Cálculo de Horas

Script para cálculo de horas (adição e subtração) . Link do projeto: https://github.com/mauriciodez/calculo_de_horas.git Licença GPLv3.

Por: Mauriciodez


Criando Boot pelo USB para o VirtualBox no Linux KDu5

Mais um script facilitador criado para o KDu5 ou qualquer outro Linux. Dependências: yad, gmessage, dolphin (ou trocando o nome para seu gerenciador de arquivos, ex: nautilus, nemo etc) Com este script fica fácil dar boot por dispositivos USB usando o VirtualBox, sendo criado um arquivo de estrutura da imagem do dispositivo, ex.: pendrive

Por: SuporteTecnicoID


Iniciar firewall quando houver rede habilitada (Internet)

É com orgulho que comemoro meus 10 anos de Linux com este simples script. Este script foi projetado com a intuito de automatizar o processo de ativação de um firewall residente. Foi adaptado para interagir na inicialização do sistema. Você pode reescrevê-lo conforme sua necessidade. 1. Para utilizar considero que você já tenha um firewall configurado. 2. Não é preciso conhecimento técnico, será explicado. 3. Use seu editor favorito (meu foi Leafpad) Iniciando: 1. Entre com cd em: $ cd /etc/init.d/ 2. Crie o arquivo: $ sudo leafpad Iniciar.sh (*nome de sua preferência: Iniciar.sh, Ativar.sh, Carregar.sh etc) 3. Copie e cole o código abaixo (retirando os comentários): #!/bin/bash #---- Condição if combinada com comando grep e -l , que ira filtrar o resultado no Arquivo route ----# #---- O Arquivo route é um arquivo exclusivo! Abra-o com editor gedit, com internet abilitada, verifique sua interface usada.----# #---- Desconect sua Internet e visite o arquivo route novamente... é sumiu. Aquela é sua interface para usar no Script ----# if grep -l "eth0" /proc/net/route; then I----I I--> Troque pela interface que voçê utiliza! #--- Se houver Rede Ativa exibirá a mensagem... ---# echo "Rede escaneada"; #--- Em seguida vem o comando para executar o Firewall...---# exec /etc/init.d/Nome_Firewall start #--- Exibe texto echo "Segurança Ativa"; else #--- Se não houver Rede conectada, exibe mensagem... ---# echo "Aguardando sinal ..." #--- Fim do Script ---# fi 4. Torne o script executável com: $ sudo chmod +x Iniciar.sh 5. Teste-o com: $ sudo ./Iniciar.sh (com internet habilitada e desabilitada!) 6. Vá para /etc/: $ cd .. 7. Coloque o comando que executa o arquivo no final de rc.local, assim: $ sudo leafpad rc.local sh /etc/init.d/Iniciar.sh & exit 0 E pronto! Agora pode inicializar seu sistema com a internet sempre habilitada! (sem medo) que o firewall estará sempre ativo. *** Este script foi adaptado de: Conky-Show_iP: https://github.com/ThiagoLinux4life/Conky-Show_iP if e else: https://www.livrosdelinux.com.br/if-then-else/ Obrigado a comunidade pelo incentivo!

Por: Thiago A. Costa


diMail - envia e-mail com um front do dialog

Programa que envia e-mail com um front do dialog. A anexação da configuração do Mutt é feita através do próprio fonte do programa, preencha corretamente e comece a utilizar! Necessita do mutt e dialog previamente instalado em sua máquina, e claro por ser um programa feito em bash, necessita do bash para brincadeira funcionar. Manutenções do programa estão aqui: https://notabug.org/jeffersonrocha/dimail

Por: Jefferson Rocha


Script para atualizar o sistema

Eu escrevi um pequeno script para automatizar a atualização do sistema operacional através da linha de comando.

Por: _midorya1996_


Baixa os pacotes de uma determinada versão do Slackware para posterior atualizaçao

Baixa os pacotes de uma determinada versão do Slackware para posterior atualização do sistema em off-line. Ou seja, o Script faz o download dos pacotes de uma determinada versão do Slackware para possibilitar uma posterior atualização do sistema de maneira off-line. Características de Operação: - faz apenas o download dos pacotes de uma determinada versão do Slackware; - possibilita uma posterior atualização do sistema de maneira off-line. - não faz nenhuma alteração no sistema; - é possível selecionar alguns conjuntos de pacotes (diretórios) para o download; - quando seleciona o KDE faz o download apenas das linguagens informadas; - informa o espaço estimado dos downloads; - faz verificação da integridade dos pacotes em quatro dimensões: - verifica através do wget; - verifica através do md5sum; - verifica se faltam arquivos; - verifica se tem arquivos a mais; - permite definir a versão do Slackware que se quer baixar; - permite definir o mirror que se quer utilizar (FTP, HTTP e HTTPS); - permite definir o modo de operação do protoloco FTP (passivo|ativo); O script foi concebido com a idéia de fornecer: 1) um meio rápido e fácil de baixar os pacotes para uma porteior atualização da versão do Slackware; 2) um meio de baixar apenas os diretórios pretendidos; 3) um meio de verificar se todos os arquivos estão íntegros; Embora a cada nova versão do Slackware deva ser acompanhada de uma nova versão deste script, a versão do Slackware que o script efetivamente vai baixar pode ser redefinida em tempo de execução (em certo sentid este script é universal: serve para todas as versões do Slackware desde a versão 8.1). Neste script, os dois primeiros conjuntos de números dizem respeito a versão do próprio script; os dois últimos conjuntos de números dizem respeito a versão correspondente do Slackware. Particularmente, o utilizo para fazer o download dos pacotes de uma versão mais nova do Slackware para, assim, depois, proceder a atualização do sistema de maneira off-line: seguindo os passos do arquivo UPGRADE.TXT. Em conjunto com este Script, como parte de uma etapa posterior, utilizo um outro (também de minha autoria) que me assiste nos processos de atualização do sistema: (<https://www.vivaolinux.com.br/~raserafim/scripts/>). O aplicativo slackpkg também consegue fazer o download dos pacotes para serem atualizados em offline. No entanto, o que marca a diferença e, talvez, alguma vantagem deste script em relação ao slackpkg no que toca ao download dos pacotes de atualização é que neste script é possível escolher apenas alguns conjuntos de pacotes (diretórios) para o download. Por exemplo, é possível deixar de fora os pacotes relacionados ao KDE, ou ao XFCE. E, no caso de se decidir por baixar os pacotes do KDE, apenas os pacotes nas linguagens definidas é que serão baixados: por padrão, o português e o inglês. Outra singularidade deste script em relação ao slackpkg é que este script possui uma opção de verificação da integridade dos arquivos baixados: de modo a buscar garantir que tanto os arquivos baixados estão íntegros quanto não tem nem arquivos a menos nem arquivos a mais. Publicizo o presente Script na expectativa de que contribua de alguma maneira para aqueles que, porventura, tenham a mesma necessidade que eu; ou, então, para aqueles que o Script tenha serventia com algumas adaptações ou como material que contém alguma ideia útil para outros Scripts. Como Executar: - baixar o arquivo do Script; OU copiar o texto do Script diretamente da WEB para um arquivo texto criado no computador; - dar permissão de execução para o arquivo com o Script: - por exemplo: $ chmod +x script-down-pkg-slackware.sh; - copiá-lo (ou movê-lo) para o diretório local que contém os arquivos a serem convertidos; - executar o Script com o comando: $ ./script-down-pkg-slackware.sh - obs: o prefixo "./" (ponto-barra) deve vir antes do nome do arquivo para especificar que o arquivo a ser executado está no diretório local (corrente), e não em um dos caminhos do "PATH". Para mais detalhes, ver minha dica: Como dar Permissão de Execução a Arquivo (script ou binário) no GNU/Linux - Abordagem Prática (https://www.vivaolinux.com.br/dica/Como-dar-Permissao-de-Execucao-a-Arquivo-script-ou-binario-no-GNULinux-Abordagem-Pratica/) Para dar permissão de alteração do conteúdo do Script, utilizar o comando, por exemplo: $ chmod a+w script-down-pkg-slackware.sh "Para mais detalhes, ver minha dica: Como dar Permissão de Execução a Arquivo (script ou binário) no GNU/Linux - Abordagem Prática (https://www.vivaolinux.com.br/dica/Como-dar-Permissao-de-Execucao-a-Arquivo-script-ou-binario-no-GNULinux-Abordagem-Pratica/)"

Por: Rodrigo Albuquerque Serafim






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts