Erro na montagem de dispositivos NTFS após backup

Publicado por Perfil removido em 14/12/2012

[ Hits: 5.017 ]

 


Erro na montagem de dispositivos NTFS após backup



O problema ocorreu após realizarmos um backup de 35GB em um HD externo de 500GB, com sistema de arquivos NTFS. A tarefa foi realizada com o sistema operacional GNU/Linux, distribuição Linux Mint 14.

Após o backup, tanto o disco quanto o sistema de arquivos não apresentaram erros, porém, após a tentativa de montagem do HD no sistema operacional Windows, ocorreu uma falha de montagem e a necessidade de formatação do disco (sem mais detalhes) - provavelmente um falha no sistema de arquivos NTFS.

No GNU/Linux o HD apresentou o erro "MFT is corrupt", precisamente, o erro apresentado abaixo:
MFT is corrupt, cannot read its unmapped extent record 21Note :
chkdsk cannot fix this, try ntfsfixInode is corrupt (0):
Erro de entrada/saídaFailed to load runlist for $MFT/$DATA.highest_vcn = 0x3, last_vcn - 1 = 0x917fFailed to load $MFT:
Erro de entrada/saídaFailed to mount '/dev/sdg1':
Erro de entrada/saídaNTFS is either inconsistent, or there is a hardware fault, or it's aSoftRAID/FakeRAID hardware.
In the first case run chkdsk /f on Windowsthen reboot into Windows twice.


Tentamos a recuperação por meio do "Check Disk" do Windows e também o TestDisk, uma aplicação open source, mas o problema persistia, a única opção que tínhamos era a formatação, solução inviável, pois haviam arquivos importantes neste dispositivo.

Fizemos uma busca no Google com os seguintes parâmetros: MFT is corrupt, cannot read its unmapped extent record 21Note

E encontramos a solução neste site:
Após a leitura e adaptação do comando ao nosso ambiente, eis a solução:

sudo ntfsfix /dev/sdg1

Note que o /dev/sdg1 é referente a ponto de montagem do dispositivo. Para saber o ponto de montagem digite:

sudo fdisk -l

Esta é a informação de saída, podemos confirmar que o MFT estava corrompido:
Mounting volume... MFT is corrupt, cannot read its unmapped extent record 21
Note : chkdsk cannot fix this, try ntfsfix
Inode is corrupt (0): Input/output error
Failed to load runlist for $MFT/$DATA.
highest_vcn = 0x3, last_vcn - 1 = 0x917f
Failed to load $MFT: Input/output error
FAILED
Attempting to correct errors... MFT is corrupt, cannot read its unmapped extent record 21
Note : chkdsk cannot fix this, try ntfsfix
Inode is corrupt (0): Input/output error
Failed to load runlist for $MFT/$DATA.
highest_vcn = 0x3, last_vcn - 1 = 0x917f
Failed to load $MFT: Input/output error
FAILED
Failed to startup volume: Input/output error
Checking for self-located MFT segment... FOUND
Fixing the self-located MFT segment... OK


Neste trecho, o programa faz a correção do MFT:
Processing $MFT and $MFTMirr...
Reading $MFT... OK
Reading $MFTMirr... OK
Comparing $MFTMirr to $MFT... OK
Processing of $MFT and $MFTMirr completed successfully.
Setting required flags on partition... OK
Going to empty the journal ($LogFile)... OK
Checking the alternate boot sector... OK
NTFS volume version is 3.1.
NTFS partition /dev/sdg1 was processed successfully.


Após recuperarmos o disco rígido, por segurança, fizemos uma nova cópia dos arquivos.

O problema ocorrido nos faz pensar na importância de soluções que nos auxiliem na tarefa de recuperação de discos e sistemas de arquivos (NTFS, FAT, RFS, ext* etc), pois, como é de conhecimento da maioria dos usuários, a formatação de disco não preserva os arquivos armazenados, por isto, na maioria das vezes ela não é a solução mais indicada.

Dica também publicada em:
Outras dicas deste autor

Be Linux (vídeo Youtube)

Como criar arquivos .doc (Word) e PDF no Linux

Monitor de rede na bandeja do sistema do KDE: knemo

Compilar kernel Linux 2.6.36 no Debian Squeeze

Atualizando o kernel nos Ubuntu Like sem trauma... mesmo!

Leitura recomendada

Montando partições NTFS no Ubuntu Linux (definitivo)

Montando uma imagem de CD (iso)

Visualização da partição Win no Linux

GlusterFS - Cluster de Filesystem no Linux

Docker: Persistindo dados -BTSync

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário