Criando e fechando portas no seu Linux

Muitas vezes, independente do motivo, precisamos abrir portas em nosso sistema para poder realizar uma conexão posteriormente ou para rodar um determinado serviço. Veja aqui como fazer.

[ Hits: 166.518 ]

Por: Diogo Menezes em 16/05/2006 | Blog: http://www.diogomenezes.com


Introdução



Muitas vezes, independente do motivo, precisamos abrir portas em nosso sistema para poder usá-las para uma conexão posteriormente ou para rodar um determinado serviço.

Hoje mostrarei como criar essas portas em seu Linux.

Para que essas portas sejam abertas ou fechadas, precisamos editar 2 arquivos, são eles /etc/services e /etc/inetd.conf.

/etc/services


Primeiramente explicarei por alto o funcionamento do arquivo /etc/services.

Basicamente o arquivo /etc/services associa um nome de um serviço a um número de porta.

Suas linhas são organizadas da seguinte maneira:

       nome      porta/protocolo        apelido     #comentário

Onde:
  • Nome - Nome do serviço;
  • Porta/protocolo - Esse campo está representado da seguinte maneira:
    Porta - número da porta que o serviço está rodando;
    Protocolo - Tipo de protocolo onde a porta atua, aceita opções TCP e UDP.

  • Apelido - Outro nome pelo qual o serviço pode ser amigavelmente chamado;
  • Comentário - Uma # seguida de uma descrição representa um comentário e é ignorado pelo interpretador.

Um exemplo de utilização desse arquivo seria a linha abaixo. Essa linha basicamente associa o serviço Cn9boy a porta numero 1092 como tcp.

Cn9boy     1092/tcp   cn9    #Minha porta

Agora que já sabemos como usar o arquivo /etc/services, estamos muito perto de conseguir abrir uma porta para um rodar determinado serviço.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Arquivo /etc/inetd.conf
   3. Resumindo e concluindo
Outros artigos deste autor

Configurando o Velox no seu Linux

Linux, porque não?

Mplayer - Instalação e utilização

Usando direcionadores de fluxo

Agendando tarefas com o crontab

Leitura recomendada

Personalizando o Ubuntu 9.04 com Screenlets

Asterisk e Asterisk GUI - Instalação e Configuração no Debian Squeeze

Utilizando ferramentas de virtualização para testar distros

Upgrade no Arch Linux usando outro PC com Internet rápida

Cálculo dos preços de nossos serviços

  
Comentários
[1] Comentário enviado por flipe em 16/05/2006 - 09:33h

interessante..

artigo bem explicado e com o alvo certo!

parabéns!

[2] Comentário enviado por mpinho em 18/05/2006 - 20:48h

Cuidado porque algimas distribuições usam o xinetd em vez do inetd pelo primeiro ser mais moderno. A idéia é parecida mas a configuração é diferente.

Página do xinetd

http://www.xinetd.org/

Artigo sobre a configuração do xinetd

http://www.laureano.eti.br/guias/GuiaXinetd.php

[3] Comentário enviado por micaelfis em 27/04/2007 - 20:11h

Parabéns pelo artigo. Foi bastante útil para mim. Ah, só uma coisinha, uso o Debian e aqui reiniciei o inetd via o comando #inetd restart

Parabéns

[4] Comentário enviado por handebool em 17/10/2007 - 23:23h

valeu

[5] Comentário enviado por f_Candido em 10/02/2008 - 01:52h

Show de bola. Simples e Prático.

Parabéns.

[6] Comentário enviado por marcelosguerra em 29/12/2008 - 12:55h

Muito bom, acabei de testar no debian e funcionou legal.
Obs: Para usuarios debian para restart no serviço, pode ser feito também com:
#/etc/init.d/openbsd-inetd restart

Parabéns!!!!

Abraços,
Marcelo Guerra

[7] Comentário enviado por R.S.P Andre em 04/01/2010 - 01:11h

cn9boy.

muitoo obrigadoo por contribuições igual a essa.


cara esse artigo seu cai do céu..

tava com um problemao sob esse lance de criar e abrir portas..

exelente e direto o seu artigo.

meus parabens..


VOL!

[8] Comentário enviado por cainf em 29/12/2010 - 23:10h

As pessoas tem que tomar cuidado ao usarem o nmap muitos acham que instalando essa ferramenta podem verificar as portas de outros servidores mas ao instalar o nmap ele pode ser usado contra você.

Fora isso o artigo foi muito bem explicado parabéns
Carlos -
www.linuxfast.com.br

[9] Comentário enviado por vandalored19 em 06/08/2012 - 12:10h

Tentei mas deu permissão negada.

[10] Comentário enviado por manoelmarins em 21/04/2016 - 06:35h

Muito bom!

Eu precisava criar uma porta para acesso ao banco de dados do linux e não estava conseguindo.

Obrigado.

[11] Comentário enviado por guina-rp em 06/02/2017 - 10:03h

no debian 6 onde fica o /etc/inetd.conf e para iniciar o serviço /etc/init.d/inetd restart


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts