Configuração inicial no FreeBSD 8.0-Release

Com um pouco de dificuldade em deixar o FreeBSD como desktop, venho deixar minha experiência em como configurar inicialmente o "FreeBSD 8.0 Release". Espero que seja útil para quem queira experimentar essa maravilha, que no início parece ser um labirinto sem saída, mas com um pouquinho de persistência acaba ficando oval, quase redondo.

[ Hits: 19.971 ]

Por: Glauber GF em 12/06/2010 | Blog: http://www.vivaolinux.com.br/~mcnd2


Iniciando...



Instalando o FreeBSD 8.0 Release, que não é o escopo deste artigo. Fica aí esta para quem quer aprender a instalação:
Depois de ter instalado com sucesso seu FreeBSD com a configuração da internet (no meu caso ficando como "DHCP"), instalado o "gnome" e o "xorg" e já reiniciado com o prompt de comando em sua tela, faça o seguinte.

Vamos primeiro atualizar os ports dando o comando como root:

# portsnap fetch extract

Este comando só é necessário na primeira vez, nas seguintes atualizações dos ports basta o comado:

# portsnap fetch update

Depois de concluído a atualização dos ports, vamos interagir com a parte gráfica, supondo que você já tenha instalado o "gnome" e o "xorg".

No prompt de comando como root, faça o seguinte:

# X -configure (será criado o xorg.conf)
# mv xorg.conf.new /etc/x11 (será copiado o xorg.conf.new para o diretório /etc/x11)

Já com o "xorg.conf" criado aproveitaremos agora para configurar o teclado para "abnt2" e layout "br". No prompt:

# vi /etc/x11/xorg.conf.new

Sobre o editor de console "vi", dê uma lida aqui:
Já com o "vi" aberto, no arquivo /etc/X11/xorg.conf.new, adicione no começo a seguinte seção:

Section "ServerFlags"
   Option "AllowEmptyInput" "0"
EndSection

E na Section "InputDevice", modifique deixando deste modo.

Section "InputDevice"
   Identifier "Keyboard0"
   Driver "Keyboard"
   Option "XkbModel" "abnt2"
   Option "XkbLayout" "br"
   Option "XkbVariant" ""
EndSection

Salve o arquivo e saia do "vi".

Assim o seu teclado será configurado com o "ç" (cedilha) etc.

Agora dê o comando para mudar o "xorg.conf.new" para o "xorg.conf" dentro de "/etc/x11":

# mv /etc/x11/xorg.conf.new xorg.conf

Pronto. Agora é só reiniciar o sistema com o comando:

# shutdown -r now

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Iniciando...
   2. Iniciando a interface gráfica
Outros artigos deste autor

Restaurar arquivo ou diretório apagado em file system ext3

Convertendo vídeos (VLC) e editando (Audacity) músicas

GRUB 2 - Monte você mesmo o menu

Instalando o driver da NVIDIA atualizado para o kernel atual no Metamorphose 2.0

Atualizando Mageia 5 para versão 6

Leitura recomendada

HOWTO - Usando PSP no Gentoo Linux

hdparm: Tire o máximo do seu HD

OCS Inventory e seus clientes - Instalação e configuração

Debian Linux 4 iniciando o Windows como terminal server

As melhores ferramentas de colaboração para Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por pael em 12/06/2010 - 14:58h

Dá um pouco de trabalho pra quem nunca usou antes, mas com certeza compensa bagarai, uso há mais de um ano aqui e a única coisa que eu tenho a reclamar é que o FreeBSD vicia a gente :/

[2] Comentário enviado por removido em 12/06/2010 - 20:27h

Nossa, que legal, faz tempo que eu quero "criar coragem" e testar o freeBSD, acho que esse artigo seu pode ser o empurrãozinho que eu estava precisando.

abraço

[3] Comentário enviado por removido em 13/06/2010 - 01:27h

É tambem deu vontade de testar o freebsd, ja estou baixando.

[4] Comentário enviado por mcnd2 em 13/06/2010 - 15:03h

É pessoal...

Nem tudo é maravilhas!

Estava tudo bem quando até então o FreeBSD deu uma louca.
A internet parou de funfa o porque ainda não descobri.
O melhor ainda estava por vir. O teclado na hora do boot funfa numa boa mais na hora que entra no "GDM" ele simplismente não responde com nenhuma tecla.

E agora o que fazer?

Já reinstalei e ficou na mesma. Estou no Debian no momento e vou apagar o HD todo e recriar as partições tanto para o Metamorphose que também estava testando como o FreeBSD. Qualquer resultado posto aqui no comentário para deixar esclarecido. Espero resolver este problema pois estou muito entusiasmado com o FreeBSD e não vou desistir.

Se alguém souber o porque que isto esta acontecendo poste ai para tentarmos resolver mais este probleminha.

Vlw...

[5] Comentário enviado por pael em 13/06/2010 - 23:37h

faltou o hald_enable="YES" no seu /etc/rc.conf e coloque-o depois do dbus =x
testa aí e posta o resultado e eu uso o FreeBSD no meu desktop e o OpenBSD no meu note e nunca tive esse problema O.o

--edit--
Senão estou enganado, o gnome="enable" ativa todos os serviços ligados ao gnome, inclusive o gdm

[6] Comentário enviado por wimigasltda em 14/06/2010 - 09:09h

Veja essa sua frase:

/////Agora vamos alterar o arquivo ".dmrc", que fica na pasta do usuário. No meu caso "/home/mcnd2/.dmrc" . Caso não tenha crie um.

Após adicione as seguintes linhas no arquivo ".dmrc": /////

Tem que ser mais claro...

Criar como? Qual comando? Dentro de Qual pasta?

Se é para facilitar tem que facilitar, não deixar brechas em aberto.


No mais ok.


[7] Comentário enviado por pael em 14/06/2010 - 11:56h

///Criar como? Qual comando? Dentro de Qual pasta? ///

Obviamente você vai criá-lo usando o seu editor de texto padrão ( vi, vim, nano, joe, etc.) , e a resposta para a sua última pergunta: ///Agora vamos alterar o arquivo ".dmrc", que fica na PASTA DO USUÁRIO. No MEU CASO "/home/mcnd2/.dmrc" . Caso não tenha crie um.///

[8] Comentário enviado por mcnd2 em 14/06/2010 - 18:25h

Valeu pelo comentário "wimigasltda". Vou ver se da próxima vez não deixo falha...

Mais só para deixar claro, o indivíduo que vai testar o "FreeBSD" já tem que ter uma base do que está fazendo e não migrando do Windows para o Ubuntu sem saber nadinha, entende? Por isso que na hora de escrever não foquei muito no assunto. Mais se já estiver com o "Gnome" iniciando é só utilizar o "gedit" padrão do "Gnome" e editar. Criar o arquivo na interface gráfica é muito mais fácil para quem não sabe nada, rsrsrs... Mais valeu pelo comentário, abraço.


"pael", vou adicionar o "hald_enable="YES"" no /etc/rc.conf depois do dbus. Acho que pode ser isso. Pois na primeira vez que instalei eu lembro que tinha adicionado o "hald" mais nas demais reinstalações eu não lembro. Vou dar uma ida lá no Free... e editar e posto aqui novamente.

[9] Comentário enviado por mcnd2 em 16/06/2010 - 01:06h

Ainda não foi "pael".

Fiz conforme indicado e nada.

Instalei de novo e até que funcionou da maneira que você indicou, mas ai criei o "xorg.conf" e voltou o problema. Aí estava com suspeita que poderia ser o xorg, instalei de novo sem o "xorg" e continuou o problema.

Não entendo o porque da primeira vez rodou numa boa até eu criar esse artigo mais de uma hora pra outra começou essa loucura...

Será porque o FreeBSD é "release"?

Estou desanimando...

Pelo menos uma coisa boa eu não esqueço mais, de como é facinho instalar o FreeBSD de tanto fazer o mesmo procedimento, rsrsrsr...

Espero que surja uma solução para o problema !!!

[10] Comentário enviado por Lisandro em 17/06/2010 - 07:04h

Ainda não instalei mas já faz horas que penso na possibilidade. Bom artigo, parabéns!

[11] Comentário enviado por removido em 18/06/2010 - 14:06h

Bom Artigo.
Vou ver se teste no virtualBox e depois coloco no pc.

[12] Comentário enviado por Cooler_ em 25/06/2010 - 01:40h

parabens cara artigo bem bacana

[13] Comentário enviado por leandro em 27/06/2011 - 10:59h

Muitíssimo obrigado!

Você me ajudou a solucionar um problema no meu teclado do Slackware. Como dizem que o slack utiliza muitas configurações do FreeBSD, resolvi tentar. Alterei o Xorg.conf e funcionou certinho. Obrigado!

[14] Comentário enviado por mcnd2 em 27/06/2011 - 19:21h

Que bom saber que o a configuração do teclado do FreeBSD sirva também para o Slackware.

O material tá ai pra isso mesmo Leandro. Consultar e usufruir.

Abraço.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts