Dominando o BrOffice.org Writer com o uso de estilos

Este artigo visa a fornecer uma visão propedêutica do Writer e de alguns dos seus recursos, mostrando-nos a importância do conceito de estilos para a suíte e para o processador de texto. O domínio da suíte passa pelo conceito de estilos, pois estes se aplicam a qualquer ferramenta do pacote, de modo contextual.

[ Hits: 60.093 ]

Por: morvan bliasby em 04/03/2010


Iniciando o BrOffice.org - Writer - o importante é ter estilo!



Iniciando o BrOffice.org - Writer

O modo padrão de abrir qualquer aplicativo é apontar para o seu atalho a partir do menu de entrada da interface gráfica. Como atalho de teclado, usa-se comumente a tecla Super (aquela tecla redundante que tem o logotipo do Windows (?)) e acionam-se em sequência os menus. Outra maneira de rodar o Writer é apontar para o atalho do próprio BrOffice.org, na sua Área de Trabalho ("Desktop"), se algum destes existir, claro.

Observe que o BrOffice.org abrirá um "portal", ou seja, se você quiser manipular ou iniciar um novo documento da suíte, não precisará chamar de novo o BrOffice.org; basta apontar para "Arquivo --> Novo" ou "Arquivo --> Abrir" e escolher o arquivo a ser manipulado. Estando o seu S. O. bem configurado, com as associações corretas para os arquivos do formato ODF, por exemplo, basta dar um duplo clique em qualquer extensão do BrOffice.org (.odt, .ods, .odp etc) e o próprio S. O. abrirá o aplicativo correto, de acordo com a extensão. No Windows, o BrOffice.org, a partir do 3.0, colocará apenas um ícone, o ícone do painel central, na Área de Trabalho do usuário, facilitando bastante a execução do BrOffice.org. No Linux, o BrOffice.org estará listado por aplicações a partir do grupo de programas escritório.

O importante é ter estilo[s]!

O que são estilos? São conjuntos pré-definidos de formatação. Estes se aplicam a qualquer contexto, desde uma lista numerada a um modelo de documento oficial. O conceito de estilo é, para o BrOffice.org, algo bem próximo do conceito de seção para outras suítes, tendo o estilo, porém, no BrOffice.org, muito mais recursos e flexibilidade. Dir-se-ia, sem qualquer embargo, que aprender estilos, tanto conceitualmente como dominar a sua utilização, é, em última instância, "domar" o BrOffice.org, pois quando se recorre a qualquer tipo de formatação, no BrOffice.org e em seus congêneres, intuitivamente procuram-se os vários estilos e suas categorias na janela do Estilista. A qualquer tempo, você pode invocar o Estilista através do Menu Formatar - Estilos e Formatação ou pressionando F11, que, de forma rotativa, exibe ou esconde tal interface. A janela do Estilista contém um grupo de ícones; os cinco primeiros categorizam o tipo de estilo a ser manipulado (estilo de páginas, de parágrafos, de caracteres, etc.) e os restantes permitem a manipulação total dos estilos do usuário e dos estilos preconcebidos (nativos do Processador de Texto).

O último ícone no Estilista, como mostrado na imagem acima, tem três funções: a primeira permite que nominemos uma região selecionada do texto formatado e lho atribuamos um nome, criando-se assim um novo estilo a partir da seleção; a vantagem não óbvia disto é que, quando quisermos aplicar aqueles atributos ali contidos, que podem ser vários, não precisaremos fazê-lo passo a passo e nem tampouco conhecer a sequência exata da sua formatação; a segunda nos permite atualizar um estilo a partir de uma seleção.

Digamos que você criou um estilo de parágrafos chamado "EstParaDestaque". No decorrer do seu trabalho, você formata um parágrafo convenientemente e resolve que esta formatação é aquela a que se deveria chamar "EstParaDestaque", bem como deveria ser aplicada em determinados trechos do seu trabalho. Clique em qualquer lugar em "EstParaDestaque"; abra o Estilista e selecione, com um (1) clique, o estilo "EstParaDestaque". Clique no botão trifunção e acione "Atualizar estilo". Pronto. Estilo atualizado.

O raciocínio para estilos de caracteres, de quadros, de listas etc, é o mesmo. A terceira função deste versátil ícone é a de carregar estilos a partir de modelos ou documentos existentes. Aquele documento que você acaba de receber via internet, por exemplo, rico em formatação, e que você encontrou muitas coisas a serem copiadas, como os estilos das páginas, de alguns parágrafos, de quadros, por exemplo, você pode carregá-los para um outro documento sem se preocupar com a sequência da criação destes estilos. Você pode, inclusive, selecionar os estilos a serem importados e sobrescrever ou não estilos com o mesmo nome, casa haja coincidência de nomes entre os estilos atuais e aqueles sendo importados.

Na caixa de diálogo de importação de estilos você pode escolher, claro, se deseja importar estilos a partir de modelos, por aplicação e também a partir de um arquivo, como se mencionou.

Criando um novo estilo utilizando Arrastar-e-Soltar

Um recurso bem pouco conhecido por usuários do BrOffice.org, mesmo usuários avançados, é o de criar um estilo utilizando o método do arrastar-e-soltar.

É bem simples: você escolhe a categoria de estilos, na janela do Estilista, formata um trecho no contexto do estilo a ser criado, digamos, um estilo de caracteres, clica sobre o objeto (no exemplo, sobre o parágrafo selecionado) e o arrasta até a área em branco do Estilista (um ícone com o símbolo de proibido vai alertá-lo, caso a criação do estilo não seja possível. No caso de estilos de página, por exemplo, não é possível criar um estilo com o Arrastar-e-Soltar, pelo contexto das propriedades que o estilo de páginas manipula). O Estilista pedirá um nome para o estilo, ao mesmo tempo em que exibe, quando possível, os nomes dos estilos personalizados naquela categoria. Dê um nome e confirme. Pronto. Temos um novo estilo, no capricho.

Na figura a seguir, vê-se, esquematicamente, a Janela do Estilista (F11).
Linux: Dominando o BrOffice.org Writer com o Uso de Estilos
Tela do Estilista com seus ícones descritos sucintamente. Exiba-a ou a embuta com F11
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que é o BrOffice.org Writer? Um pouco de história sobre os processadores de texto
   2. Iniciando o BrOffice.org - Writer - o importante é ter estilo!
   3. Formatando páginas no Writer
   4. Numeração de páginas no Writer - Inserindo números de páginas em sequência diferente
   5. Lidando com páginas sem numeração aparente
   6. Conclusão e indicação de fontes de aprofundamento
Outros artigos deste autor

Introdução ao gEDA - Suíte de eletrônica

Usando o seu módulo IRDA no Linux

SL no Estado do Ceará: repensando a nossa forma de atuação e engajamento

Dominando o BrOffice.org: Tabelas no Writer; Uso do Navegador de Objetos

Como Instalar Seu Adaptador WiFi RTL8821 No GNU-Linux

Leitura recomendada

Instalando o IBM LOTUS SYMPHONY Beta3

OpenOffice.Org Calc Basic - Conhecendo o editor

Scim e OpenOffice.org

Criando uma função no OpenOffice.org Calc

OpenOffice.Org Calc Basic - Funções intermediárias

  
Comentários
[1] Comentário enviado por andersonjackson em 04/03/2010 - 11:06h

Muito bom Mr. Morvan. + Favoritos
Parabéns.

[2] Comentário enviado por removido em 04/03/2010 - 16:37h

Este Morvan continua insuperável. Sou fã das resbucadelas verborrágicas que este homem destila pelo orifíco gultural...

Vejam só:

"uma visão propedêutica"
"de modo contextual"
"Exiba-a ou a embuta com F11"
"uma pletora de assuntos"

Repito: eu sou um fã sincero deste homem!!!!!!!
;-)

[3] Comentário enviado por grandmaster em 04/03/2010 - 19:25h

Muito bom o artigo Morvan.

---
Renato de Castro Henriques
ITILv3 Foundation Certified
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[4] Comentário enviado por chacal. em 04/03/2010 - 21:16h

sta de parabéns pelo artigo muito interessante.
Já add nos meus artigos de backup.
Chacal

[5] Comentário enviado por bonitux em 04/03/2010 - 23:38h

muito bom, ajudou muito
soh pra constar
eu usava o wordstar 5, depois fui pro wordstar 6 e fiquei muito tempo com o wordstar 7
ele travava menos q o office para win 3.11 ehehehe
na epoca tentei usar o linux com redhat 2.0, mas nao tive muito sucesso....
agora to voltando pro linux
ehehe
abrass

[6] Comentário enviado por nicolo em 05/03/2010 - 11:36h

O artigo é ótimo o BrOffice está sendo adotado por grandes empresas no Brasil e vai haver uma demanda por tutoriais.
Seria interessante algo mais sucinto, não precisava ser tão loooooooongo.

[7] Comentário enviado por marcosevan em 05/03/2010 - 14:17h

Bom artigo, valeu cara!

Espero o próximo.

[8] Comentário enviado por maickelpc em 09/03/2010 - 14:58h

uma dificuldade muito grande que tenho com o broffice, é o cabeçalho.
estou escrevendo artigos e monografia de graduação, gostaria de utilizar o broffice...mas e um parto. tem uma forma facil de fixar o cabecalho de forma que ele nao altere o tamanha em determinadas páginas?

[9] Comentário enviado por morvan em 09/03/2010 - 16:37h

Boa tarde.
Obrigado a todos pelas intervenções. Maickelpc, o cabeçalho (rodapé idem) no BrOffice.org segue o mesmo raciocínio: utilize estilos. Ao definir um estilo e formatá-lo, o BrOffice.org respeitará a formatação das seções cabeçalho e rodapé. Outra coisa, procure ancorar as imagens dentro das seções cabeçalho e rodapé em "No Caractere", pois assim procedendo as imagens serão mais flexivelmente docadas, diagramadas.

Assim que tiver um tempinho eu darei sequência ao artigo.

Abraços,

Morvan, usuário Linux #433640


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts