CoGrOO (Corretor Gramatical acoplável ao OpenOffice)

CoGrOO é o único corretor gramatical em software livre para língua portuguesa e aqui você acompanhará como poder desfrutar dessa maravilhosa ferramenta em conjunto com o OpenOffice.

[ Hits: 26.930 ]

Por: murilo de melo silva em 03/07/2006


Um pouco da história



O CoGrOO (Corretor Gramatical acoplável ao OpenOffice) é o único corretor gramatical em software livre para a língua portuguesa.

Bem, esse projeto tem o patrocínio da FINEP, Universidade de São Paulo e Centro Universitário SENAC-SP. O projeto durou dois anos e meio e contou com o trabalho de 12 colaboradores.

Ele funciona nas versões 1.x, na versão 2.0 e no BROffice. Foi implementado em Perl e a interface com o usuário, em Java.

Você deve fazer o download do software em:
Aqui são os fontes:
Endereço alternativo para os arquivos:
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Um pouco da história
   2. Procedimentos e instalação
   3. Links para pesquisa
   4. Considerações finais
Outros artigos deste autor

Criptografar arquivos importantes no seu Linux

XaraLX - Uma poderosa ferramenta para webmasters

Habilitando som nas animações em flash no Ubuntu

Leitura recomendada

Outros recursos no OpenOffice: colunas, fundo e bordas

Dominando o BrOffice.org: Tabelas no Writer; Uso do Navegador de Objetos

Instalando sua impressora no Linux com suporte ao Open Office

Prevenindo problemas com impressoras via Samba no Windows

Criando formulário e subtotais no OpenOffice.org Calc

  
Comentários
[1] Comentário enviado por thelinux em 03/07/2006 - 14:31h

parabéns. Excelente artigo.

[2] Comentário enviado por removido em 04/07/2006 - 07:56h

O artigo é bom, o projeto parece interesssante mas não funcionou aqui. Depois de bem sucedida a instalação decidi testar. Usei a frase que vc mencionou "Nós vai estudar na Unama" e outras semelhantes. A verdade é que ele não corrigiu nenhuma, digo, não sugeriu opções de correção.

Em outros casos, o programa até encontrou o erro, mas a correção sugerida foi o próprio erro. Isso mesmo. Manteve o erro como sugestão de correção.

Quero lembrar aos interessados que o arquivo tem 27 MB.

Abraço,

Wesley

[3] Comentário enviado por agk em 04/07/2006 - 09:39h

Não tive tempo para testar ainda, mas a idéia desse projeto é interessantíssima, parabéns pela iniciativa.

[4] Comentário enviado por xnardelli em 07/07/2006 - 11:21h

Comigo também não funcionou.
tentei a frase sugerida e nada...

Abraço

giovan

[5] Comentário enviado por xnardelli em 07/07/2006 - 11:26h

ainda em tempo...

cabe deixar aqui consigando que é um projeto e tanto; quem conheçe português que o diga... Por isso gostaria de deixar aqui o meu voto de sucesso a este incrível projeto.

giovan

[6] Comentário enviado por angrasbss em 23/07/2006 - 02:40h

Já eu possuo um probleminha. Uso o slackware, tenho o java e o perl instalado, porém quando vou executar o cogroo, veja o que dá:

[root@darkstar binarios]$ ./cogroo_installer_linux.bin

CoGrOO Linux Installer 1.0

./cogroo_installer_linux.bin: line 34: java: command not found
./cogroo_installer_linux.bin: line 41: /etc/init.d/cogroo: Arquivo ou diretório não encontrado
[root@darkstar binarios]$

O que devo fazer?

[7] Comentário enviado por germanobax em 15/01/2007 - 19:48h

Os erros gramaticais do texto não são corrigidos. O programa até aponta o erro e diz o que está errado, mas não sugere a correção.

Na janela de correção, quando clico em "alterar" para alterar a frase pela correção sugerida (mesmo que a sugestão dada seja o trecho incorreto, só cliquei para ver no que dava), recebo uma mensagem de erro falando sobre nullPointerException.

E quando iniciei o cogroo sem iniciar o servidor do cogroo, me apareceu uma baita tela de erro, mostrando o stacktrace. Ao fechar, o OpenOffice abortou e eu perdi o trabalho. Custava mostrar uma mensagem dizendo: "Inicie o servidor do cogroo para usar o corretor gramatical"?

[8] Comentário enviado por hugoeustaquio em 29/01/2008 - 13:38h

caro angrasbss, você deve adicionar o java ao seu path. Você pode adicionar todo o diretório '/usr/lib/java' editando o arquivo '/etc/profile' ou criar links simbólicos para programas que fazem parte da plataforma java no diretório '/usr/bin', conforme precisar deles. No seu caso acho que somente o comando seguinte será o suficiente.

ln -s /usr/lib/java/bin/java /usr/bin

lembrando que se precisar usar o AppletViewer, o jar, ou outros utilitários da plataforma java, deverá criar links para eles também. Você descobre se isso funcionou quando você digita 'java -version' no seu terminal e obtém resposta.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts