Ativando composite automaticamente

Publicado por Diego em 20/06/2009

[ Hits: 6.727 ]

Blog: http://www.wattpad.com/djdihengo

 


Ativando composite automaticamente



Conheço usuários de outros sistemas que começam ter contato com Linux primeiramente por causa dos efeitos 3D, pois a maioria usa um que não tem nem meia-dúzia de efeitos meia-boca, daí "piram" ao ver as janelas moles, os aviõezinhos, fogo... essas firulas que alguns curtem.

Quando eles ligam um computador com Linux, não tem nada de especial, está até pior que o sistema antigo que já abria com aqueles efeitinhos. Eu preciso ensinar eles ativar o Compiz e toda vez que ligam precisam ativá-lo... =/

Ideia: fazer os efeitos ativarem logo com o shell gráfico do sistema, como acontece nos outros sistemas. Vi um jeito de fazer que os efeitos, seja 2D ou 3D, se iniciem com o splash e ao entrar no desktop, este esteja pronto pra usar, inclusive as firulas.

Dica testada com kde-neon (4.2.0) e kde 3.5.10, usando efeitos 2D (xcompmgr) e 3D (Compiz).

O meu KDE 3 já veio no Biglinux e o KDE 4 foi instalado do repositório do Debian na pasta /opt/kde-nightly, talvez outros possam ter o "startkde" em outro diretório, em /etc ou /usr/bin... é só procurar com o conhecido CTRL+F :D

No meu caso o script de inicializar o KDE 4 é /opt/kde-nightly/bin/startkde e o KDE 3 é /usr/bin/startkde.

Abro o script startkde como root e procuro uma linha:

"unset DESKTOP_LOCKED"

E logo abaixo insiro:

compiz --replace &

Ou se não tem placa de vídeo 3D, há um composite 2D bem leve que proporciona fades e transparências leves. No Biglinux o xcompmgr já vem instalado, verifique se sua distro já tem também. Neste caso substitua o "Compiz" por esta linha:

xcompmgr -f -c &

Salve e saia. Agora toda vez que entrar o composite estará ativo.

Nota: o comando Compiz ou xcompmgr poderia estar em outro lugar do script, mas este foi o que funcionou mas rápido, logo que aparece o splash os efeitos já ligam enquanto carrega o KDE. Para mim ficou bom, espero que alguém goste também.

Nota 2: se você é um que não gosta tanto dos efeitos, para cancelar é só apagar a linha inserida e pronto, kwin de volta!

Nota 3: embora o KDE 4 tenha efeitos no próprio kwin, na versão que uso os efeitos ficam totalmente instáveis, sem condição de deixar ligados. Já o Compiz pega perfeitamente, até melhor que no KDE 3.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Vídeos MP4 no Ubuntu 12.04

Fluxbox: Wallpapers diferentes em cada área de trabalho

Administração de Sistemas Linux - vídeo-aulas gratuitas

Dicas sobre a certificação CEH (Certified Ethical Hacker)

Richard Stallman in Rio

  

Comentários
[1] Comentário enviado por allisonvoll em 23/06/2009 - 09:17h

Você também pode usar o FusionIcon, que alé de aparecer um ícone no systray permitindo alterar o gerenciador de janela e configurações do compiz, deixa sua ultima opção ativa no boot. Pode ser instalado facilmente na maioria das distros, e está nos repositórios oficiais do ubuntu. Só não sei como ele trabalha no kde.

Sobre indicar na inicialização a opção "--replace" pode ser penosa pois ele vai utilizar o gerenciador padrão do kde e depois recarregar o do compiz, sei que no gnome dava para alterar para utilizar direto um gerenciador de janela a sua preferência, bastava alterar o script de inicialização do mesmo, no kde talvez seja a mesma coisa mas após utilizar o FusionIcon isso não se faz mais necessário.



Contribuir com comentário