Aptitude, uma ferramenta poderosa

Post original do TuxMastes (http://tuxmasters.blogspot.com), onde faço uma introdução ao Aptitude, este excelente software de gerenciamento de pacotes para Debian e derivados.

[ Hits: 106.350 ]

Por: Evaldo Junior Bento em 16/05/2007 | Blog: http://infog.casoft.info/


Instalando um pacote



Agora vamos aprender na prática! Vamos instalar algo e depois removê-lo, assim vocês verão como o Aptitude pode facilitar a vida.

Para esse exemplo vou instalar algo para poder brincar depois, vou instalar um jogo! Afinal, depois de escrever isso o melhor é relaxar, e nada como um bom joguinho para isso. =P
E o jogo escolhido foi o excelente Powermanga[1], um joguinho de nave bem divertido e viciante.

Estou usando o Debian Etch apenas com os repositórios oficiais e já atualizei minha lista de pacotes (apt-get update).

Com o Aptitude aberto nós temos que pesquisar pelo nome do pacote, para isso use o menu Procurar ->Encontrar ou simplesmente aperte "/" que aparecerá uma caixa com um campo onde você deverá digitar o nome do pacote ou parte do nome. Aqui eu digitei apenas "power" e dei enter, assim ele foi para o primeiro pacote que tem power no nome, nesse caso o powersaved:


Para fazer o cursor avançar até o próximo pacote com "power" no nome, use o menu Procurar => Procurar Novamente ou a tecla "n", você pode continuar apertando "n" até encontrar o Powermanga ou iniciar uma nova pesquisa (/) e digitar o nome completo.

Quando encontrar o pacote você pode "entrar" nele e ver a descrição, dependências, conflitos e versões disponíveis para instalação. Essas versões são mostradas apenas quando você tem duas versões Debian no seu sources.list, tipo Sarge e Etch, e há uma versão diferente do pacote para cada distro, caso você use apenas uma versão Debian a lista de versões mostrará apenas uma versão.

Se você está seguindo o exemplo você deve estar vendo uma tela como essa:


Como vocês podem ver aqui quase todas as dependências do Powermanga estão satisfeitas, falta apenas a powermanga-data, que está marcado de vermelho. Você pode instalar as dependências primeiro ou mandar instalar o pacote principal, pois o Aptitude marca as dependências para instalação também.

Tá bom InFog, mas como eu marco o pacote para instalação?

Para marcar o pacote para instalação, coloque o cursor sobre a versão que você quer instalar, ou a única versão se for seu caso, e use o menu Pacote -> Instalar ou use a tecla "+," ao fazer isso o pacote será marcado de verde e as dependências serão resolvidas.

Vamos à instalação? Use o menu Ações -> Instalar/Remover Pacotes ou use a tecla "g", o Aptitude mostrará as alterações que serão realizadas, e apertando "g" mais uma vez ele irá baixar os pacotes e fazer a instalação:




Prontinho, pacote instalado. Basta jogar! hehe

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Início
   2. Instalando um pacote
   3. Removendo um pacote
Outros artigos deste autor

Escolhendo pacotes durante a instalação do Slackware 10.2

O Preço do Livre

KDM no Slackware 11.0

Leitura recomendada

Como fazer um servidor de rádio virtual

Arapuca - Expandindo as funcionalidades do FreeRADIUS

Importando extratos do Banco do Brasil para o Kmymoney (gerenciador de finanças pessoais)

openSUSE - As várias formas de atualizá-lo e de instalar pacotes

Migrando seu desktop para software livre

  
Comentários
[1] Comentário enviado por canaman em 16/05/2007 - 08:46h

Só esqueceu de dizer que desde o sarge que a equipe do Debian assumiu o aptitude como o gerenciador de pacotes padrão! O apt-get nao é mais recomendado desde de o 3.1r0!!! Porque? Eu já testei, você instala o pacote e ele pega as dependências; ao desinstalar o pacote, pode ser que alguma dependência dele que não é usada por mais ninguém continue instalada, por ex. eu instalo o pacote PLAYBOY e ele tem como dependência os pacotes MULHER_PELADA e REVISTA; ao desinstalar playboy, o apt-get pode deixar MULHER_PELADA e/ou REVISTA instalados. O aptitude lida melhor com isso, eu testei com alguns pacotes e realmente acontecia isto com o apt-get... BASTAVA O POVO LER O RELEASE NOTES DO DEBIAN... só o que tem é tutorial utilizando ainda o apt-get...
Ah, ia esquecendo... Bom artigo! Ficou bem fácil pra que nunca mexeu com o aptitude.. Ah, e essa é a interface, ele também funciona como o apt-get, aptitude install pacote, aptitude remove pacote, etc... Essa interface substitui o dselect (também recomendação Debian).

[2] Comentário enviado por tyty em 17/05/2007 - 17:12h

Cara, realmente ficou muito bom o seu artigo, simples e direto, uso o Debian há algum tempo e já havia tentado mexer com o Aptitude, mas não dei conta =\, com esse artigo ai as coisas estão mais claras.

[3] Comentário enviado por brotheroliva em 14/06/2007 - 09:15h

Ola amigo, me recomendaram seu artigo a uma pergunda que fiz. É possivel obter um aplicativo desse nivel gráfico?
Esse negocio de comando é muito chato, você conhece algum?
Obrigado
Ricardo.

[4] Comentário enviado por rbnamerico em 13/02/2008 - 11:13h

?comentario=
Brotheroliva, tem sim, você pode instalar o Synaptic e usa-lo a partir da interface gráfica

[5] Comentário enviado por bruno_r_santana em 08/09/2011 - 21:54h

Muito bom seu artigo. Eu só usava o apt-get, mas agora já dá para usar o aptitude também. valeu!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts