Como instalar Microsoft SQL SERVER no openSUSE Linux

Veremos neste documento como executar um servidor Microsoft SQL Server na plataforma Linux. Acredito ser uma oportunidade para a comunidade GNU/Linux prover serviços de migração de servidores (local ou em Azure), como também uma ocasião favorável para remover muitos servidores Windows Server da ilegalidade. Agradecimentos em especial para Paula Bellizia e Adriano Bottas da Microsoft pelo apoio no trabalho de interoperabilidade.

[ Hits: 6.570 ]

Por: Alessandro de Oliveira Faria (A.K.A. CABELO) em 06/02/2017 | Blog: http://assuntonerd.com.br


Introdução



MS SQL Server voltando as origens (*NIX), pois foi criado em parceria com SYBASE. Até a versão 4.X (se não me engano), os dois banco de dados era praticamente idênticos. Utilizei muito o SYBASE no Conectiva Linux em 1998.

Agora o MS SQL está voltando ao ambiente Linux, baseado no SQL Server 2016, o pacote SQL Server for Linux proporciona todos os recursos para criar e desenvolver em uma única plataforma Linux produtos de acesso em banco de dados, além do gerenciamento de dados e análise de negócios.

Satya Nadella, o CEO da Microsoft assumiu prover uma maior abertura ao GNU/Linux, e assim está acontecendo. Pois o produto SQL Server, uma das peças mais populares de software na estante Microsoft, foi disponibilizado para Linux, e veremos neste artigo como utilizá-lo.
Linux: Como instalar Microsoft SQL SERVER no openSUSE Linux.
Paula Bellizia e Alessandro Faria (Cabelo)
O SQL Server for Linux apresenta todas as principais características que os usuários esperam deste produto. Depois de tornar open source o framework .NET para levá-lo ao Linux e OS X, além de ter criado uma fundação para promover software de código aberto, acredito que a decisão de disponibilizar este banco de dados no ambiente GNU/Linux é um marco. Muitas máquinas poderão sair da ilegalidade com o Windows Server e utilizar a plataforma Linux junto ao servidor MSSQL.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Mão na massa
   3. Instalando as ferramentas clientes e utilitários
Outros artigos deste autor

Tempest for Elisa: Transforme seu monitor em estação de rádio

Biometria: Processamento de imagens capturadas em leitores de impressão digital

Compile programas para o PlayStation 3 em PC de 32 bits

MOVIX: a fantástica mini-distribuição Multimídia

Visão Computacional - Reconhecendo objetos na plataforma Linux via Webcam

Leitura recomendada

Desenvolvimento de uma interface WEB com PHP para gerenciamento de banco de dados CouchDB

Apache Cassandra NoSQL, uma tecnologia emergente

Consultas SQL pelo Terminal no Postgres, Mysql, SQL Server, etc

Uma vulnerabilidade chamada de SQL Injection

Banco de dados e Cloud Computing, melhor opção?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por K666 em 07/02/2017 - 03:13h

Show de bola. Estava procurando um tutorial dessa forma didática. Ótima contribuição para a comunidades! :)
_________________________
"GNU/Linux for human beings."

ºvº "Software Livre: não é pelo dinheiro.
/( _ ) É uma questão de consciência."
^ ^


[2] Comentário enviado por Fabio_Farias em 09/02/2017 - 08:59h

Muito bom

[3] Comentário enviado por chaplinux em 09/02/2017 - 13:08h

Boa Cabelo!!!! quando fará implante??? hahahahah


mais voltando a questão, ja é oficial? ou seja,... ja eh um SQL para produção? ou é para Teste ainda?


~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~===
{ Papai..., o que é Software?
meu filho..., Software é a parte que você xinga...
...mais Pai! então o que é Hardware ?
meu guri..., Hardware é a parte que você chuta! ...
... hhha tá.. }

[4] Comentário enviado por madrugada em 09/02/2017 - 14:05h

Parabéns Cabelo!
Eu abri mão das ferramentas. Acesso a base direto do Kate(editor de texto KDE)
Deixei o screenshot aqui:
https://www.vivaolinux.com.br/screenshot/KDE-SQL-Server-no-Linux/

Para isso, foi necessário instalar free-TDS(não é nativo no Slack), e compilar o pacote qt com suporte ao driver TDS(free-TDS). O Kate usa esse driver compilado junto ao pacote QT.

[5] Comentário enviado por erissonsilva em 09/02/2017 - 15:02h

Excelente tutorial, não tinha certeza se havia sido lançado a versão estável. Acabei de testar na minha estação Fedora 25 utilizando os repositórios do RHEL. Funciona perfeitamente!!
Um forte abraço!

[6] Comentário enviado por eduardo_c17 em 10/02/2017 - 16:23h

Muito bom, uma duvida. Existe uma console como o management studio pra editar os scripts e tal?

[7] Comentário enviado por lksmodos em 17/02/2017 - 15:13h

Cara muito bom , vou salvar até nos favoritos , era tudo que eu tava precisando.

[8] Comentário enviado por chaplinux em 17/02/2017 - 15:21h


Essa versao eh FULL?? da de fazer replicação de banco com ela?

~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~~===~~~~~~~===
{ Papai..., o que é Software?
meu filho..., Software é a parte que você xinga...
...mais Pai! então o que é Hardware ?
meu guri..., Hardware é a parte que você chuta! ...
... hhha tá.. }


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts