Incrementando as funções do KDE com "servicemenus"

Este artigo explica como personalizar seu KDE com services menus, simplificando tarefas repetitivas. Os services menus adicionam funções extras ao menu que aparece ao se clicar com o botão direito do mouse sobre um ítem. Faça mágicas com seu KDE com os mais variados tipos de services menus, confira.

[ Hits: 35.841 ]

Por: Perfil removido em 05/09/2004


Introdução



Você já domina os aspectos básicos do Linux e trabalha na interface gráfica da mesma forma que em outro OS proprietário. Tudo está redondinho, redondinho... até que você faz aquela pergunta:

Não existe um jeito mais fácil para fazer isso???

Sim, não importa o quanto esteja acostumado, sempre vão haver tarefas onde desejará "alguns cliques de mouse a menos". ;-)) Abrir terminal, adquirir status de root, dividir arquivos, imprimir textos, etc.

Mas o bom é que no Linux você não terá nenhum problema utilizando "servicemenus". Estes nada mais são que arquivos textos que o KDE "apresenta" como aquelas opções no botão direito do mouse: "Abrir com", "Ações", "Pré-visualizar", etc.

A vantagem é que o usuário pode adicionar a funcionalidade que desejar de acordo com sua rotina de trabalho. Pode baixar um servicemenu da internet ou então criar o seu!!!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Baixando e instalando servicemenus
   3. Servicemenus úteis: QSPLIT
   4. Servicemenus úteis: OOPRINT
   5. Servicemenus úteis: Edit as SU
   6. Servicemenus úteis: Make executable
   7. Servicemenus úteis: MD5SUN e SHA1SUN
   8. Criando um servicemenu
Outros artigos deste autor

Sudoers 1.8.12 - Parte IV - Manual

KoverArtist: Criando capas de CDs e DVDs

Alguém, salve os multiterminais do Proinfo. Por favor!

A camada de enlace de dados

Gerenciando redes com Perl e SNMP

Leitura recomendada

Configuração universal do servidor X (modo gráfico)

Instalação do CentOS Atomic para Gerenciamento de Containers Docker

Configurando JAVA no Firefox para acessar página de bancos

Configurando o X e a placa de vídeo NVidia no Debian Sarge

Instalando o VMware Player 12 no Linux Mint 17.3

  
Comentários
[1] Comentário enviado por vodooo em 05/09/2004 - 14:52h

Legal essa possibilidade no KDE!

Bom artigo! Parabéns!

Abraços

[2] Comentário enviado por removido em 05/09/2004 - 23:51h

Deixa o Linux mais pratico
Abraços

[3] Comentário enviado por agk em 06/09/2004 - 19:40h

Parabéns excelente artigo, assim podemos agilizar as coisas para nossos usuários que não querem encarar a tela preta, eheh. Muito mais fácil, valeu.

[4] Comentário enviado por jllucca em 08/09/2004 - 14:52h

Cara,

artigo tá excelente! Acho este mais um artigo que é capaz de remover o medo das pessoas de utilizar o linux. Alem do que para o usuario esforçado, ele terá sempre a facilidade de poder configurar seu KDE. Já pensou no futuro ter o pessoal distribuindo "upgrades" pro kde que nada mais é que services menus? Ou ainda... já pensou, "como faço isso?", "ah! pega esse negocio e instala. Ai so clicar com o botão direito do mouse e escolher lá em ações!". Sinceramente, achei uma excelente sacada do KDE. :)

[]'s

[5] Comentário enviado por removido em 09/09/2004 - 02:13h

Esse tutorial dá uma idéia do que significa quando dizem que o Linux é LIVRE e ABERTO.
Muito boa dica. Mesmo que jamais precise usá-la, fico feliz em saber que, se precisar, posso fazer.
[]s!
Wesley Caiapó

[6] Comentário enviado por fenxflash em 03/04/2006 - 17:02h

Adorei, eu sabia fazer programinhas no linux mas numca pensei em usar para melhorar, agora to fazendo uns utilitários muito legais e matando meus amigos de inveja


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts