Use o Vim no Slackware

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 18/12/2013

[ Hits: 4.672 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Use o Vim no Slackware



Garotada, aqui começa mais uma dica do Dino, ensinando mais uma coisa que já era velha quando São Tomás de Aquino deu as cinco provas da existência de Deus (Existência de Deus – Wikipédia, para quem não as conhece).

Não sei se vocês sabem, mas no Slackware (que "Bob" Dobbs viva para sempre!), o comando vi é, na verdade, um link simbólico que aponta para o Elvis, o primeiro clone do Vi do Unix, desenvolvido por Steve Kirkendall.

O Vim, que todo mundo conhece, foi desenvolvido sobre o Elvis - mas isso é história, e na Wikipédia, mais precisamente aqui Elvis (text editor) - Wikipedia, você pode ler um pouquinho mais sobre isso.

Só que, o que pouca gente sabe, é que o Cara (que viva para sempre!) disponibiliza o Vim como pacote obrigatório padrão do grupo AP, e a tradicional postura do "se vira, manolo!" do Slackware, faz com que muita gente não saiba disso.

De qualquer modo, esta dica curtíssima, vai ensiná-lo a substituir o Elvis pelo Vim como o vi padrão do Slackware.

Na verdade é bem simples. Rode o comando:

# ln -sf /usr/bin/vi /usr/bin/vim

... e divirta-se!


Com essa eu me despeço de todos vocês, até que o sol se erga vermelho sobre o Grande Mar Ocidental e o Pai Tempo jogue as estrelas sobre nós!

P.S.: sim, eu andei relendo Nárnia...

Outras dicas deste autor

Steam for Linux no Slackware usando SlackBuild de AlienBOB

Ativando a verificação em duas etapas no login sob LightDM ou GDM

Flash, Java, Skype, Google Chrome e outros aplicativos - Instalação no Ubuntu 12.04

Snownews no Fedora - Instalação e utilização

Fontes TrueType da MS e Telegram Desktop no OpenSUSE

Leitura recomendada

Excluindo "output errors" nas saídas dos comandos

Tar e split - Gerando backups e dividindo-os

Encontrando binários e arquivos de configuração

Quem se logou no seu sistema

Cuidado com o "sl"

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts