Exportando e importando confs do Putty em Windows

Explicativo para os que utilizam Putty em máquinas Windows para acessar hosts Linux (por exemplo) e acabam perdendo todas as configurações quando reinstalam o sistema ou mesmo quando estão passando a utilizar um notebook com outro Putty, possam ter um backup dos hosts e demais configurações.

[ Hits: 68.370 ]

Por: Perfil removido em 15/03/2007


Breve introdução



Putty é aquele salvador da pátria que vários sysadmins utilizam como cliente SSH para conectar em boxes *NIX, *BSD, Routers, etc. A última versão do putty está sendo, no momento, a 0.59beta.

Pode-se fazer o download do Putty diretamente de:
ou visitar a página www.chiark.greenend.org.uk/~sgtatham/putty a modo de se obter outras informações ou baixar diferentes conteúdos oferecidos pelo site.


Não entro em nenhum detalhe e nem menciono exemplos de como se configurar o Putty para acessos via SSH, Serial e outros. Não cito exemplos de confs e nada específico para o uso da aplicação, estou apenas repassando informações para exportar configurações atuais de um Putty já "em operação".

O registro no Windows

Nosso Putty irá armazenar as configurações no registro do Windows. Fazer um backup destas confs pode nos poupar um belo trabalho, por exemplo, na hora em que se instala um novo Putty no notebook teríamos que adicionar entradas para cada host que temos. Isso será feito exportando a chave gerada pelo Putty para um arquivo com o conteúdo do registro.

Registro Raíz: HKEY_CURRENT_USER\Software\SimonTatham

(Simon Tatham é o desenvolvedor mestre responsável pelo Putty)

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Breve introdução
   2. Exportando, finalmente
   3. Importando confs
   4. Notas e Observações
Outros artigos deste autor

Big Linux: A opção ideal para iniciantes

Gerência e criação de módulos do kernel

Montando um Media Server com o MediaTomb

Selecionando dados numa tabela para confecção de gráficos no oocalc

Compiz no Debian Etch

Leitura recomendada

Sphinx Search: Free open-source SQL full-text search engine (Parte 1 - Instalação)

Web Mining

Conhecendo o xHarbour

MySQL + Amarok: dupla poderosa

Administrar um servidor MS SQL pelo Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por thelinux em 15/03/2007 - 15:55h

Parabéns. Excelente. Vai me poupar um trabalho enorme.
Legal mesmo.

[2] Comentário enviado por removido em 16/03/2007 - 15:21h

valeu (:

realmente,
poupa um trabalhão.

[3] Comentário enviado por pontozip em 17/03/2007 - 20:06h

Sugestão:

Coloque esta linha no EXECUTAR do Windows
regedit /e PuTTY.reg HKEY_CURRENT_USER\Software\SimonTatham

e terá um arquivo PuTTY.reg no diretório
C:\Document and Settings\"seu usuário"\

Fonte:
(http://pank.org/blog/archives/000519.html)

[4] Comentário enviado por removido em 17/03/2007 - 22:35h

LOL ;P

ia colocar isto como dica,
mas acabou unido o útil ao agradável (:
valeu, véi. []'


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts