Administração de sistema via WEB

O Webmin é um software que permite administrar o sistema via WEB, inclusive usuários e senhas, NIS e NFS, sistema de quotas, etc. Conheça esta incrível ferramenta e facilite sua vida!

[ Hits: 52.885 ]

Por: Juliao Junior em 26/12/2006


Configurando o Sistema



Clique na aba 'Sistema'. Você terá acesso a muitas escolhas de configuração do sistema: boot e shutdown, quotas de disco, sistemas de arquivos, páginas de manual, nfs export, processos, logs do sistema, e muito mais.

Boot e Shutdown

Dependendo do idioma que você usou no Webmin, verá entre as opções "Bootup and Shutdown" ou "Iniciar e Encerrar". Você terá acesso as opções de inicialização e encerramento do sistema. Leia as instruções em cada item e faça as escolhas desejadas por clicar na opção. No fim da página verá dois botões: 'Reiniciar o Sistema' e 'Encerrar o Sistema'. Clicando em um deles, o sistema será imediatamente reiniciado ou encerrado, respectivamente. Clique em 'Voltar a Índice', para retornar a aba 'Sistema'.

Sistema de Arquivos e Rede

Na opção 'Sistema de Arquivos de Disco' (ou 'Disk and Network Filesystems') você verá detalhadamente os sistemas de arquivos listados em /etc/fstab. Poderá editar pontos de montagem, criar novos pontos de montagem, montar e desmontar partições e adicionar restrições para segurança.

Para editar a partição /home por exemplo, basta clicar no link '/home'. Em 'Mounted As', você verá o 'nome' da partição. Também em 'Save Mount?' basta clicar a opção 'Save and mount at boot' e a partição será montada durante o boot. Fácil, não? Em 'Mount Options' poderá escolher algumas características da partição. Se clicar em Sim para 'Read-only' a partição será montada como somente-leitura. Quando terminar, clique em 'Salvar', perto do fim da página, e em 'Voltar à filesystem list'.

Comandos Agendados

Na opção 'Comandos Agendados' (Scheduled Commands) pode-se automatizar comandos para serem executados em determinado momento. Em 'Executar como usuário' escolha sob qual usuário o comando será executado. Escolha o dia ('Executar no dia'), e os comandos a serem executados ('Comandos a Executar'). Note que se seu desejo é realizar tarefas periódicas, a cada semana ou mês, por exemplo, 'Comandos Agendados' não é a melhor escolha. Use a opção descrita a seguir.

Tarefas Agendadas (Cron)

Aqui você terá acesso ao agendamento de tarefas periódicas. Para criar um nova tarefa, clique em 'Criar nova tarefa agendada'. É um mais ou menos como em 'Comandos Agendados', mas em 'A executar quando' você pode escolher a periodicidade da execução dos comandos: se todos os domingos, segundas, ou dia determinado do mês. Basta clicar nas opções. Tudo super fácil !!

Pacotes de Softwares

Em 'Pacotes de Softwares' você poderá administrar os pacotes instalados, as atualizações e manutenções de forma simples. Digite o nome do pacote desejado no espaço fornecido no item 'Pacotes Instalados - Procurar pacotes'. Todos os pacotes relacionados com os nomes fornecidos serão listados. Em 'Instalar Novo Pacote', escolha de onde ele virá (se de um diretório, url, ou apt), e o Webmin fará o resto. Em 'Upgrade All packages', escolha qual tipo de upgrade (se todos os pacotes, se a própria distro, ou alguns pacotes), e novamente deixe o Webmin trabalhar!!

Usuários e Grupos

Em 'Usuários e Grupos' você poderá acrescentar usuários ao sistema, e editar seus acessos diretamente do Webmin. E mais: se você instalou o módulo do Webmin para NIS, mudanças nessa área do Webmin serão integradas automaticamente ao NIS (dependendo da sua distro, é claro!). O uso desta seção é similar ao restante do programa, sendo de fácil utilização. Quando clicar em um usuário existente, será mostrada uma página com as opções para este usuário. Escolha o que desejar, e salve as mudanças. Para criar um novo usuário, clique em 'Criar novo usuário', no pé da página.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Primeiro contato
   3. Configurando o Sistema
   4. Ferramentas Adicionais
Outros artigos deste autor

Guia introdutório do Linux IV

Python, o curso (parte 1)

VRML - A Web ganhando vida!

Usando variáveis de ambiente

APTonCD - Seu repositório portátil

Leitura recomendada

Programação (II) - Modularização

openSUSE - As várias formas de atualizá-lo e de instalar pacotes

Bind – Servidor DNS no OpenSOLARIS

Bioinformática - Análise Filogenética com Clustalx

Processadores duplos e quádruplos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 26/12/2006 - 23:35h

Olá...

Gosto muito de configuração via modo texto, mas você está de PARABÉNS por este artigo que vai ajudar - e muito - os inciantes que possui dificuldades de configuração manual.

Parabéns, Cícero...

:::... Viva o Linux ...:::

[2] Comentário enviado por thelinux em 27/12/2006 - 09:18h

Parabéns pelo artigo. Parabéns por ter vencido as críticas negativas sobre o último artigo.

[3] Comentário enviado por removido em 27/12/2006 - 09:48h

Vale lembrar tb que o webmin tem varias falhas, ele é bom eu mesmo uso ele em varios servidores onde eu trabalho e em varios clientes meus, mas a questao é saber configurar.
umas das falhas que vou mostrar esta presente em muitos servidores, espalhados pela internet ate mesmo em muitos provedores, mas ja tem correção.
vale a competência do administrador.
Abaixo tem o link pro xpl pra explorar a falha.
Link: http://milw0rm.com/exploits/1997

Caso entenda perl edite o arquivo miniserv.conf
e altere a linha denyfile para denyfile=\.pl$
Problema resolvido tb :p

port=7894
addtype_cgi=internal/cgi
realm=Webmin Server
logfile=miniserv.log
errorlog=miniserv.error
pidfile=miniserv.pid
logtime=168
ppath=
ssl=0
env_WEBMIN_CONFIG=/etc/webmin
env_WEBMIN_VAR=/var/webmin
atboot=0
logout=/etc/webmin/logout-flag
denyfile=
log=1
blockhost_failures=5
blockhost_time=60
syslog=1
session=1
userfile=/etc/webmin/miniserv.users
keyfile=/etc/webmin/miniserv.pem
passwd_file=/etc/shadow
passwd_uindex=0
passwd_pindex=1
passwd_cindex=2
passwd_mindex=4
passwd_mode=0
preroot=mscstyle3
passdelay=1
logouttimes=
sockets=
root=/usr/libexec/webmin
mimetypes=/usr/libexec/webmin/mime.types


Abraços.

e Feliz 2007 :p

Jairo Carneiro \;




[4] Comentário enviado por coffani em 27/12/2006 - 13:34h

Parabens do artigo, o webmin é uma excelente ferramenta e quebra um galhão, mas como o nosso amigo rychardi, o bom mesmo é fazer na mão. Parabéns.

[5] Comentário enviado por juliaojunior em 27/12/2006 - 15:08h

Atualmente, também faço na mão. Mas o Webmin me ajudou muito no começo, inclusive para clarear as idéias quando voltei a tentar no terminal.

[6] Comentário enviado por jalexandre em 27/12/2006 - 22:24h

Opa... ai mora um perigo enorme para os novos sysadmins.
O caminho, creio eu, deve ser inverso. Devemos partir do texto pra o gráfico, e não o inverso. Digo isso porque, no meu antigo emprego, eu via diversos técnicos "chorando" porque não havia nenhuma ferramenta gráfica nos servidores.
Depois de acostumar e aprender a fazer as coisas na mão, pode-se usar o webmin tranquilamente :)

Fica ai a dica, sem desmerecer o artigo, que é bem bacana.
Parebéns, JuliaoJunior.

[7] Comentário enviado por ferretics em 28/12/2006 - 12:34h

O tutorial esta muito joia, porem se e destinado a iniciantes poderia destinar uma parte a instalação

[8] Comentário enviado por joabes em 29/12/2006 - 10:43h

Bom dia, também concordo com o jackslack o ideal é partir do ambiente texto para o gráfico, eu me adaptei a fazer tudo em ambiente texto e confesso que hoje não uso o gráfico, raramente isso ocorre, para sem sincero quase nunca porque nos meus servers eu não coloco ambiente grafico e o Webmin só tenho 1 um servidor de cliente e raramente eu o uso. Porém é uma boa solução desde que corrigido as falhas.

Cordialmente
Joabes

[9] Comentário enviado por silveira.sasp em 07/01/2007 - 12:18h

O Webmin se apresenta como uma excelente ferramenta de administração de servidores, o artigo em questão mostra a existência de uma aplicação que irá permitir agilizar o trabalho de gerenciamento dos servidores.
Vale salientar que o webmin permite ao administrador da rede designar gerentes, sem conhecimentos mais profundos, para realizar tarefas rotineiras, como gerenciar contas de usuários, fazer backups, etc., desde que bem configurado pelo administrador.

[10] Comentário enviado por aps167 em 27/03/2007 - 10:56h

amigão,

Não estou conseguinto usar o webmin pela internet.
estou usando o webmin intalado pelo aptitude do debain, mas não consigo acessa-lo pela internet..segue abaixo meu aqruivo de configuração.

root=/usr/share/webmin
.mimetypes=/etc/mime.types
port=10000
host=debian
addtype_cgi=internal/cgi
realm=Webmin Server
logfile=/var/log/webmin/miniserv.log
pidfile=/var/run/webmin.pid
logtime=168
ssl=0
env_WEBMIN_CONFIG=/etc/webmin
env_WEBMIN_VAR=/var/log/webmin
logout=/etc/webmin/logout-flag
listen=10000
userfile=/etc/webmin/miniserv.users
keyfile=/etc/webmin/miniserv.pem
libwrap=1
alwaysresolve=1
allow=192.168.2., 200., 201.
blockhost_time=300
no_pam=0
logouttime=5
passdelay=1
session=1
blockhost_failures=3
syslog=1
log=1
logclear=
loghost=1
preroot=debiantheme
ppath=
atboot=1
denyfile=\.pl$
extraroot_0=/usr/local/share/webmin
preroot_root=mscstyle3

[11] Comentário enviado por diegoaceneves em 06/07/2008 - 19:23h

O tuto ta bem simples de entender, em relação a instalação, mas tmb pode-se instalar via apt-get, q no caso seria so add o repositorio do webmin

deb http://download.webmin.com/download/repository sarge contrib

da o update (apt-get update)

e ai sim: apt-get install webmin . se o sistema estiver atualizado, ao instalar o webmin, pelo metodo do apt, ele ja instala alguns aquivos necessarios...


i no mais, é so configura, e rodar,,,


Contribuir com comentário