Como manter GNOME2 em Sabayon Linux

Este artigo descreve como manter o ambiente gráfico GNOME2, evitando que seja atualizado ao GNOME3, o que
quebraria o GNOME2 completamente! Isto acontece pois o Sabayon é uma distribuição Rolling Release, constantemente
atualizável.

[ Hits: 16.922 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 29/08/2011 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Recuperando o GNOME2 e Conclusão



Mas, você já atualizou o seu Sabayon e quebrou seu GNOME2 todo!

Uma das possibilidades é fazer como no Primeiro Método (Página 1).

Comente o repositório Instável Limbo, dentro do arquivo "/etc/entropy/repositories.conf" e o Sulfur voltará mostrar o downgrade dos pacotes de GNOME3 a GNOME2, como se fosse um "upgrade" normal.

Não há garantia do funcionamento, posto que em breve todos os pacotes de GNOME3 serão transferidos do repositório Limbo, para os repositórios Estáveis.

Neste caso, tente o seguinte: Usando o Sulfur, remova TODOS os pacotes de GNOME3, depois feche o Sulfur.

Com comandos de Entropy e Portage, instale o meta-pacote de GNOME2:

sudo layman -a sabayon
sudo layman -S
sudo equo install --verbose gnome-light-2.32.1

Com comandos equo, instale os outros pacotes de GNOME2 que quiser. Veja no exemplo abaixo, com Nautilus, Epiphany e gnome-terminal:

equo search gnome-terminal-2* epiphany-2* nautilus-2*#.... coloque aqui os outros pacotes....

(procurando os pacotes GNOME2)

>>  @@ Buscando...
>>      @@ Pacote: gnome-base/nautilus-2.32.2.1 branch: 5, [__system__]
>>         Instalado:   versão: 2.32.2.1 ~ tag: NoTag ~ revisão: 0
>>         Slot:        0
>>         Homepage:    http://live.gnome.org/Nautilus
>>         Descrição:   A file manager for the GNOME desktop
>>         Licença:     FDL-1.1 GPL-2 LGPL-2
>>      @@ Pacote: www-client/epiphany-2.30.6-r1 branch: 5, [__system__]
>>         Instalado:   versão: 2.30.6-r1 ~ tag: NoTag ~ revisão: 1
>>         Slot:        0
>>         Homepage:    http://projects.gnome.org/epiphany/
>>         Descrição:   GNOME webbrowser based on Webkit                                                                    
>>         Licença:     GPL-2                                                                                              
>>      @@ Pacote: x11-terms/gnome-terminal-2.32.1 branch: 5, [__system__]
>>         Instalado:   versão: 2.32.1 ~ tag: NoTag ~ revisão: 0                                                            
>>         Slot:        0                                                                                                  
>>         Homepage:    http://www.gnome.org/                                                                              
>>         Descrição:   The Gnome Terminal                                                                                  
>>         Licença:     GPL-3                                                                                              
>>  Palavras-Chave:  gnome-terminal-2*, epiphany-2*, nautilus-2*                                                            
>>  Encontrado:      3 entradas

Para instalar coloque os vários pacotes que gosta:

sudo equo install --verbose nautilus-2.32.2.1 epiphany-2.30.6-r1 gnome-terminal-2.32.1  #..... coloque aqui os outros pacotes

Especifique as versões, se não o fizer (ou usar Sulfur) o sistema dá preferência e instalará apenas os pacotes em versões de GNOME3.

Preferindo use comandos de Portage (emerge):

sudo emerge --sync
sudo emerge -av portage
sudo LINGUAS="pt_BR" emerge -av =gnome-base/gnome-light-2.32.1

Após a instalação, usando o comando emerge, instale os outros pacotes que quiser:

Sintaxe:

sudo emerge -av =pacote1-versão   =pacote2-versão   =pacote3-versão etc...

Se preferir, bem mais fácil, usando uma Interface gráfica de Portage, como o Portato, as versões antigas GNOME2 serão facilmente encontradas e selecionadas.

Agora você pode usar sua instalação de Sabayon para sempre (e atualizada, se usou o Método 3), sem perder seu bonito GNOME2 com Compiz, Cairo-Dock, Screenlets, etc.

Eis meu Sabayon, totalmente atualizado e com mais de um mês com o GNOME2 mantido:
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução e Primeiro Método
   2. Segundo Método - Não atualizar o GNOME2
   3. Terceiro Método - Mascarando os pacotes de GNOME3
   4. Recuperando o GNOME2 e Conclusão
Outros artigos deste autor

Experimento: Transformando openSUSE 12.3 Tumbleweed em 13.2 Factory Milestone 0

Use o GAG e nunca mais perca o boot

Modificando a remasterização com Molecule - Sabayon completo, com KDE e GNOME

Compiz e Compiz-Fusion no novo Sabayon Linux

Instalando, gerenciando e mantendo pacotes no Gentoo Linux e derivados

Leitura recomendada

Membro da comunidade Viva O Linux na Espanha

Como fazer uma distribuição Linux (parte 1)

Embutindo legenda e fazendo autoração de um vídeo para DVD

Ruby + Rails + Gem + Mongrel Cluster + Apache + MySQL n0 Red Hat EL

Arte digital: novas possibilidades com softwares livres

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 30/08/2011 - 12:07h

COMPLEMENTO:

Atualizado até 15 de Setembro de 2015.

Útil para proteger o KDE4, para que não seja atualizado ao KDE5.
Basta usar os pacotes do KDE4 e não os do GNOME2.


[2] Comentário enviado por mcnd2 em 30/08/2011 - 22:25h

Belo artigo.

Quando você fala em 'quebrar' atualizando para o gnome 3, isto significa que o sistema não vai mais subir ou apenas não poderá ter mais o gnome2?

Tô curiosos para testar esse método, mas como meu note dell deu pau e esta na garantia vou ficar na vontade...

Parabéns @albfneto.

[3] Comentário enviado por albfneto em 30/08/2011 - 23:19h

Não terá mais GNOME2, nem compiz, nem Screenlets, nem Cairo-Dock... ambiente GNOME2 não funcionará mais (e seue pacotes serão sobrescritos) e nem nada que funcione nele...
o que não for sobresacrito,, como compiz, screenlets e cairo-dock, estarão ainda ativos, precisa tira-los, senão não abre GNOME3.
portanto é assim, com GNOME2 apagado, deletado, e gnome3 que não abre!
o que aconteceria é isso aqui:

http://forum.sabayon.org/viewtopic.php?f=57&t=25057

ao menos em Sabayon, GNOME3 é muito ruim. vc verá em meu outro artigo, ele destrói XFCE, LXDE e os outros ambientes gráficos, menos KDE, e compiz tb!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts