Gerando imagem ISO com dd e gravando-a em Pendrive

Publicado por edps em 03/04/2012

[ Hits: 63.520 ]

Blog: https://edpsblog.wordpress.com/

 


Gerando imagem ISO com dd e gravando-a em Pendrive



Veremos aqui, como gerar uma imagem ISO (.iso) através de uma mídia em CD e a seguir, como gravá-la num Pendrive.

- Considerações

Antes de tudo, posso afirmar que existem inúmeras vantagens nisto que proponho.

A principal, é fazermos parte da política do 'ecologicamente correto', visto que gravar mídias em CDs (principalmente de distribuições Linux onde o ciclo é pequeno), além de trazer prejuízo financeiro, agride o meio ambiente quando os desprezamos através de método não-seletivo.

Para tal tarefa, utilizarei o comando 'dd', disponível em qualquer distribuição Linux.

Todos os processos estão listados numa única imagem, primeiramente com o CD que já estava gravado (perdão mãe natureza!), certifico-me que o mesmo não está montado.

* Usualmente, o dispositivo é "/dev/sr0", mas poderá ser "/dev/cdrom", "/dev/cdrom0", dependendo da distribuição utilizada.

sudo umount /dev/sr0

A mídia que seria copiada para o Pendrive, é o LiveCD do ArchBang que eu escolhi para testar no Netbook aqui de casa.

Screenshot: Arch Linux

Em seguida, realizei uma cópia (imagem) do LiveCD com o 'dd', usando o seguinte comando:

dd if=/dev/sr0 of=archbang-2011.11-i686.iso

* Notem que o comando acima, é realizado como usuário normal.

A seguir, veremos que para gravar a "imagem.iso" no Pendrive utilizei, o seguinte comando:

sudo dd if=archbang-2011.11-i686.iso of=/dev/sdd bs=8MB
Linux: Gerando uma imagem ISO com o dd e gravando-a num pendrive

- Identificando o Pendrive

Um 'ls' na pasta "/dev", poderá facilitar a identificação de quem é quem:

ls /dev/sd*

Ou mesmo, podemos usar o 'fdisk':

sudo fdisk -l

Caso necessário, utilize o 'cfdisk' para deletar as partições, porventura, existentes no Pendrive.

Ao final, dê ENTER em Write, e saia. Não é necessário criar partições.

- Finalizando

Sabendo disso, agora fica ainda mais fácil gravar aquela mídia daquela famosa (ou não) distribuição que acabou de ser lançada (e que você já baixou).

Isso sem a necessidade da utilização de qualquer aplicativo gráfico e muito menos, e o mais importante, sem gravá-la em CDs/DVDs!

Dica publicada em meu Blog: http://gnu2all.blogspot.com.br

Outras dicas deste autor

nixCraft FAQ PDF Collection

Menu do FluxBox com ícones

VLC 2.0 no Debian Squeeze

GetDeb no Debian Squeeze

CrunchBang Statler

Leitura recomendada

Gosta de temas? Então veja isso

Converta imagens JPEG em um único arquivo PDF

Como executar aplicativos de root no Fluxbox

wmMatrix

Usando duas interfaces gráficas

  

Comentários
[1] Comentário enviado por matiasalexsandro em 16/11/2013 - 23:23h

como eu faço pra deixar o terminal dessa forma???



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts