Como instalar o Linux (Debian) no Libretto 50CT

Muitas pessoas têm me contactado a fim de pegar dicas de como eu consegui esta façanha e por isto resolvi reinstalar o Debian, e então paralelamente, montando esta pequena receita. Espero que este artigo possa não se restringir somente ao Libretto, pois existem muitos outros modelos no mercado que podem ser beneficiados e melhor aproveitados.

[ Hits: 26.163 ]

Por: Robert Fernandes Francisco em 18/05/2010


Passo 05: Acrescentando novos sources e atualizando o Debian



Para melhorar o que eu consegui tomei como premissa acrescentar, um de cada vez, os sources de cada uma das novas versões do Debian e a cada inclusão efetuar as alterações necessárias para que eu pudesse atualizar todo o sistema.

* Não podemos esquecer que estou neste momento com o Debian 3.0 (Woody), Kernel 2.2.20

Versões do Debian:
  • Lenny é o Debian 5.0 - 14.02.2009 - A versão mais recente
  • Etch é o Debian 4.0 - 08.04.2007 - Disponível
  • Sarge é o Debian 3.1 - 06.06.2005 - Disponível
  • Woody é o Debian 3.0 - 19.07.2002 - Disponível
  • Potato é o Debian 2.2 - 15.08.2000 - Disponível
  • Slink é o Debian 2.1 - 09.03.1999- Disponível
  • Hamm é o Debian 2.0 - 24.07.1998 - Disponível
  • Bo é o Debian 1.3 - 05.06.1997 - Indisponível
  • Rex é o Debian 1.2 - 12.12.1996 - Indisponível
  • Buzz é o Debian 1.1 - 17.06.1996 - Indisponível

Todos os comandos a seguir foram executados no shell foram efetuados como root.

Atenção para algumas das confirmações. Em alguns casos só aceitou 'y' (minúsculo) e em outros 'Y' (maiúsculo)...

1) Usando os sources do Debian 3.1 (Sarge)

1.1) Editei o arquivo /etc/apt/sources.list com o 'vi' e acrescentei a seguinte linha:

deb http://archive.debian.org/debian/ sarge contrib main non-free

1.2) Limpeza do cache:

# apt-get clean

1.3) Atualização das listas:

# apt-get update

1.4) Atualizando pacotes:

# apt-get upgrade

1.4.a) Com este comando foi exibida uma grande lista de pacotes, conforme a transcrição a seguir, onde respondi YES

# apt-get upgrade

1.4.b) Recebi algumas mensagens de alerta na hora que foi instalado o novo pacote do gsfonts... mas em pesquisa na internet detectei que eram mensagens normais, conforme transcrito a seguir:

Setting up gsfonts (8.14+v8.11+urw-0.2) ...
Installing new version of config file /etc/defoma/hints/gsfonts.hints ...
(Re-)registering PostScript fonts...Use of uninitialized value in string eq at /var/lib/defoma/scripts/abiword-common.defoma line 327.
Use of uninitialized value in string eq at /var/lib/defoma/scripts/abiword-common.defoma line 327.

... e apareceu este

1.5) A seguir realizei a atualização da distribuição:

# apt-get dist-upgrade

1.5.a) Com este comando também foi exibida uma grande lista de pacotes, conforme a transcrição a seguir, onde respondi YES

# apt-get dist-upgrade

1.5.b) Durante o processo, apareceram algumas telas. A primeira foi a Configuring Flex. Respondi YES.
1.5.c) A tela seguinte foi a Configuring Libusb-0.1-4... teclei em OK, pois o sistema detectou que eu não havia instalado os módulos USB anteriormente.
1.5.d) A seguir surgiu a tela Configuring Libpango1.0-common. Selecionei YES
1.5.e) A seguir surgiu a tela Configuring Noflushd... Nesta opção selecionei 15 minutos como novo tempo default e teclei em OK

1.5.e.1) Ainda na tela Configuring Noflushd, selecionei o disco /dev/hda e teclei em OK

1.5.f) A tela a seguir foi a Configuring Xprint-common... Como valor default estava informado 600... Não alterei nada e teclei em OK e o instalador seguir com mais uma série de instalações e configurações automáticas.

1.5.g) Durante o processo de instalação recebi uma mensagem solicitando que fossem interrompidos, conforme transcrição a seguir. Fiz conforme solicitado e informei YES para continuar.

Preparing to replace libc6 2.2.5-11.8 (using .../libc6_2.3.2.ds1-22sarge6_i386.deb) ...

Name Service Switch update in the C Library: pre-installation question.

Running services and programs that are using NSS need to be restarted,
otherwise they might not be able to do lookup or authentication any more.
The installation process is able to restart some services (such as ssh or
telnetd), but other programs cannot be restarted automatically. One such
program that needs manual stopping and restart after the glibc upgrade by
yourself is xdm - because automatic restart might disconnect your active
X11 sessions.

Known packages that need to be stopped before the glibc upgrade are:
xdm kdm gdm postgresql xscreensaver
This script detects the following services which you are required
to stop before the upgrade:
xdm
gdm
xscreensaver

If you want to interrupt the upgrade now and continue later, please
answer No to the question below.

Do you want to upgrade glibc now? [Y/n] y


1.5.g) Tive que confirmar com YES mais uma vez quando fui informado que alguns processos seriam reinicializados, um deles era o inetd.

1.5.h) Mais uma série de pacotes foram instalados e configurados automaticamente a seguir até que parou mais uma vez para um novo questionamento, como transcrito a seguir e eu respondi YES.

Unpacking replacement base-passwd ...
Setting up base-passwd (3.5.9) ...

update-passwd has found some differences between your system accounts
and the current Debian defaults. It is advisable to allow update-passwd
to change your system; without those changes some packages might not work
correctly. For more documentation on the Debian account policies please
see /usr/share/doc/base-passwd/README.

The list of proposed changes is:

Adding group "man" (12)
Adding group "sasl" (45)
Adding group "plugdev" (46)
Changing gid of sync from 100 (users) to 65534 (nogroup)
Changing gid of games from 100 (users) to 60 (games)
Changing gid of man from 100 (users) to 12 (man)
Changing GECOS of list from "SmartList" to "Mailing List Manager".
Changing home-directory of irc from /var to /var/run/ircd
Changing home-directory of nobody from /home to /nonexistent
Would commit 9 changes

It is highly recommended that you allow update-passwd to make these changes
(a backup file of modified files is made with the extension .org so you can
always restore the current settings).

May I update your system? [Y/n] Y
1.5.i) Depois de mais um tempo apareceu a tela Configuring pcmcia-cs. Informei NO para não perder a conexão. A seguir, quando foi feito o upgrade, teclei em OK.

1.5.j) Ao término da instalação, foi exibida uma mensagem informativa de erro, mencionando que alguns pacotes não haviam sido instaladas.

1.6) Pesquisei na internet e todas as soluções com situação similar à que aconteceu acima indicaram somente um comando: apt-get -f install e ao executá-lo, os pacotes que deram erro começaram a ser instalados/configurados sem problema.

1.6.a) A primeira mensagem que recebi estava dizendo que o exim 3.x não é mais suportado e que o exim 4.x é o seu substituto recomendado. Teclei enter.

1.6.b) Ao seu término, apareceu uma tela dizendo que seriam feitas algumas configurações automáticas... teclei enter

1.6.c) Dentre as opções, selecionei: (5) No Configuration...
1.6.d) A seguir mais uma série de pacotes foram configurados indo até o fim sem erros

1.7) Executei mais uma vez o comando apt-get upgrade e mais alguns pacotes foram exibidos para atualização (bem menos do que na primeira vez) e respondi YES para atualizar.

1.7.a) Apareceu uma janela informativa do SSH e teclei em OK
1.7.b) Apareceu uma tela de configuração do arquivo /etc/pam.d/ssh e optei pela opção default, "N", que instalaria a atualização e salvaria o arquivo antigo.
1.7.c) Apareceu imediatamente a seguir mais um arquivo, desta vez o hwclock e optei também ela opção default, "N"
1.7.d) Depois de mais algumas configurações automáticas, foi a vez do /etc/pam.d/xdm e optei pela opção default, "N"
1.7.e) A seguir foi a vez do /etc/vsftpd.conf e para variar informei 'N' também...
1.7.f) Após estas atualizações, terminou sem problemas.

1.8) Depois disto, conforme orientação no próprio site da Debian, rodei o apt-get dist-upgrade mais uma vez.

1.8.a) Mais uma série de pacotes foram identificados para serem atualizados e depois de muitos downloads e configurações automáticas, parando na atualização do arquivo /etc/gdm/gdm.conf e, por default, informei "N".

1.8.b) A seguir outros pacotes foram instalados e terminou sem erros.

1.9) Executei a seguir os comandos apt-get clean, apt-get update, apt-get upgrade e apt-get dist-upgrade mais uma vez para ver se algum pacote ou dependência ainda precisava ser baixada e nada foi identificado. Finalmente concluí mais esta etapa.

A seguir, o epílogo!

Epílogo?

Será?

Só o amanhã vai dizer o que será deste pequeno grande projeto.

Principalmente, o que cada um de você irá poder fazer a partir daqui.

Felicidade a todos!

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Breve histórico de como escolhi o Debian
   2. Passo 01: Particionamento inicial e cópia do CD
   3. Passo 02: Instalando o Debian
   4. Passo 03: Configuração inicial - o primeiro boot
   5. Passo 04: Melhorando a configuração (aparência e utilitários)
   6. Passo 05: Acrescentando novos sources e atualizando o Debian
Outros artigos deste autor

Linux, uma experiência de uso

Qualidade de respostas

Leitura recomendada

Instalando impressora do Windows XP usando CUPS

Configurando cliente na rede wireless com criptografia WPA - Debian

Impressoras no Linux - Instalando mais de 2000 modelos

Configurando Ubuntu Linux 8.04 para autenticar no LDAP

Bodhi Linux com o belíssimo Enlightnment

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 18/05/2010 - 21:39h

Parabéns amigo, principalmente pela sua perseverança. Cara, eu não sinto nenhum pouco de saudade dessa época (Xfree86, Winmodens, etc), mas não dá pra instalar um Lenny numa preciosidade dessas não é mesmo?.

[2] Comentário enviado por ricardoperera em 18/05/2010 - 23:48h

Kraaaa que legal!! Agora to exportando seu artigo para poder ler no meu smartphone! Faço questão de ler esta matéria!!

[3] Comentário enviado por fellipe em 19/05/2010 - 13:32h

Só o blackbox mesmo pra rodar numa máquina dessas...parabéns pela persistência.

[4] Comentário enviado por Lisandro em 19/05/2010 - 13:40h

Instalei via rede tanto o Redhat quando o Slack no CT50 e no CT70 e funcionaram beleza, rodando Windowmaker.

[5] Comentário enviado por ricardoperera em 20/05/2010 - 03:24h

Olá, já li o seu artigo, ficou mto fera!! Só fiquei com umas duvidas aqui: vc instalou o debian 3.0 ne? ms vc nao atualizou ele pro lenny né? ou atualizou? Se vc ainda está usando a versao mais antiga, a 3.0..queria saber como vc faz pra instalar programas, e atualizar.. Por exemplo, se vc tiver ai com um firefox mto velho e quiser instalar um mais novo, tipo o 2.0, teria como? É mais a título de curiosidade!

Ahh, fala pra gente quais os programas que vc mais usa ai no Libretto, no dia a dia, quais são impossíveis de rodar, quais rodam bem; isso seria bem bacana ;)!!


Abraço,

Até mais,


[6] Comentário enviado por fftrebor em 24/05/2010 - 10:18h

Olá a todos.

Estive algum tempo fora, curtindo umas merecidas férias depois de 5 anos... Por isto, perdão pela demora nas respostas.

1) edps (Edinaldo): É verdade. Eu tentei a Lenny antes e não deu certo... por isto que comecei pelo Woody. Mas faltou eu mencionar que dá para ir acrescentando as sources para ir atualizando alguns pacotes principais e instalando alguns outros pacotes.

2) Cisco Kid: Espero que tenha gostado.

3) Felipe: Eu testei o kde e outros... mas como o bb não tem...

4) Lisandro: Na primeira vez que tentei instalar, a cerca de 8 anos atrás, eu até pensei em instalar via rede... mas como minha opção foi a instalação a partir do hd, continuei por este caminho. Até porque eu gostei muito do Debian antes e como ele já tinha uma opção assim, segui por este caminho mesmo. Outra coisa, eu gostaria muito de saber como você fez a instalação via rede. Você poderia escrever um artigo sobre esta opção, seria muito legal. :-)

5) Cisto Kid: Como respondí ao Edinaldo, eu instalei o Woody e estou atualizando alguns pacotes e instalando outros. Eu até tentei instalar a partir de versões mais novas, porém por um motivo ou por outro, não deram em bons resultados. Mas isto é tudo uma questão de perseverança.

Um abraço a todos

[7] Comentário enviado por ricardoperera em 28/05/2010 - 23:50h

Olá Robert!! Que programas você está conseguindo usar com ele?! Voce já testou o seamonkey nele (email, browser, chat, ed. html)?? fiquei curioso sobre a possibilidade =P!! Muito bom o seu artigo, parabéns por todo o esforço e criatividade!! Curti muito ler a empreitada que foi instalar o debian nele!!

Até

[8] Comentário enviado por fftrebor em 04/06/2010 - 12:04h

Ricardo

Não dá para rodar muitas coisas devido à pouca memória e o baixo recurso do processador.
Porém, já instalei o apache em uma das oportunidades e rodou de forma aceitável.
O ftp não deve nada...
Uma vez instalei o traceroute, um trace gráfico que também funcionou de forma interessante.
Como servidor de e-mail também funcionou direito...
O meu uso nela é em reuniões. Eu gosto de escrever as atas no vim...

:-)

Pronto... contei...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts