Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

13. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Gabriel Henrique da Silva Ferreira
MrBlackWolf

(usa Arch Linux)

Enviado em 02/10/2017 - 16:08h

Não sei, minha relação com o Gnome é complicada.
Pessoalmente eu acho o ambiente bem limpo e bonito. Mas falta alguns recursos presentes no Plasma e no Xfce por exemplo. O Cinnamon é bem melhor que seu pai, e muito bom.
May the force be with you 



  


14. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/10/2017 - 16:09h

MrBlackWolf, concordo contigo: cinnamon parece-me melhor que gnome


15. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Ryuk Shinigami
Ryuk

(usa Nenhuma)

Enviado em 02/10/2017 - 18:21h

clodoaldops escreveu:

MrBlackWolf, concordo contigo: cinnamon parece-me melhor que gnome


Até o Unity é melhor que o Gnome! rs


16. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 02/10/2017 - 18:39h

Ryuk escreveu:

Até o Unity é melhor que o Gnome! rs


aí pegou pesado kkk



17. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje?

Fernando
phoemur

(usa FreeBSD)

Enviado em 02/10/2017 - 20:35h

Acho muito pesadão para uma "interface minimalista". Eu uso KDE, mas se quisesse uma interface minimalista usaria XFCE, que nem é tão minimalista assim...
Existem muitos outros motivos pelos quais não uso GNOME3, systemd entre eles, mas isso não vem ao caso aqui neste post...

No mundo do software livre existem tantas alternativas que as coisas funcionam quase que como uma seleção natural.
Os ambientes que se adaptam às preferências dos usuários e resolvem seus problemas prosperam e aumentam grandemente a base de usuários...

Já aqueles que se propõe a fazer algo de forma diferente, até podem ser um sucesso, porém se não agrada ou é útil ao usuário vai definhar e morrer.
Exemplos não faltam...

No fundo aprender algo é trabalhoso e as pessoas preferem usar uma interface conhecida do que uma nova que, mesmo que seja mais intuitiva, necessita novo aprendizado. Por isso a experiência do usuário é importante.

Quando eu uso GNOME3 parece que ele fica me impedindo de fazer as coisas do jeito que eu quero, já com KDE, XFCE ou mesmo MATE/GNOME2 as coisas fluem tão bem que até esqueço do DE que estou usando... As coisas acontecem no automático...
Por isso não gosto e não uso GNOME3, e nem recomendo também...

Enfim, citando o Linux Torvalds

The biggest thing any program can do is not the technical details of the program itself; it's how useful the program is to users.

So any time any program (like the kernel or any other project), breaks the user experience, to me, that's the absolute worst failure that a software project can make.


Veja o caso da Microsoft com o Windows 8 e 10 por exemplo, são conceitos diferentes, porém como usuário tem sempre a palavra final tiveram que voltar rapidinho com o paradigma do "Menu Iniciar" que todos sentiram falta.


18. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/10/2017 - 20:47h

Eu também prefiro unity que se mostrou mais leve que gnome-3
Vou testar novo Ubuntu com gnome-3 mas é bem pouco provável que eu adote como distribuição secundária



19. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Thiago Mateus
Thitos

(usa Outra)

Enviado em 02/10/2017 - 21:03h

Gosto bastante do Gnome, primeira vez que usei Debian foi com ele, mas não o uso simplesmente pq acho desnecessário liberar recursos da máquina para uma DE.

Estou entrando para o time dos que independente da máquina, acham melhor preservar recursos e usar para o que julgam ser mais importante. Contrário da turma do "memória foi feita para ser usada".

No início gostava de firulas em DEs e tudo o que tinha direito. Quando usei Gnome2 no Ubuntu 10.04 achei muito [email protected]@a por ser diferente do Windows e quando vi o Unity, queria de qualquer jeito usar o 12.04, pq visualmente achei aquela barra lateral incrível (ingenuidade). Quando fui para o Debian 7 com Gnome3 tbm curti, mas vai lendo coisas, começa a pensar em outras e acabei abandonando.

Uma coisa é fato e talvez dai vem grande parte do peso do Gnome, Mutter na minha máquina da de 7 X 1 no XFWM e Marco e ganha por pouco do Kwin.

"Failure is an option here. If things are note failing, you are not innovating enough" - Elon Musk 



20. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje?

Gabriel Henrique da Silva Ferreira
MrBlackWolf

(usa Arch Linux)

Enviado em 03/10/2017 - 07:36h

Se tem uma coisa com a qual eu não me preocupo muito é consumo de memória. Tenho 8 GB no notebook e 16 GB no computador. Sem chance de esquentar com isso. E só pra constar, eu sei que não é o ponto de vocês, mas é o meu.

Já tentei utilizar os mais diversos WMs mas nenhum deles me deixou tão confortável quanto Gnome, KDE, Xfce e Cinnamon. Minha paciência para ficar configurando um ambiente desktop a partir do zero só diminui com o tempo.
May the force be with you 



21. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

LinuxWalker
Delusion

(usa openSUSE)

Enviado em 03/10/2017 - 08:46h

Eu só usaria gnome3 se eu usasse dispositivos com a tecnologia touchscreen. Ou se não houvessem outros DEs.
Gnome é muito exigente para pouco resultado. E não só com memória, mas com processamento.
Porém o motivo principal pelo qual não considero gnome3 um DE viável está no próprio conceito de uso. KDE, é muito ruim em multitarefa, mas Gnome se supera.


-----------------------------------
Distros: Debian(buster/sid), Fedora.
DEs: xfce4, Cinnamon.


22. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Kowalski
kowalskii

(usa Arch Linux)

Enviado em 03/10/2017 - 08:56h

Eu volta e meio instalo o Gnome mas não fico muito tempo, é pesado, e não me adapto a ele.

Porém, ele tem seu valor. Os conceitos de usabilidade empregados nele são muito interessantes. Segue a ideia de deixar visível, ou facilmente acessível, ao usuário apenas o que ele precisa usar. Ah, vai editar um texto? Gedit tem o campo pra digitar, botão de abrir, salvar e fechar. Vai procurar arquivos? Nautilus tem as pastas, breves atalhos na esquerda e botões simples.
Pra um usuário avançado que precisa de muitas funções isso é ruim, eu mesmo não sendo avançado não me adapto a isso, prefiro KDE. Mas para um usuário leigo, que usa o computador para ler email, notícias na internet, assistir um filme, ouvir música, isso simplifica. Quanto menos opções o usuário tem, menor a chance de errar o que está fazendo.

-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----


23. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje? [RESOLVIDO]

Gabriel Moreira
GabrielMS86

(usa Arch Linux)

Enviado em 03/10/2017 - 09:04h

kowalskii escreveu:

Eu volta e meio instalo o Gnome mas não fico muito tempo, é pesado, e não me adapto a ele.

Porém, ele tem seu valor. Os conceitos de usabilidade empregados nele são muito interessantes. Segue a ideia de deixar visível, ou facilmente acessível, ao usuário apenas o que ele precisa usar. Ah, vai editar um texto? Gedit tem o campo pra digitar, botão de abrir, salvar e fechar. Vai procurar arquivos? Nautilus tem as pastas, breves atalhos na esquerda e botões simples.
Pra um usuário avançado que precisa de muitas funções isso é ruim, eu mesmo não sendo avançado não me adapto a isso, prefiro KDE. Mas para um usuário leigo, que usa o computador para ler email, notícias na internet, assistir um filme, ouvir música, isso simplifica. Quanto menos opções o usuário tem, menor a chance de errar o que está fazendo.

-----------------------------------------
---- Linux Counter #606350 ----


É nessa linha de pensamento que a Apple faz o seu serviço... Menos opções confundem menos a mente do usuário que tende a ficar mais satisfeito usando aquilo que seja "fácil de dominar". Em outras palavras, de certa forma esse jeito de pensar está ligado àquela velha filosofia do "menos é mais"...


24. Re: Após todos esses anos de Gnome 3 (Gnome-shell)... o que acha dele hoje?

Marcelo
marcelotts

(usa Outra)

Enviado em 03/10/2017 - 10:27h

Nunca gostei do Gnome... Já tentei me adaptar à ele mas não consigo. Estou mais acostumado com a aparência e modo de funcionamento a la Windows e/ou Mac. O Gnome pra mim sempre foi um alien nesse sentido.
Sabe... Por mais que exista o Gnome Tweak Tool e as extensões (talvez uma das poucas formas de modificá-lo) eu não consigo gostar dele, rsrs. Alguns dizem que é falta de costume, mas a questão é que não acho ele funcional. A impressão que dá é que não foi feito pra ser usado em desktop e sim em tablets. Me lembra um pouco o Windows 8.1 com aqueles tiles referente ao sistema de "janelas".
As interfaces que mais gosto são:
1. Xfce devido a alta customização, simplicidade e baixo uso de RAM. Mesmo que eu tenha 32 GB no PC eu ainda prefiro gastar o mínimo possível.
2. Budgie (mesmo sendo feita do zero, teve uma base no gnome) ao meu ver, era assim que o GNOME deveria ter sido.
3. DDE só por achar ela bonita mesmo, mas nunca usei pra valer rsrsrs
4. MATE (derivado do GNOME). Esse sim é um ótimo "GNOME" que usaria de boa.

Uma interface que nunca testei foi Cinnamon. Um dia testo ela.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts