Administração de sistema via WEB

O Webmin é um software que permite administrar o sistema via WEB, inclusive usuários e senhas, NIS e NFS, sistema de quotas, etc. Conheça esta incrível ferramenta e facilite sua vida!

[ Hits: 52.005 ]

Por: Juliao Junior em 26/12/2006


Introdução



O Webmin é um software que permite administrar o sistema via WEB, inclusive usuários e senhas, NIS e NFS, sistema de quotas, Apache, DNS, etc. Já foi traduzido para mais de 20 idiomas! O Webmin acessa diretamente os arquivos do sistema (p.ex.: /etc/passwd). Foi desenvolvido por Jamie Cameron utilizando a linguagem Perl, mas há muitos módulos escritos por vários outros colaboradores.

Ah, é! Os módulos! O Webmin tem esta incrível ferramenta: você pode buscar módulos que incrementem o programa. Terá acesso a eles no mesmo ambiente do Webmin. Verá os módulos como opções no ambiente Webmin e após instalados nem notará a diferença entre módulos instalados posteriormente e os módulos 'padrão'. Para aqueles que desejam uma boa introdução ao Webmin, aqui vamos nós!


Download

Algumas distros já trazem o Webmin como interface primária de administração. Se a sua não traz, sem problemas! Vamos baixar e instalar. Embora você veja um ambiente web, é preciso sim instalar na máquina. Você encontrará a última versão, juntamente com as instruções de download e instalação, no site oficial:
Se você usa Debian ou Ubuntu, vá no Synaptic e deixe ele fazer o resto. Não esqueça de baixar e instalar os módulos que achar necessário para as suas atividades

Primeiros contatos

Após a instalação, a aparência é semelhante em todas as distros. Pequenas variações ocorrem, dependendo dos módulos que você instalou e do seu sistema. Também toda a configuração do próprio Webmin pode ser feita dentro dele.

Para acessar o Webmin, abra seu browser e digite no espaço de endereço informado no passo anterior: quando você encontrou os passos para instalação do Webmin. No meu caso. o endereço é: https://<nomedoservidor>:10000/

Você terá acesso à área de login, talvez algo parecido com a imagem abaixo:


O login do usuário (normalmente 'root') talvez já esteja lá. Digite sua senha e entre.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Primeiro contato
   3. Configurando o Sistema
   4. Ferramentas Adicionais
Outros artigos deste autor

Linux: kernel e distribuições

Processing - Interagindo com o usuário

Grace - Usando a função "Regression"

Programando em Octave (parte 1)

Aprenda Python - Guia "rápido"

Leitura recomendada

Instalação e Configuração do Puppet

Criando aplicação MVC utilizando DOTNET Core no GNU/Linux

Apache + PHP + MySQL + ftpd no OpenBSD

IMHear, Sniffer de mensagens do MSN

SMART Package Manager

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 26/12/2006 - 23:35h

Olá...

Gosto muito de configuração via modo texto, mas você está de PARABÉNS por este artigo que vai ajudar - e muito - os inciantes que possui dificuldades de configuração manual.

Parabéns, Cícero...

:::... Viva o Linux ...:::

[2] Comentário enviado por thelinux em 27/12/2006 - 09:18h

Parabéns pelo artigo. Parabéns por ter vencido as críticas negativas sobre o último artigo.

[3] Comentário enviado por removido em 27/12/2006 - 09:48h

Vale lembrar tb que o webmin tem varias falhas, ele é bom eu mesmo uso ele em varios servidores onde eu trabalho e em varios clientes meus, mas a questao é saber configurar.
umas das falhas que vou mostrar esta presente em muitos servidores, espalhados pela internet ate mesmo em muitos provedores, mas ja tem correção.
vale a competência do administrador.
Abaixo tem o link pro xpl pra explorar a falha.
Link: http://milw0rm.com/exploits/1997

Caso entenda perl edite o arquivo miniserv.conf
e altere a linha denyfile para denyfile=\.pl$
Problema resolvido tb :p

port=7894
addtype_cgi=internal/cgi
realm=Webmin Server
logfile=miniserv.log
errorlog=miniserv.error
pidfile=miniserv.pid
logtime=168
ppath=
ssl=0
env_WEBMIN_CONFIG=/etc/webmin
env_WEBMIN_VAR=/var/webmin
atboot=0
logout=/etc/webmin/logout-flag
denyfile=
log=1
blockhost_failures=5
blockhost_time=60
syslog=1
session=1
userfile=/etc/webmin/miniserv.users
keyfile=/etc/webmin/miniserv.pem
passwd_file=/etc/shadow
passwd_uindex=0
passwd_pindex=1
passwd_cindex=2
passwd_mindex=4
passwd_mode=0
preroot=mscstyle3
passdelay=1
logouttimes=
sockets=
root=/usr/libexec/webmin
mimetypes=/usr/libexec/webmin/mime.types


Abraços.

e Feliz 2007 :p

Jairo Carneiro \;




[4] Comentário enviado por coffani em 27/12/2006 - 13:34h

Parabens do artigo, o webmin é uma excelente ferramenta e quebra um galhão, mas como o nosso amigo rychardi, o bom mesmo é fazer na mão. Parabéns.

[5] Comentário enviado por juliaojunior em 27/12/2006 - 15:08h

Atualmente, também faço na mão. Mas o Webmin me ajudou muito no começo, inclusive para clarear as idéias quando voltei a tentar no terminal.

[6] Comentário enviado por jalexandre em 27/12/2006 - 22:24h

Opa... ai mora um perigo enorme para os novos sysadmins.
O caminho, creio eu, deve ser inverso. Devemos partir do texto pra o gráfico, e não o inverso. Digo isso porque, no meu antigo emprego, eu via diversos técnicos "chorando" porque não havia nenhuma ferramenta gráfica nos servidores.
Depois de acostumar e aprender a fazer as coisas na mão, pode-se usar o webmin tranquilamente :)

Fica ai a dica, sem desmerecer o artigo, que é bem bacana.
Parebéns, JuliaoJunior.

[7] Comentário enviado por ferretics em 28/12/2006 - 12:34h

O tutorial esta muito joia, porem se e destinado a iniciantes poderia destinar uma parte a instalação

[8] Comentário enviado por joabes em 29/12/2006 - 10:43h

Bom dia, também concordo com o jackslack o ideal é partir do ambiente texto para o gráfico, eu me adaptei a fazer tudo em ambiente texto e confesso que hoje não uso o gráfico, raramente isso ocorre, para sem sincero quase nunca porque nos meus servers eu não coloco ambiente grafico e o Webmin só tenho 1 um servidor de cliente e raramente eu o uso. Porém é uma boa solução desde que corrigido as falhas.

Cordialmente
Joabes

[9] Comentário enviado por silveira.sasp em 07/01/2007 - 12:18h

O Webmin se apresenta como uma excelente ferramenta de administração de servidores, o artigo em questão mostra a existência de uma aplicação que irá permitir agilizar o trabalho de gerenciamento dos servidores.
Vale salientar que o webmin permite ao administrador da rede designar gerentes, sem conhecimentos mais profundos, para realizar tarefas rotineiras, como gerenciar contas de usuários, fazer backups, etc., desde que bem configurado pelo administrador.

[10] Comentário enviado por aps167 em 27/03/2007 - 10:56h

amigão,

Não estou conseguinto usar o webmin pela internet.
estou usando o webmin intalado pelo aptitude do debain, mas não consigo acessa-lo pela internet..segue abaixo meu aqruivo de configuração.

root=/usr/share/webmin
.mimetypes=/etc/mime.types
port=10000
host=debian
addtype_cgi=internal/cgi
realm=Webmin Server
logfile=/var/log/webmin/miniserv.log
pidfile=/var/run/webmin.pid
logtime=168
ssl=0
env_WEBMIN_CONFIG=/etc/webmin
env_WEBMIN_VAR=/var/log/webmin
logout=/etc/webmin/logout-flag
listen=10000
userfile=/etc/webmin/miniserv.users
keyfile=/etc/webmin/miniserv.pem
libwrap=1
alwaysresolve=1
allow=192.168.2., 200., 201.
blockhost_time=300
no_pam=0
logouttime=5
passdelay=1
session=1
blockhost_failures=3
syslog=1
log=1
logclear=
loghost=1
preroot=debiantheme
ppath=
atboot=1
denyfile=\.pl$
extraroot_0=/usr/local/share/webmin
preroot_root=mscstyle3

[11] Comentário enviado por diegoaceneves em 06/07/2008 - 19:23h

O tuto ta bem simples de entender, em relação a instalação, mas tmb pode-se instalar via apt-get, q no caso seria so add o repositorio do webmin

deb http://download.webmin.com/download/repository sarge contrib

da o update (apt-get update)

e ai sim: apt-get install webmin . se o sistema estiver atualizado, ao instalar o webmin, pelo metodo do apt, ele ja instala alguns aquivos necessarios...


i no mais, é so configura, e rodar,,,


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts