Transformando o Konqueror no Norton Commander

Publicado por Bilufe em 29/03/2009

[ Hits: 8.355 ]

Blog: https://www.vivaolinux.com.br/~bilufe

 


Transformando o Konqueror no Norton Commander



Quem lembra do Norton Commander? Acredito que a maioria daqueles que usaram MS-DOS já tiveram contato com este gerenciador de arquivos, o qual possuía dois painéis e permitia trabalhar com dois diretórios ao mesmo tempo.

Para Linux existem vários gerenciadores de arquivos parecidos, um deles é o Midnight Commander (este eu uso). Recentemente postei aqui sobre o Beesoft Commander. Agora vou mostrar que o gerenciador de arquivos Konqueror é flexível e capaz de oferecer uma interface e recursos similares ao Norton Commander.
Linux: Transformando o Konqueror no Norton Commander
Observe o screenshot desta dica, notou algo similar?

Siga as seguintes etapas:

1. Execute o gerenciador de arquivos Konqueror;

2. Clique no menu "Janela > Separar a visão em Esquerda / Direita";

3. Observe que o espaço de trabalho do Konqueror foi divido em dois, você pode acessar dois diretórios ao mesmo tempo;

4. Clique no menu "Janela > Mostrar Emulador de Terminal";

5. O item acima exibirá um terminal onde você poderá entrar com comandos, assim como era no Norton Commander.

6. Você pode brincar também com as opções do menu "Ver" para personalizar ainda mais o Konqueror.

Você poderá criar um perfil para o Konqueror com esta configuração, assim quando você quiser acessar o modo "Norton Commander" bastará apenas carregar o perfil correspondente. Para criar um novo perfil com as configurações de visão clique no menu "Configurações > Configurar perfis de visão"; dê um nome para o perfil e salve-o.

Sempre que você quiser carregar o perfil, basta clicar no menu "Configurações > Carregar o perfil de visão > Nome do perfil".

É uma pena que nosso amado Konqueror foi reduzido a um mero navegador Web no KDE4, talvez algum dia os desenvolvedores do KDE4 percebam o erro que cometeram e o Konqueror volte a ser o mais poderoso gerenciador de arquivos existente no mundo da informática.

Outras dicas deste autor

POkÉGAME: Simulator de batalha Pokémon no Linux

VPN FortiVPN no Ubuntu

GLAME: Editor de áudio para Linux

Método para copiar discos danificados pelo Linux

Aplicativos feitos em GTK2 e Mono com visual ruim após usar o tema escuro no Ubuntu? Saiba como resolver

Leitura recomendada

Instalando o Flash Player no Debian 8.8

WinFF não funciona no Ubuntu 12.04 - Veja como solucionar

Beleza no terminal com Poweline no seu Fedora

Melhorando performance em netbooks com placa GMA 500

Enviando notificações remotamente via SSH + notify-send

  

Comentários
[1] Comentário enviado por thiagoluis em 09/05/2009 - 20:24h

Ainda não testei o kde 4, e nem sabia que o konqueror não é mais o seu gerenciador de arquivos, uma pena. Eu o utilizo e acho ótimo.

Vlw pela informação...

:-)

[2] Comentário enviado por Miojo em 16/10/2009 - 19:14h

Eu detestei o Dolphin.
Para que substituir um browser & gerenciador de arquivos ótimo por um gerenciador de arquivos péssimo, que não tem abas nem dá para dividir a tela e eu tentei desinstalá-lo mas o kde inteiro depende dele.
Agora eu abri o rpmdrake e tive uma boa notícia:
não sei como, mas ele e as libs estão desinstalados

[3] Comentário enviado por mspaint em 19/09/2013 - 12:26h


[2] Comentário enviado por Miojo em 16/10/2009 - 19:14h:

Eu detestei o Dolphin.
Para que substituir um browser & gerenciador de arquivos ótimo por um gerenciador de arquivos péssimo, que não tem abas nem dá para dividir a tela e eu tentei desinstalá-lo mas o kde inteiro depende dele.
Agora eu abri o rpmdrake e tive uma boa notícia:
não sei como, mas ele e as libs estão desinstalados


Miojo, o Dolphin é um pouco pesado de fato, mas ele possui sim, abas e também pode dividir-se em dois.



Contribuir com comentário