rTorrent atualizado no Debian

Publicado por edps em 29/06/2012

[ Hits: 7.486 ]

Blog: https://edpsblog.wordpress.com/

 


rTorrent atualizado no Debian



Dessa vez mostrarei uma alternativa para a instalação do rTorrent atualizado no Debian e seus derivados.

Comecemos por instalar as dependências para a compilação da última versão do rTorrent, incluindo aí alguns patches, como o de suporte aos links magnet:

sudo apt-get update
$ sudo apt-get install tmux wget build-essential subversion git-core python-setuptools python-virtualenv python-dev libsigc++-2.0-dev libssl-dev libncurses-dev libncursesw5-dev libcppunit-dev autoconf automake libtool


Caso tenham algum problema de dependência durante a compilação, meus pacotes "-dev" anteriores a estes, eram:

sudo apt-get install autoconf automake bin86 binutils binutils-multiarch bison build-essential checkinstall cmake cpp cvs-buildpackage debian-keyring debtags dh-make dkms equivs fakeroot flex g++ g++-multilib gcc gcc-multilib gettext git-buildpackage gnu-standards info intltool kernel-package libcurl4-openssl-dev libevent-dev libgl1-mesa-dri libglib2.0-dev libgtk2.0-dev libncurses5 libncurses5-dev libnotify-dev libqt3-compat-headers libqt3-mt-dev libtool libxml2-dev linux-headers-`uname -r` make mercurial mesa-utils module-assistant pkg-config subversion subversion-tools svn-buildpackage xlibmesa-gl xlibmesa-glu -y

Instalação

E vamos à luta!

mkdir -p ~/bin ~/lib ~/src
$ cd ~/src/
$ svn co
http://pyroscope.googlecode.com/svn/trunk/pyrocore/docs/rtorrent-extended
cd rtorrent-extended/
$ ./build.sh all
Concluída a instalação veremos se tudo está OK:

cd $HOME
$ ls -al bin/
$ echo $PATH


Estando OK, criaremos a pasta de downloads, sources etc...

mkdir -p $HOME/rTorrent/{.session,Finish,Sources,Temp,Torrents}

E por último, criaremos o arquivo de configuração do rTorrent:

sed -e "s:RT_HOME:$RT_HOME:" >$HOME/.rtorrent.rc <<'EOF'min_peers = 100

max_peers = 200
min_peers_seed = 10
max_peers_seed = 50
download_rate = 384
upload_rate = 64
max_downloads_global = 10
max_uploads = 10
max_uploads_global = 25
check_hash = yes
max_memory_usage = 1800M
xmlrpc_size_limit = 2M

dht=auto
dht_port = 6881
use_udp_trackers = yes
peer_exchange = yes

port_range = 49164-49164
port_random = no
encryption = allow_incoming,try_outgoing,enable_retry

encoding_list = utf8

view_sort_current = seeding,greater=d.get_ratio=

directory = /home/h4rd3r/rTorrent/Temp
session = ~/rTorrent/.session
session_save = yes

system.file_allocate.set = yes

schedule = low_diskspace,15,60,close_low_diskspace=1000M

schedule = watch_start_directory,10,10,load_start=/home/h4rd3r/rTorrent/Sources/*.torrent
schedule = watch_load_directory,15,20,load=/home/h4rd3r/rTorrent/Torrents/*.torrent
schedule = untied_closing,30,30,close_untied=

schedule = filter_active,30,30,"view_filter = active,\"or={d.get_up_rate=,d.get_down_rate=}\""

system.method.set_key = event.download.finished,move_complete,"execute=mv,- u,$d.get_base_path=,~/rTorrent/Finish;d.set_directory=~/rTorrent/Finish"

system.method.set_key = event.download.inserted_new,log,"print=\"LOADED \",$d.get_name=,\" [\",$to_date=$system.time=,\"]\""
system.method.set_key = event.download.finished,log,"print=\"COMPLETED \",$d.get_name=,\" [R=\",$d.get_ratio=,\", \",$to_date=$system.time=,\"]\""
system.method.set_key = event.download.closed,log,"print=\"CLOSED \",$d.get_name=,\" [R=\",$d.get_ratio=,\", \",$to_date=$system.time=,\"]\""
EOF

Daí basta chamar o programa por um desses modos:

rtorrent

Ou:

rtorrent-0.9.2

Vemos abaixo, o download de algumas ISOs (Xubuntu, Bodhi Linux, Sabayon Xfce e SolusOS):
Com a seta 'up', seleciono o ".torrent":
Com a seta esquerda, vemos as propriedades do torrent, aqui a primeira, a de p"eers":
Daí por diante, usarei a seta para baixo, para mostrar algumas informações.

Informações referentes ao ".torrent":
Lista de arquivos que o compõem o ".torrent":
Informações do tracker:
Partes baixadas, até então:
Lista de transferências em curso:
Conclusão do download da ISO do Xubuntu, notem a tag CLOSED, e vemos também o gráfico do Speedometer:
Pasta dos download concluídos:
Pasta dos downloads em curso:
As duas pastas monitoradas pelo rTorrent (Sources e Torrents):
Vemos abaixo que a ISO do Bodhi Linux está com erro, e seu download não é iniciado:
Com o ".torrent" seleciondo, basta teclar "Ctrl+d" duas vezes para removê-la da lista. Uma vez pausa o download, duas vezes remove o mesmo:
Como explicado acima, teclei "Ctrl+d" no download da ISO do Sabayon, de forma a interromper seu download e dar prioridade ao download do SolusOS:

Teclas de atalho

Visitem: http://libtorrent.rakshasa.no/rtorrent/rtorrent.1.html

As mais utilizadas por mim, são as setas para ver as propriedades dos ".torrents" e mais:
  • Ctrl+d : Interrompe o download;
  • Ctrl+d (2x) : Remove o torrent;
  • Ctrl+s : Inicia o torrent;
  • Ctrl+q : Fecha o programa;
  • Ctrl+r : Checa a integridade do torrent (desnecessário já que inclui na configuração).

Links Magnet

Basta, com o programa aberto, teclar Backspace, inserir o link e teclar ENTER.

Configuração do rTorrent

Embora tenha descrito o comando para a criação de um "rtorrent.rc", disponibilizo abaixo, o link para download do mesmo:

Referências

Outras dicas deste autor

Opera Mobile no Arch Linux

Menu Principal, Painel inferior, Opção de Desligamento e Botões de Janelas no Gnome3

Kernel 3.19.3-smp no Slackware Current

Extrator de arquivos em Ruby!

Firewalls: Wiki Arch Linux

Leitura recomendada

wmMatrix

Colocando sombreamento no Fluxbox

FAQ (Perguntas mais frequentes) do VI

Codecs de vídeo para o Totem

Opção "editar como root" no botão direito do mouse no KDE

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts