rTorrent atualizado no Debian

Publicado por edps em 29/06/2012

[ Hits: 7.755 ]

Blog: https://edpsblog.wordpress.com/

 


rTorrent atualizado no Debian



Dessa vez mostrarei uma alternativa para a instalação do rTorrent atualizado no Debian e seus derivados.

Comecemos por instalar as dependências para a compilação da última versão do rTorrent, incluindo aí alguns patches, como o de suporte aos links magnet:

sudo apt-get update
$ sudo apt-get install tmux wget build-essential subversion git-core python-setuptools python-virtualenv python-dev libsigc++-2.0-dev libssl-dev libncurses-dev libncursesw5-dev libcppunit-dev autoconf automake libtool


Caso tenham algum problema de dependência durante a compilação, meus pacotes "-dev" anteriores a estes, eram:

sudo apt-get install autoconf automake bin86 binutils binutils-multiarch bison build-essential checkinstall cmake cpp cvs-buildpackage debian-keyring debtags dh-make dkms equivs fakeroot flex g++ g++-multilib gcc gcc-multilib gettext git-buildpackage gnu-standards info intltool kernel-package libcurl4-openssl-dev libevent-dev libgl1-mesa-dri libglib2.0-dev libgtk2.0-dev libncurses5 libncurses5-dev libnotify-dev libqt3-compat-headers libqt3-mt-dev libtool libxml2-dev linux-headers-`uname -r` make mercurial mesa-utils module-assistant pkg-config subversion subversion-tools svn-buildpackage xlibmesa-gl xlibmesa-glu -y

Instalação

E vamos à luta!

mkdir -p ~/bin ~/lib ~/src
$ cd ~/src/
$ svn co
http://pyroscope.googlecode.com/svn/trunk/pyrocore/docs/rtorrent-extended
cd rtorrent-extended/
$ ./build.sh all
Concluída a instalação veremos se tudo está OK:

cd $HOME
$ ls -al bin/
$ echo $PATH


Estando OK, criaremos a pasta de downloads, sources etc...

mkdir -p $HOME/rTorrent/{.session,Finish,Sources,Temp,Torrents}

E por último, criaremos o arquivo de configuração do rTorrent:

sed -e "s:RT_HOME:$RT_HOME:" >$HOME/.rtorrent.rc <<'EOF'min_peers = 100

max_peers = 200
min_peers_seed = 10
max_peers_seed = 50
download_rate = 384
upload_rate = 64
max_downloads_global = 10
max_uploads = 10
max_uploads_global = 25
check_hash = yes
max_memory_usage = 1800M
xmlrpc_size_limit = 2M

dht=auto
dht_port = 6881
use_udp_trackers = yes
peer_exchange = yes

port_range = 49164-49164
port_random = no
encryption = allow_incoming,try_outgoing,enable_retry

encoding_list = utf8

view_sort_current = seeding,greater=d.get_ratio=

directory = /home/h4rd3r/rTorrent/Temp
session = ~/rTorrent/.session
session_save = yes

system.file_allocate.set = yes

schedule = low_diskspace,15,60,close_low_diskspace=1000M

schedule = watch_start_directory,10,10,load_start=/home/h4rd3r/rTorrent/Sources/*.torrent
schedule = watch_load_directory,15,20,load=/home/h4rd3r/rTorrent/Torrents/*.torrent
schedule = untied_closing,30,30,close_untied=

schedule = filter_active,30,30,"view_filter = active,\"or={d.get_up_rate=,d.get_down_rate=}\""

system.method.set_key = event.download.finished,move_complete,"execute=mv,- u,$d.get_base_path=,~/rTorrent/Finish;d.set_directory=~/rTorrent/Finish"

system.method.set_key = event.download.inserted_new,log,"print=\"LOADED \",$d.get_name=,\" [\",$to_date=$system.time=,\"]\""
system.method.set_key = event.download.finished,log,"print=\"COMPLETED \",$d.get_name=,\" [R=\",$d.get_ratio=,\", \",$to_date=$system.time=,\"]\""
system.method.set_key = event.download.closed,log,"print=\"CLOSED \",$d.get_name=,\" [R=\",$d.get_ratio=,\", \",$to_date=$system.time=,\"]\""
EOF

Daí basta chamar o programa por um desses modos:

rtorrent

Ou:

rtorrent-0.9.2

Vemos abaixo, o download de algumas ISOs (Xubuntu, Bodhi Linux, Sabayon Xfce e SolusOS):
Com a seta 'up', seleciono o ".torrent":
Com a seta esquerda, vemos as propriedades do torrent, aqui a primeira, a de p"eers":
Daí por diante, usarei a seta para baixo, para mostrar algumas informações.

Informações referentes ao ".torrent":
Lista de arquivos que o compõem o ".torrent":
Informações do tracker:
Partes baixadas, até então:
Lista de transferências em curso:
Conclusão do download da ISO do Xubuntu, notem a tag CLOSED, e vemos também o gráfico do Speedometer:
Pasta dos download concluídos:
Pasta dos downloads em curso:
As duas pastas monitoradas pelo rTorrent (Sources e Torrents):
Vemos abaixo que a ISO do Bodhi Linux está com erro, e seu download não é iniciado:
Com o ".torrent" seleciondo, basta teclar "Ctrl+d" duas vezes para removê-la da lista. Uma vez pausa o download, duas vezes remove o mesmo:
Como explicado acima, teclei "Ctrl+d" no download da ISO do Sabayon, de forma a interromper seu download e dar prioridade ao download do SolusOS:

Teclas de atalho

Visitem: http://libtorrent.rakshasa.no/rtorrent/rtorrent.1.html

As mais utilizadas por mim, são as setas para ver as propriedades dos ".torrents" e mais:
  • Ctrl+d : Interrompe o download;
  • Ctrl+d (2x) : Remove o torrent;
  • Ctrl+s : Inicia o torrent;
  • Ctrl+q : Fecha o programa;
  • Ctrl+r : Checa a integridade do torrent (desnecessário já que inclui na configuração).

Links Magnet

Basta, com o programa aberto, teclar Backspace, inserir o link e teclar ENTER.

Configuração do rTorrent

Embora tenha descrito o comando para a criação de um "rtorrent.rc", disponibilizo abaixo, o link para download do mesmo:

Referências

Outras dicas deste autor

repacman - reempacote um programa no Arch Linux

eBook A Cathedral e o Bazar

SBoupgrade - Atualize seu SlackBuild!

Instalação do driver da nVidia no sidux

Gerando imagem ISO com dd e gravando-a em Pendrive

Leitura recomendada

Número por extenso

Ovos de páscoa

Globalmenu - Menu ao estilo Mac

Emulador de Super Nintendo (SNES) no Ubuntu Linux

Boot de ISO GNU/Linux gravada no disco rígido

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts