Anima Beat

Caros, hoje nós vamos tratar de um assunto que é de grande utilidade, a criação de pequenas animações Gif sequenciais com o Gimp.

[ Hits: 7.655 ]

Por: Guilherme RazGriz em 27/05/2010 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


A imagem e o roteiro



Antes de mais nada precisamos de uma base para começar, então imagine primeiro o que você quer criar e como vai ficar, ainda neste processo escolhemos a nossa imagem do dia:
Escolhida a imagem do dia, vamos falar um pouquinho sobre a mecânica básica de uma animação primária:

Toda animação é composta por uma sequência de eventos que tornam a mecânica possível, então estes eventos são divididos em quadros, quanto mais quadros mais complexa e detalhada se torna a animação =]. Para criar uma animação, por mais primária que seja, precisamos de no mínimo dois quadros para que a ação se transforme. Bons exemplos de animação básica a nossa volta são os banners de alguns anunciantes do VOL que ficam trocando seus dizeres. Dito isso vamos começar duplicando a camada base a fim de criarmos a primeira sequência do nosso objeto:
Feito isso, imaginei para este pequeno ato uma espiral que derretesse o objeto de forma que o mesmo pudesse voltar ao seu estado original depois, dito isso, vamos ao filtro responsável por esta tarefa, ele se denomina "Deformação Interativa" e o caminho até o mesmo pode ser visto abaixo:
Aberta a interface do filtro, selecionemos o modo de interação de livre escolha, elevando o raio de deformação a uma valoração acima de 200, apenas tome cuidado nesta fase pois como queremos uma animação detalhista não podemos deformar a imagem em demasia por agora. Assim dê apenas alguns poucos cliques na mesma, o suficiente para apenas alterar seu aspecto:
E por hora temos:
Feito isso, duplique a camada que sofreu esta ação e sobre a nova camada vamos repetir o mesmo procedimento supracitado:
Repare como o entorce ficou naturalmente mais acentuado:
Não se esqueça de duplicar a camada para que a original modificada antes permaneça intacta. =]
Aqui já estamos na metade da dobra da imagem:
Depois que ficar satisfeito com o roteiro criado, duplique a camada BASE da imagem e leve a nova camada até o topo das camadas arrastando a mesma com o mouse:
Agora que o roteiro foi concluído, vamos salvar nossa animação.

Dê o nome do arquivo e atribua a ele a extensão GIF:
Feito isso, marque a opção denominada "Salvar como animação":
Feito isso, clique em exportar, agora você pode adicionar um comentário ao Gif se assim desejar, e determinar o tempo de atraso entre os quadros da animação, geralmente um valor abaixo de 120 é suficiente para uma transição contínua e homogênea:
E assim ficou o nosso exemplo do dia:
Dito isso meus caros aprendizes, vejo vocês no nosso próximo assunto!

   

Páginas do artigo
   1. A imagem e o roteiro
Outros artigos deste autor

Porque o PC popular é ruim?

Blender para todos! - Parte II

Publicidade e software LIVRE? De novo?

Modelagem realista com o Blender

Blender - Como fazer um planeta 3D

Leitura recomendada

VRML - A Web ganhando vida!

Transmitindo vídeo de eventos ao vivo via Internet com GNU/Linux

Aixgl + Beryl no Slackware

Virtual Tuning com GIMP

ARToolKit: Criando aplicativos de Realidade Aumentada

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dbahiaz em 27/05/2010 - 23:03h

Muito legal, parabéns!

Já fiz até umas animações aqui :)

Abraço, e manda mais!

[2] Comentário enviado por cleysinhonv em 28/05/2010 - 15:37h

Grande RazGriz,

Animando o VOL com GIMP. Muito Bacana a aula.

Um abraç@!

[3] Comentário enviado por premoli em 01/06/2010 - 19:52h

Fiz minha primeira animaçãono GIMP através deste artigo, nada comparado ao exemplo acima mais funcionou, está no na minha imagem do VOL. A propósito, qual a versão do seu editor? Viva o Linux! Parabéns!!!

[4] Comentário enviado por removido em 18/05/2014 - 22:07h

Cara muito bom


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts