Gnome + Enlightenment = Enlightened Gnome

Este artigo é para quem, como eu, não abre mão do Gnome, mas gostaria de testar gerenciadores de janelas alternativos. Por isso, que tal unir o útil ao agradável? Atualmente o Gnome utiliza o Metacity como gerenciador padrão. Neste artigo nós vamos substituí-lo pelo Enlightenment, alterando o comportamento das janelas e efeitos visuais no Gnome.

[ Hits: 44.623 ]

Por: Sergio Cava em 09/02/2006


Introdução



A primeira vez que eu tive contato com o sistema GNU/Linux foi em 1997, por meio de um colega de trabalho. Sei que era Red Hat, só não sei qual versão. A certeza que eu tenho é que era Gnome utilizando o Enlightenment como gerenciador de janelas. Nesta época, eu não tive coragem de fazer a migração por completo, mas já apreciava muito a aparência e configuração do Gnome.

Só consegui completar a migração em 2003, quando eu mesmo comecei a instalar e configurar o sistema para utilização como desktop, abandonando de vez o outro sistema, alternando entre Debian (distribuição favorita) e Kurumin (interessante para aprender). Mas, embora o Gnome estivesse redondo, sentia que estava faltando algo, visualmente falando.

Então fui atrás e instalei o Enlightenment. Mas para minha frustração, nada se alterou no Gnome. Tudo que eu consegui descobrir é que o Enlightenment era outro gerenciador de janelas, e que deveria-se deslogar do Gnome e logar no Enlightenment. Aí eu pensei: Ah, então eu me enganei, tem que usar ou um ou outro.

A verdade é que um dia o Enlightenment foi o gerenciador de janelas padrão do Gnome (que é um ambiente desktop completo), mas foi trocado pelo Sawfish porque era considerado muito pesado. Atualmente o Gnome utiliza o Metacity como gerenciador padrão. É bem integrado ao Gnome, mas é bastante simples e estável (por isso é que hoje é o padrão), porém não permite grande efeitos visuais. O Enlightenment, possui inúmeros temas, ver: e.themes.org. Além disso, possui suporte a backgrounds (que pode ou não ser o mesmo do Gnome), alternador de área de trabalho e lista de janelas que podem ser utilizados de forma independente aos do Gnome. Outra coisa interessante é que pode-se passar de um desktop para outro apenas indo com o ponteiro do mouse para a extremidade da tela.

No decorrer do artigo vamos ver alguns outros detalhes.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação
   3. Configuração
   4. Screenshots
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Xen - XL.cfg - Sintaxe da Configuração de Domínios - Parte I

Clonando HD no Linux

Emergindo grandes pacotes em hardwares fracos com o auxílio de outro computador no Gentoo Linux

Instalação automatizada de servidores com kickstart

Documentação de IPs usando o TIPP

  
Comentários
[1] Comentário enviado por sombriks em 10/02/2006 - 03:35h

ei, sensacional, vc está de parabéns! Conhece o GNOME mesmo!

[2] Comentário enviado por msmaximo em 10/02/2006 - 09:38h

Parabéns pelo artigo, muito bom ver pessoas usando o Enlight.
Pensei que eu era um dos poucos que fazia essa arrumação. Todo mundo que vê, fica perdido quando mostro o meu desktop.

Uma outra forma que uso para subir os dois juntos, é:

Adicione essas variáveis no seu ~/.bashrc

---------------------------------------------
##Gnome:
WINDOW_MANAGER=/usr/local/enlightenment/bin/enlightenment
export WINDOW_MANAGER
---------------------------------------------

Reinicie o seu Gnome e teste.

No meu caso, funciona no Mandriva e no Suse10

[3] Comentário enviado por franklinbr em 10/02/2006 - 09:42h

Algo similar pode ser feito usando o fluxbox e o wmaker.
Se me lembro bem, uma vez no gnome, basta matar o metacity (de varios "killall metacity" ateh as janelas ficarem sem a barra caracteristica do tema) e logo em seguida um "bash$ fluxbox &" ou "bash $ wmaker &".
Na verdade voce ta usando um WM com as barras do gnome :)

falow !

[4] Comentário enviado por chronos em 10/02/2006 - 10:41h

para openbox, aberto o gnome, aperte Alt-F2, e execute openbox --replace, salve a sessão e reinicie o gnome, voi-la.

quase tão leve qto o metacity e com mto mais funcs.

abraços e meus muitos parabéns pelo artigo, fantástico!

[5] Comentário enviado por removido em 10/02/2006 - 11:29h

Uma verdadeira obra de arte seus desktop...
;-P

[6] Comentário enviado por casterman em 10/02/2006 - 11:49h

O efeito fica muito bom mesmo!!!

[7] Comentário enviado por sergiocava em 10/02/2006 - 11:53h

Waw, saiu publicado meu artigo! Que agradável surpresa! É meu primeiro artigo. Isto me anima a continuar contribuindo, apesar que sou apenas um usuário de desktop.
E obrigado também pelos comentários. Mas, não conheço tanto o Gnome, como disse o sombricks, apenas sou curioso. Dei umas googleadas aqui e ali, juntei várias dicas internacionais, traduzi e adicionei com minhas experiências. Vou testar as dicas do msmaximo, do franklinbr e chronos.

Obrigado e grande abraço a todos.
Esta comunidade é que é fantástica.

[8] Comentário enviado por percival em 10/02/2006 - 17:10h

Muito bem explicado e demonstrado, parabéns.

Vou testar aqui para dar uma mudada no visual.

[9] Comentário enviado por removido em 10/02/2006 - 17:28h

"apesar que sou apenas um usuário de desktop" - e vc acha isso pouco??? Isto é um dos motivos do linux existir. "usuários de desktop" poderem personalizá-lo, fuçá-lo à vontade e sem restrições...

[10] Comentário enviado por cjonatas em 11/02/2006 - 19:42h

Muito bom, gostei!!, irei testar!!, mudando de assunto, sou usuário do gnome, e preciso
visualizar alguns filmes que recebo por e-mail (wvm), você conhece algum programa
que eu possa instalar para visualiza-los. Obrigado.

[11] Comentário enviado por Terramel em 12/02/2006 - 13:02h

Tipow, adorei ver isso! Quando tiver tempo quero fazer pois adoro Gnome e só nao tenho aqui no meu K6 por pouco espaço (só estou com uns 50 mb livre uhahuahuahu).

Adorei o q vc fez. Gostaria de saber se é possivel fazer a mesma coisa mas entre Enlightenment e Fluxbox ou entre Enlightenment e WindewMaker, e até mesmo os 3. Abraços

[12] Comentário enviado por agk em 13/02/2006 - 09:49h

Muito bom, dá um visual muito interessante ao gnome.

[13] Comentário enviado por casterman em 18/02/2006 - 10:59h

será que voçê poderia dizer qual os temas que usou no gnome e na enlightenment, aquele verde?


[15] Comentário enviado por lucianopacheco em 26/02/2006 - 05:32h

Tentei fazer isso no Ubuntu 5.10 mas o apt-get nao acha o enlightenment. Tem alguma alternativa?

[16] Comentário enviado por sergiocava em 03/03/2006 - 10:30h

No ubuntu, existe sim o enlightenment. Eu acho que deve estar faltando alguma entrada em seu seu sources.list
De qualquer maneira, o enlighntement do ubuntu, como eu citei no artigo tem mesmo alguns probleminhas, e eu recomendo utilizar o dos repositórios do debian. Adicione a seguinte linha ao seu /etc/apt/sources.list

deb ftp://ftp.us.debian.org/debian/ stable main contrib non-free

Depois salve o arquivo, de um sudo apt-get update e siga o procedimento do artigo. Mas, depois que terminar apague esta linha do sources.list e novamente de um sudo apt-get update. É porque misturar pacotes do debian com os do ubuntu pode causar sérios riscos ao sistema.

[17] Comentário enviado por hadit em 21/05/2006 - 21:15h

Ola galera,
Nao consegui colocar o gnome e o enlightenment juntos, nem com a ajuda do artigo (esses arquivos nao existem) e nem com a opcao do bashrc.
Se alguem puder me dar uma ajuda, uso SuSE 10.1

Abraços

[18] Comentário enviado por sergiocava em 29/05/2006 - 12:11h

(esses arquivos nao existem)

Quais arquivos? Por favor, coloque mais detalhes.
Vc consegue logar no enlightnement?

[19] Comentário enviado por rafaslack em 08/07/2006 - 00:38h

Como que eu faço para colocar os themas e papeis de parede no enlightenment? Eu coloco tanto no /usr/share/enlightenment/themes e no ~/.enlightenment/themes e depois na opção do menu do enlightenment não aparece só aparece o default pq? O que estou fazendo de errado?

Agradeço para quem me ajudar e bom artigo.
Obrigado

[20] Comentário enviado por xnardelli em 07/07/2007 - 14:14h

massa
me deu vontade de fazer

[21] Comentário enviado por lcnrj em 12/08/2008 - 19:48h

Oi, uso o ubuntu 8.04, gostaria de saber qual é o hardware minimo para o Enlightenment?
Obrigada.

[22] Comentário enviado por removido em 29/07/2009 - 18:14h

Amo enlightenment, e espero que ele continue simples sempre, sem perder a beleza. \o/


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts