Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

13. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 10/04/2017 - 14:56h

EuNlope escreveu:

meianoite escreveu:

?

distribuição Brasileira

Poderia chama de solução para algo especifico é não de distribuição.

O conceito de distribuição vai muito além de mudar o papel de parede, usar repositório de terceiro, instalar meia dúzia de programas, cria uma filosofia.


Olá senhor sabe tudo, como vai ? (Espero que bem...)
Entenda como quiser, a classifico com Distribuição sim (por ser baseada em uma distribuição consagrada (Debian) e por atender a demada dos seus usuários, cabe a você aceitar ou não (pra mim tanto faz).

Enfim quero parabenizar aos desenvolvedores, mentores do projeto pelo ótimo trabalho. Obs.: Já ganhou um user! :)


Distribuição é muito mais do que ser derivada de uma outra distribuição (até porque pelo seu conceito o Debian não é uma distribuição, já que ele foi criado do zero) e atender a demanda de seus usuários (porque qualquer [*****] que não seja analfabeto consegue instalar pacotes e papéis de parede ao seu próprio gosto em qualquer distro). Distribuição é definida como um conjunto de pacotes e kernel GNU/Linux distribuídos juntos e assim fornecendo ao usuário um sistema pronto para usar para um determinado fim. Nesse sentido o tal Emmi Linux (que não conheço nem pretendo conhecer, explicarei isso depois) é uma distribuição.

Entretanto, a coisa já começa mal quando a propaganda da distro diz "distribuição brasileira baseada na distro X". Ok, o que a distribuição oferece de relevante para que alguém tenha se dado ao trabalho de criá-la? Ela já vem com pacotes multimídia já instalados, deixando o computador pronto para ser uma workstation de criação de mídia (tipo o Ubuntu Studio)? Ela é uma distro com foco em office? Automação industrial? Servidor? Não. A distro diz apenas que é uma distribuição brasileira baseada no Debian. A página inicial não diz absolutamente nada sobre a distro (e o layout é chupinhado na cara de pau do site do Fedora). A porra da distro não tem nem repositórios próprios, ela chupinha o Debian na cara de pau (prova: https://emmilinux.github.io/documentacao/primeirospassos.html). A documentação da distro é pífia, mas não há a necessidade de boa documentação, já que ela não passa de um Debian com papel de parede diferente. A constante troca de distro-base mostra que os responsáveis pelo desenvolvimento fazem um trabalho de porco, no sentido de que ao invés de manter a bagaça que eles criaram eles preferem parasitar a infraestrutura de uma distro já existente. Por isso saíram do Slackware (onde eles teriam que fazer tudo na mão) pro openSUSE (que precisa fazer muita coisa na mão) e por fim pro Debian (que não precisa esquentar muito a cabeça).

Então, e essa é a razão pela qual não pretendo nem conhecer a distro, ela não passa de um parasita do Debian. E o Debian, esse eu conheço muito bem e respeito. O Debian, assim como o Slackware, é um herdeiro do SLS, a primeira distro da história. E esse Emmi? Bem, é um parasita.

--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 



  


14. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 10/04/2017 - 14:57h

PS.: se você diz que o Emmi é um ótimo trabalho, seus parâmetros e critérios de avaliação de qualidade são assustadoramente baixos...
--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 



15. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Jefferson Rocha
slackjeff

(usa Slackware)

Enviado em 10/04/2017 - 20:31h

Primeiramente eu fico muito agradecido por comparar o site do nosso projeto com o do Fedora, afinal tem uma equipe toda que o desenvolveu e você comparar com um belo site como o do Fedora um site que eu desenvolvi e codifiquei sozinho é um elogio, obrigado, isso mostra que eu estou no caminho...

Relação ao trocar a base do projeto que era Slackware por outra base passou longe de ser preguiça e sim por alguns motivos grana e rep pequeno.
Ter uma repositorio naquele tempo não cabia no orçamento, afinal 300 reais mensal do bolso é dificil.
Mas hoje já mudaram as coisas, estamos com repositorio e estamos empacontando, daqui algumas semanas ta no ar o novo dominio e o repositorio, porem vamos usar o rep do Debian tambem, afinal estamos em duas pessoas para fazer tudo e jogar um repositorio com 200 pacotes com padrão é complicado.

Obrigado pelo elogio e por sua opinião, é respeitavel.
Ps: estou com teclado eng, desculpa as acentuações.





configure complete, now type 'make' and pray.
Meu Blog: http://slackjeff.blogspot.com.br
https://emmilinux.github.io
Projeto: Emmi Linux
Tradutor PT-BR: Calculate Linux
Tradutor PT-BR: Arya-Linux








16. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Marcelo
hexp4n

(usa Debian)

Enviado em 12/04/2017 - 10:15h

lcavalheiro escreveu:

EuNlope escreveu:

meianoite escreveu:

?

distribuição Brasileira

Poderia chama de solução para algo especifico é não de distribuição.

O conceito de distribuição vai muito além de mudar o papel de parede, usar repositório de terceiro, instalar meia dúzia de programas, cria uma filosofia.


Olá senhor sabe tudo, como vai ? (Espero que bem...)
Entenda como quiser, a classifico com Distribuição sim (por ser baseada em uma distribuição consagrada (Debian) e por atender a demada dos seus usuários, cabe a você aceitar ou não (pra mim tanto faz).

Enfim quero parabenizar aos desenvolvedores, mentores do projeto pelo ótimo trabalho. Obs.: Já ganhou um user! :)


Distribuição é muito mais do que ser derivada de uma outra distribuição (até porque pelo seu conceito o Debian não é uma distribuição, já que ele foi criado do zero) e atender a demanda de seus usuários (porque qualquer [*****] que não seja analfabeto consegue instalar pacotes e papéis de parede ao seu próprio gosto em qualquer distro). Distribuição é definida como um conjunto de pacotes e kernel GNU/Linux distribuídos juntos e assim fornecendo ao usuário um sistema pronto para usar para um determinado fim. Nesse sentido o tal Emmi Linux (que não conheço nem pretendo conhecer, explicarei isso depois) é uma distribuição.

Entretanto, a coisa já começa mal quando a propaganda da distro diz "distribuição brasileira baseada na distro X". Ok, o que a distribuição oferece de relevante para que alguém tenha se dado ao trabalho de criá-la? Ela já vem com pacotes multimídia já instalados, deixando o computador pronto para ser uma workstation de criação de mídia (tipo o Ubuntu Studio)? Ela é uma distro com foco em office? Automação industrial? Servidor? Não. A distro diz apenas que é uma distribuição brasileira baseada no Debian. A página inicial não diz absolutamente nada sobre a distro (e o layout é chupinhado na cara de pau do site do Fedora). A porra da distro não tem nem repositórios próprios, ela chupinha o Debian na cara de pau (prova: https://emmilinux.github.io/documentacao/primeirospassos.html). A documentação da distro é pífia, mas não há a necessidade de boa documentação, já que ela não passa de um Debian com papel de parede diferente. A constante troca de distro-base mostra que os responsáveis pelo desenvolvimento fazem um trabalho de porco, no sentido de que ao invés de manter a bagaça que eles criaram eles preferem parasitar a infraestrutura de uma distro já existente. Por isso saíram do Slackware (onde eles teriam que fazer tudo na mão) pro openSUSE (que precisa fazer muita coisa na mão) e por fim pro Debian (que não precisa esquentar muito a cabeça).

Então, e essa é a razão pela qual não pretendo nem conhecer a distro, ela não passa de um parasita do Debian. E o Debian, esse eu conheço muito bem e respeito. O Debian, assim como o Slackware, é um herdeiro do SLS, a primeira distro da história. E esse Emmi? Bem, é um parasita.

--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 


Bom começando opinião é igual a c** cada um tem a sua (embora ache que você é mais um daqueles usuários que se acham superiores a outros pelo simples motivo de saber mais). Mudando o foco um pouco vi em um blog que trata sobre Linux falando sobre usuários "sabichões" que na maioria das vezes "expulsavam" usuários iniciantes no Linux, no início achei uma baboseira mais agora tenho que concordar com o cara tem muita gente da comunidade (inclusive você :) ). Se for assim então tem muitas distros que são picuinhas do ubuntu e do debian.. Enfim não vou discutir com pessoas que se dizem usuários, até mais!



17. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

LinuxWalker
Delusion

(usa Debian)

Enviado em 12/04/2017 - 10:49h

Sinceramente? Para os meus objetivos de uso, acredito que a partir do stretch, nem o Debian puro vai compensar usar. Até atualizações automáticas parece que a bagaça vai ter. Pelo jeito, Shutterworth não apenas popularizou/infantilizou o sistema linux, mas também kagou em tudo; a ubuntização tá vindo para o Debian há tempos...
Apesar de tudo, desejo sucesso aos developers do projeto, seja refisefuki ou não.




18. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Paulo Dias
p4ulodi4s

(usa XUbuntu)

Enviado em 12/04/2017 - 12:29h

Oi, tudo bem?

Eu cheguei a comentar no outro post de apresentação, na época foi informado que foram feitas algumas correções no opensuse, com a mudança da base para o Debian houve alguma correção/alteração ou desenvolvimento de software adicional?

Eu também perguntei sobre o código fonte do emmi, na época o projeto estava no inicio e ainda não tinha sido disponibilizado, atualmente está disponível?

Obrigado, Paulo Dias.
Linux Professional Institute - LPIC-1
Novell Certified Linux Administrator - CLA
Oracle Certified Associate, Java SE Programmer - OCA

http://twitter.com/p4ulodi4s
http://www.prminformatica.com.br/


19. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 12/04/2017 - 23:03h

EuNlope escreveu:

lcavalheiro escreveu:

EuNlope escreveu:

meianoite escreveu:

?

distribuição Brasileira

Poderia chama de solução para algo especifico é não de distribuição.

O conceito de distribuição vai muito além de mudar o papel de parede, usar repositório de terceiro, instalar meia dúzia de programas, cria uma filosofia.


Olá senhor sabe tudo, como vai ? (Espero que bem...)
Entenda como quiser, a classifico com Distribuição sim (por ser baseada em uma distribuição consagrada (Debian) e por atender a demada dos seus usuários, cabe a você aceitar ou não (pra mim tanto faz).

Enfim quero parabenizar aos desenvolvedores, mentores do projeto pelo ótimo trabalho. Obs.: Já ganhou um user! :)


Distribuição é muito mais do que ser derivada de uma outra distribuição (até porque pelo seu conceito o Debian não é uma distribuição, já que ele foi criado do zero) e atender a demanda de seus usuários (porque qualquer [*****] que não seja analfabeto consegue instalar pacotes e papéis de parede ao seu próprio gosto em qualquer distro). Distribuição é definida como um conjunto de pacotes e kernel GNU/Linux distribuídos juntos e assim fornecendo ao usuário um sistema pronto para usar para um determinado fim. Nesse sentido o tal Emmi Linux (que não conheço nem pretendo conhecer, explicarei isso depois) é uma distribuição.

Entretanto, a coisa já começa mal quando a propaganda da distro diz "distribuição brasileira baseada na distro X". Ok, o que a distribuição oferece de relevante para que alguém tenha se dado ao trabalho de criá-la? Ela já vem com pacotes multimídia já instalados, deixando o computador pronto para ser uma workstation de criação de mídia (tipo o Ubuntu Studio)? Ela é uma distro com foco em office? Automação industrial? Servidor? Não. A distro diz apenas que é uma distribuição brasileira baseada no Debian. A página inicial não diz absolutamente nada sobre a distro (e o layout é chupinhado na cara de pau do site do Fedora). A porra da distro não tem nem repositórios próprios, ela chupinha o Debian na cara de pau (prova: https://emmilinux.github.io/documentacao/primeirospassos.html). A documentação da distro é pífia, mas não há a necessidade de boa documentação, já que ela não passa de um Debian com papel de parede diferente. A constante troca de distro-base mostra que os responsáveis pelo desenvolvimento fazem um trabalho de porco, no sentido de que ao invés de manter a bagaça que eles criaram eles preferem parasitar a infraestrutura de uma distro já existente. Por isso saíram do Slackware (onde eles teriam que fazer tudo na mão) pro openSUSE (que precisa fazer muita coisa na mão) e por fim pro Debian (que não precisa esquentar muito a cabeça).

Então, e essa é a razão pela qual não pretendo nem conhecer a distro, ela não passa de um parasita do Debian. E o Debian, esse eu conheço muito bem e respeito. O Debian, assim como o Slackware, é um herdeiro do SLS, a primeira distro da história. E esse Emmi? Bem, é um parasita.

--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 


Bom começando opinião é igual a c** cada um tem a sua (embora ache que você é mais um daqueles usuários que se acham superiores a outros pelo simples motivo de saber mais). Mudando o foco um pouco vi em um blog que trata sobre Linux falando sobre usuários "sabichões" que na maioria das vezes "expulsavam" usuários iniciantes no Linux, no início achei uma baboseira mais agora tenho que concordar com o cara tem muita gente da comunidade (inclusive você :) ). Se for assim então tem muitas distros que são picuinhas do ubuntu e do debian.. Enfim não vou discutir com pessoas que se dizem usuários, até mais!


Belas palavras, mas você não rebateu minhas críticas. Atenha-se ao que eu disse (que essa Emmi Linux é um parasita do Debian) e tente provar o contrário. Claro, se você não tiver capacidade para tal, pode continuar a me ofender. 21 anos de GNU/Linux me ensinaram que existem muita gente como você, que por saber alguma coisa acha que pode passar a perna nos demais. Prove que o Emmi Linux não é um parasita do Debian, eu te desafio.

--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 



20. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 12/04/2017 - 23:09h

slackjeff escreveu:

Primeiramente eu fico muito agradecido por comparar o site do nosso projeto com o do Fedora, afinal tem uma equipe toda que o desenvolveu e você comparar com um belo site como o do Fedora um site que eu desenvolvi e codifiquei sozinho é um elogio, obrigado, isso mostra que eu estou no caminho...

Relação ao trocar a base do projeto que era Slackware por outra base passou longe de ser preguiça e sim por alguns motivos grana e rep pequeno.
Ter uma repositorio naquele tempo não cabia no orçamento, afinal 300 reais mensal do bolso é dificil.
Mas hoje já mudaram as coisas, estamos com repositorio e estamos empacontando, daqui algumas semanas ta no ar o novo dominio e o repositorio, porem vamos usar o rep do Debian tambem, afinal estamos em duas pessoas para fazer tudo e jogar um repositorio com 200 pacotes com padrão é complicado.

Obrigado pelo elogio e por sua opinião, é respeitavel.
Ps: estou com teclado eng, desculpa as acentuações.





configure complete, now type 'make' and pray.
Meu Blog: http://slackjeff.blogspot.com.br
https://emmilinux.github.io
Projeto: Emmi Linux
Tradutor PT-BR: Calculate Linux
Tradutor PT-BR: Arya-Linux







Bem, a parte da preguiça foi exatamente pelo trabalho que dá empacotar coisas (embora o empacotamento no Slackware seja o mais fácil de todos). Quanto a usar repositórios do Debian e os seus, fica a pergunta: os pacotes que vocês vão oferecer por conta própria, não seria melhor distribuí-los junto com o Debian do que dividir tempo entre manter pacotes e manter a distro?

--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 



21. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Robson Alves Feijó
robsondebian

(usa Debian)

Enviado em 13/04/2017 - 06:44h

Slack
Debian
BSD
Suse
Red Hat
Arch
Gentoo
.
.
.

Isso são distribuições!

E mais umas umas rebarbas que começaram do zero para pc fraco como a Puppy e etc. E Void, FLS e etc para filósofia de alguns fanáticos.

O resto é "fork", algumas nem chega a ser... Na MAIORIA das vezes o inuito é ganhar doações. Pois facilidade já tem o Mint, Ubuntu, Manjaro, Salix, Sabayon, Fedora... Tem outras que só fazem um script para pegar repositórios atualizados. Mas, boa sorte :)

PS: Tem conhecimento!? Foca em um FOS .deb ou .rpm. Dá muito mais dinheiro e retorno.... E não ficará dependendo de doações. De quebra ainda fortalece a comunidade!


22. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Kowalski
kowalskii

(usa Arch Linux)

Enviado em 13/04/2017 - 08:43h

"Parasita do Debian" - Pra quê tanto ódio? haha
De alguma forma tem que começar, nem todo mundo tem condições de fazer tudo do zero já de cara, pagar repositório, compilar tudo. Por que não dar críticas construtivas ao invés de odiosas?
Abraço


23. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 13/04/2017 - 09:27h

EuNlope escreveu:

Freud_Tux escreveu:

Depois que vi vários projetos surgirem e com menos de 2 anos morrerem, eu desanimo totalmente com qualquer coisa que apareça.
Mas vamos ver no que dá.
Lembrando, que o Debian roda em máquinas antigas, joga um OpenBox, ou, FluxBox, usa o OPenRC e já roda em muitos dinossauros por ai ;).

T+


Quanto a projetos que você viu morrerem em 2 anos cabe a nós seja um tester ou mesmo um desenvolvedor ajudar a colocar o projeto no topo e não deixá-lo morrer não acha?



A questão é: vale a pena deixar um projeto mainstream para alavancar um outro projeto caseiro que é praticamente uma remasterização do mainstream?


24. Re: Nova distribuição Brasileira: Emmi Linux

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 13/04/2017 - 09:38h

slackjeff escreveu:

Primeiramente eu fico muito agradecido por comparar o site do nosso projeto com o do Fedora, afinal tem uma equipe toda que o desenvolveu e você comparar com um belo site como o do Fedora um site que eu desenvolvi e codifiquei sozinho é um elogio, obrigado, isso mostra que eu estou no caminho...

Relação ao trocar a base do projeto que era Slackware por outra base passou longe de ser preguiça e sim por alguns motivos grana e rep pequeno.
Ter uma repositorio naquele tempo não cabia no orçamento, afinal 300 reais mensal do bolso é dificil.
Mas hoje já mudaram as coisas, estamos com repositorio e estamos empacontando, daqui algumas semanas ta no ar o novo dominio e o repositorio, porem vamos usar o rep do Debian tambem, afinal estamos em duas pessoas para fazer tudo e jogar um repositorio com 200 pacotes com padrão é complicado.

Obrigado pelo elogio e por sua opinião, é respeitavel.
Ps: estou com teclado eng, desculpa as acentuações.





configure complete, now type 'make' and pray.
Meu Blog: http://slackjeff.blogspot.com.br
https://emmilinux.github.io
Projeto: Emmi Linux
Tradutor PT-BR: Calculate Linux
Tradutor PT-BR: Arya-Linux







Vai ter quantos papéis de parede nesse repositório?

Cara, na maioria dos repositórios que se encontram por aí só tem é temas. Espero que esse repositório não seja mais com temas, papéis de parede e algum pacote importado de outros repositórios.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts