GTK-Splitter - Dividindo arquivos grandes em partes menores com facilidade

Publicado por Alberto Federman Neto. em 18/08/2010

[ Hits: 8.153 ]

Blog: https://ciencialivre.blog/

 


GTK-Splitter - Dividindo arquivos grandes em partes menores com facilidade



1) Introdução:

Algumas vezes necessitamos dividir arquivos muito grandes ou ISOs de distros etc em partes menores. Isto é necessário, por exemplo, para fazer upload para sites de distribuição como o RapidShare, MegaUpload.

Ocorre que isso pode ser feito em Windows, por exemplo, com programas como WinRAR, 7-ZIP, Power Archiver, que são proprietários.

Em Linux, pode-se usar comandos (split) ou compressores em linha de comando (rar, p7zip etc), mas isso nem sempre é prático, é preciso selecionar o compressor que vai funcionar, definir o tamanho das partes manualmente etc.

Com interface gráfica e para Linux, o mais conhecido dos pacotes é o HJSplit, mas ele é difícil de instalar, dependendo da versão pode ter incompatibilidades com as bibliotecas Kylix necessárias. Outras versões dependem de Kommander, LXSPlit, JAVA etc, sempre complicado. Para unir as partes do arquivo dividido, deve-se usar o comando "cat":
Outros programas como o GTKlxsplit, sofrem das mesmas deficiências. Outros ainda, como MP3Split-gtk:
somente funcionam para um tipo de mídia.

Por isso sugiro o uso de um programa bem simples e funcional, o pacote alemão GTK_Splitter.

2) Instalação:

Se ele não estiver nos repositórios de sua distribuição, ele existe e pode ser baixado:
na forma de programa fonte, expandido e compilado usando SPM ou de maneira usual:
com os clássicos comandos:

tar -vzxf nome completo do pacote e versão.tar.gz
$ ./configure
$ make
$ sudo make install


3) Uso:

Abra o programa GTK-Splitter, a partir do menu ou com o comando:

gtk-splitter

Na janela gráfica que aparece, clique em "Abrir", navegue e selecione a imagem, ISO etc, o arquivo que quer dividir, clique em "Salvar" e escolha a pasta onde quer salvar as diversas partes. Escolha o tamanho das partes, em Bytes, Kilobytes ou MegaBytes. Clique em "Split", "Verify" e "Start", e é só esperar o processo terminar...

para reunir novamente as partes divididas, faça como acima, escolhendo em "Abrir" a primeira parte do arquivo, depois clique em "Combine" (ao invés de "Split").

e pronto, BINGO! Bem fácil!

Outras dicas deste autor

Procurando e achando pacotes para Linux

Sabayon e Gentoo - Atualizar Portage em um único comando

Testando sempre o Firefox mais recente

Configurando aceleração 3D e Compiz-Fusion no Mandriva 2009.0

Proteção simples de CPUs e equipamentos eletrônicos contra maresia

Leitura recomendada

Efeito Chroma Key no Kdenlive [vídeo]

Acesso SSH/FTP no Linux pelo Windows

Editando arquivos do GuitarPro no Ubuntu 6.06 LTS

Auto-complete em Python no editor Vim

Quebrar senha do Windows NT/2K/XP com disco de boot Linux

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário