamos o Mozilla utilizando pacotes RPM baixados na internet, muitas vezes causamos o acúmulo de versões de browsers, pois serão criados diretórios /usr/mozilla-1.4/, /usr/mozilla-1.5/, /usr/mozilla-1.6/, mantendo os anteriores.

Tal atitude pode causar certa desordem em seu computador e também problemas com plugins, pois caso você venha a executar o plugin libnullplugin em determinadas versões de Mozilla, poderá haver incompatibilidade e então até encontrar em qual dos diretórios está o plugin errado e qual deve ser o certo, possivelmente você pensará em instalar tudo novamente.

OBS 3: Os atalhos de menus do GNOME e KDE já são programados para buscar o navegador e seus componentes nos respectivos endereços, sendo assim evitamos mais um tipo de inconveniente, já que pode ser bastante trabalhoso corrigir os ítens dos menus.

Instalação:

$ su
# yum install mozilla


Apenas com esta linha você poderá instalar o seu Mozilla sem nenhum tipo de inconveniente e prevenindo-se dos possíveis problemas citados anteriormente.

Instalando os componentes adicionais do Mozilla


Especialmente para aqueles que são desenvolvedores web, existe um conjunto de componentes que ajuda bastante na depuração de códigos do tipo HTML e JavaScript. Estamos falando do DOM INSPECTOR e do JavaScript Debugger. Para instalá-los é muito simples.

Instalação:

$ su
# yum install mozilla-js-debugger
# yum install mozilla-dom-inspector


Estes componentes serão instalados no menu "Tools -> Web Development".

O JavaScript Debugger possui alguns recursos bastante interessantes, como o uso de breakpoints, ou seja, podemos parar a execução do código JavaScript em determinada linha de comando e verificar o valor das variáveis naquele momento. Também é possível testar funções e objetos JavaScript.

O DOM Inspector é uma ferramenta bastante útil, principalmente quando precisamos descobrir onde está faltando fechar um <TD> ou então quando precisamos verificar estruturas mais complexas de DIVS ou TABLES.

  

Mozilla FireFox


O FireFox é uma iniciativa para dividir o projeto Mozilla em duas partes distintas, a primeira sendo o navegador internet denominado FireFox, outrora conhecido como Firebird e a segunda o gerenciador de contatos e e-mails denominado Thunderbird outrora chamado de mozilla-mail.

Outro objetivo do projeto é desenvolver um "lightweight browser", ou seja, um navegador compacto que possa ser instalado em qualquer ambiente. O FireFox é o navegador padrão do Kurumin e vem sendo adotado por diversas outras distribuições. É um alternativa para quem precisa apenas navegar na internet de forma rápida e tem um computador com poucos recursos disponíveis.

Vale a ressalva que o Firefox utiliza o Gecko como componente de renderização, sendo assim não existe nenhuma diferença visual entre o conteúdo exibido pelo Mozilla e o conteúdo exibido pelo Firefox.

Instalação:

$ su
# yum install firefox


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Visão geral
   2. Browsers e plugins 1/2
   3. Browsers e plugins 2/2
   4. Comunicação
   5. Outros acessórios
Outros artigos deste autor

xCHM 0.8.5 :: Visualizador de arquivos de ajuda

Verificando a consistência de um formulário com JavaScript

Seu currículo na web

Adonthell 0.3.3 :: Roleplaying game

Encontrando um emprego no universo OpenSource

Leitura recomendada

Compilando o QMPlay2 20.07.04 no Linux Mint 20 e Gerando o Pacote para Instalar

SliTaz: Mini-review desta mini-distribuição Linux

Instalando WPS Office no Debian, Linux Mint e Ubuntu

Vyatta, o concorrente livre dos roteadores Cisco

Instalando o RealPlayer 10 no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por repolho em 02/03/2004 - 17:37h

pow Oki muito bala seu artigo, por mais que eu nao use o Fedora muito menos o Yum, jah valeu pela gama de aplicativos OpenSource que esta faltando em meu Desktop ... valeu muito pela dica e ateh mais irmao.

0 0
[2] Comentário enviado por mbmaciel em 02/03/2004 - 23:35h

Ótimo artigo Oki, parabéns!
Gostei também muito da parte em que fala do amsn. :))

Valeu.

0 0
[3] Comentário enviado por _simmons_ em 03/03/2004 - 18:47h

Parabens Celso, excelente artigo. Me deixou curioso que vou ateh pegar o Fedora pra testar. hehhe..
Falou. []

Andre Michi

0 0
[4] Comentário enviado por lordello em 03/03/2004 - 23:49h

Cole Oki seu mala! Tudo certo? Os pacotes do Fedora são compilados para que arquitetura? i386 i486 i586 i686!?!?!?! O Fedora é um sistema que eu usaria, mas não trocaria o meui Gentoo, completamente otimizado por pacotes i386, como é o caso do Debian e Conectiva =P
Belo artigo, Falow!

0 0
[5] Comentário enviado por Oki em 04/03/2004 - 00:29h

Fala Gentoo man!
São compilados para i386, mas os pacotes de kernel e modules estão disponíveis para i586 e i686 também. Vi seu comentário, tentei me informar, mas ainda não trago uma resposta concreta. Estou falando do uso do yum com SRPMS. Caso encontre uma resposta, comunicar-lhe-ei.

Opa, e dia 20 de Março estarei por ai! :-)

[]'s
Celso Goya

0 0
[6] Comentário enviado por lordello em 04/03/2004 - 11:20h

Ok seu mala! minha camera vai estar aqui para registrar os micos que você vai pagar!
AHuaHuAHuahAUhaUAHuaHUAHaU... Vai parar tudo no blog!

Eu não consigo viver mais com pacotes i386 cara, acho a performance muito pequena! Para alguns aplicativo isso não faz diferença, mas para o XFree86 e Gnome, putz, não tem comparação, quero ver se consigo criar uma forma de gerar ports do pacote source do Slackware, se eu conseguir isso aí sim eu volto para ele =)
Uma coisa que acho é que as distribuições atuais deveriam tomar vergonha na cara e compilar os pacotes pelo menosp ara i586 como o Mandrake, taí o Mandrake é a distribuição que eu trocaria se quizesse tirar o gentoo e o Slackware da minha máquina... =)
Falow!

0 0
[7] Comentário enviado por removido em 06/03/2004 - 20:09h

Valeu!! Exatamente o que eu estava procurando.
Ótimo artigo.

0 0
[8] Comentário enviado por alexassis em 09/03/2004 - 22:10h

Valeu !!! estava procurando.

0 0
[9] Comentário enviado por Lauro em 16/03/2004 - 08:07h

Celso, eu instalei o MOZILLA-SWFDEC, como você indicou no artigo, no entanto com o SWF eu tive um probleminha, em um outro FEDORA eu instalei o pacote .tar.gz e ele funciona normal, já o que instalei pelo YUM está dando pau... os SWFs não funcionam, até abrem, mais param no meio e não tem funcionalidade.

Você sabe me diser como eu posso ajustar isso?
Voce já teve esse problema tbm, oque poderia ser?

Desde já obrigado, e parabéns pelo artigo, esse YUM é show mesmo!!!
;-)

[]'s
Lauro Gatz.

0 0
[10] Comentário enviado por Macarrao em 17/03/2004 - 11:15h

Grande artigo Japa. Obrigado pela sempre constante ajuda e colaboração.Abraços,Macarrao

0 0
[11] Comentário enviado por deyvidy- em 14/01/2005 - 10:26h

por favor, com eu coloco o meu linux para funcionar na rede com outro linux, fedora core 1, o poblema e que ta pedinda senha para cada pasta que eu acessar na rede, DEYVIDY

0 0
[12] Comentário enviado por ...quel... em 25/12/2008 - 10:32h

Lauro

Eu também estava tendo problemas com o SWFDEC... desinstalei-o e instalei o "Adobe Flash Player plugin version 10"... está tudo funcionando direitinho.

abraço,
Raquel

0 0

Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Membro do Viva o Linux na Final do prêmio I2AI Awards (2)

Vaga para dev PHP (2)

Artigos

Instalar o MongoDB no Ubuntu

Instalação do Ventoy, programa para criar pendrives inicializáveis

Listando os serviços Linux com o Systemctl

Instalar Minecraft, League of Legends e Fortnite no Linux

GNA: um Coprocessador para Aceleração Neural

Dicas

Imagens e vídeos não são reproduzidos no navegador [Resolvido]

Resolução Antix Linux 19.4 para mais de 1024x768 em SIS 661/741/760

Instalando navegador Microsoft Edge Stable no Fedora

Backup do MongoDB diretamente para o Amazon S3 com o s3cmd

Wi-fi fica desconectando no Ubuntu 21.10 [Resolvido]

Tópicos

WIFI de placas com RTL8188EE - Saiam do LINUX em qualquer versão (3)

Clicar em imagem reconhecida - Python + pyautogui (2)

USBs não funcionam no Ubuntu 20.04 LTS (11)

Partição do meu HD interno (1)

WINDOWS NÃO INICIA (3)

Top 10 do mês

Scripts

[Tcl/Tk] Servidor web pequeno e simples em TCL

[Shell Script] Font Installer v1.0 - Instalação de Fontes no Sistema

[Python] Alterar LED do teclado

[C/C++] Jogo do Labirinto no Terminal

[Shell Script] ison - testar conectividade da máquina