Técnico de Windows e técnico de informática... Saiba a diferença

Publicado por Filipe Gaio em 28/10/2010

[ Hits: 9.678 ]

 


Técnico de Windows e técnico de informática... Saiba a diferença



Uma coisa que percebo e que venho associando há anos é que muitos dos ditos "técnicos de informática" sabem apenas trabalhar com o Windows.

Creio que, ao meu ver, um verdadeiro técnico de informática deveria saber lhe dar com quaisquer sistema operacional, uma vez que a verdadeira "missão" de um profissional deste ramo é deixar o computador funcionando de acordo com as especificações do cliente. Ou seja, se eu quero um computador com Linux funcionando, o técnico deverá arrumar o sistema Linux e não sugerir a utilização do Windows.

Leiam o artigo completo em: http://www.linuxtotal.org/viewtopic.php?f=56&t=461

Outras dicas deste autor

Instalando o Firefox mais recente no Linux Mint Debian Edition e Debian através de repositórios

Crie programas sem saber absolutamente nada de programação!

Existe uma distribuição Linux melhor? Como escolher?

Leitura recomendada

VPN básica site-to-site com IPsec

Mudando do modo gráfico para texto no Linux

Como descompactar arquivos no Linux

Como apagar um kernel no Ubuntu

Ligando no Asterisk via Vono

  

Comentários
[1] Comentário enviado por ToniLink em 28/10/2010 - 15:05h

Concordo plenamente, e por este assunto já até discuti com colegas que se afirmam técnicos de informática porém só sabem formatar um computador e instalar o Windows (muitas veses pirata), e nada além, independente de qual for o problema!

[2] Comentário enviado por albfneto em 28/10/2010 - 16:15h

Bem é isso, o profissional bom deve conhecer um pouco de tudo, inclusiver de hardware, de rede etc...

[3] Comentário enviado por andrebian em 28/10/2010 - 21:34h

Olha meu camarada, eu sou tecnico em informatica e me arrisco a dizer que eu sei fazer muito mais coisas no Linux do que no windows. Em todos os lugares que eu vou pra tratar de informatica lá está o meu pendrive carregado com videos mostrando um "LINUX" de verdade funcionando, as pessoas babam, mas poucos realmente se interessam em instalar ou pedir um copia de um liveCD. Exemplo prático: na empresa em que trabalho a cada 5 computadores 4 tem Linux, pena que no meu setor ainda os equipamentos nao tem suporte ideal pra Linux e temos que usar Windows. Mas se perguntar pra algumas pessoas a respeito do Linux elas chagam até a ficar bravas dizendo q nao gostam de usar, mas quando desconecta o MSN, cai a rede no Windows ou por a cada 10 min alguem ter que reiniciar o Windows, aquelas pessoas que diziam que nao gostam ficam se vangloriando "É, ainda bem que no meu nao acontece isso" ... vai entender essas pessoas...

[4] Comentário enviado por kobushi em 29/10/2010 - 11:39h

A verdade é que existem muitos "micreiros" que se passam por "técnicos de informática", mas só conhecem as ferramentas (e muitas são inúteis) da Microsoft. Em 2003, quando me habilitei com a formação técnica em Informática Industrial, o aluno formando era obrigado a conhecer e comprovar conhecimento em multiplataformas. Quando eu me formei, resolvia problemas em diversos sistemas e arquiteturas, como Linux, Unix, Sparc, Mac, Bsd e tantas outras. Eu estudei 3 anos para isso e fui muito valorizado pelo mercado na época.

Hoje qualquer "micreiro" que sabe formatar um hd já se auto-intitula técnico. Mas não conhece nada de eletrônica, eletricidade, teleprocessamento, telemática, virtualização, redes digitais locais e remotas, estas entre as diversas matérias que estudei no meu curso. E pela falta de conhecimento real é que esses "micreiros" ficam presos a um sistema noob como os da Microsoft.

A pior coisa que aconteceu no mercado quando esses "técnicos" micreiros de windows apareceram foi a desvalorização do verdadeiro profissional. Até porque, pela ausência de comprovação de formação e não garantia de 100% de funcionamento após seus serviços, esses "técnicos" possuem valor de mão de obra muito barata comparados a um técnico de verdade, desvalorizando toda a categoria de técnicos de informática.

Não atuo mais na área faz muito tempo, mas hoje em dia é difícil encontrar um bom técnico de informática como havia antigamente, que resolvia os problemas do computador e respeitava as opiniões do usuário, como por exemplo, a escolha de um sistema operacional livre.

[5] Comentário enviado por removido em 29/10/2010 - 16:25h

Nos cursos "profissionalizantes" eles so esquecem de pouca coisa como por exemplo a existencia da Apple com o MAC OS, a Existencia do Linux, Alguém já viu falarem do solaris??? Ou ainda BeOS quem conheçe o XTS300!?!??! é complicado....

[6] Comentário enviado por Teixeira em 31/10/2010 - 19:41h

Hoje em dia qualquer formatador de HD já se acha no direito de intitular-se "técnico" - e o que é pior: "técnico de informática" - quando nem mesmo sabe diferenciar um "drive" de um "driver" e até "software" de "hardware".

Pasmem: Tais pessoas existem em número muito maior do que se possa imaginar e algumas até DÃO AULAS de informática!...

No entanto, quando se vai fazer um curso avulso de redes e cabeamento, SEMPRE tem aquela "introdução ao linux" que é mais um "tiro no pé" que mesmo algum incentivo ao aprendizado.
Algo comparável ao mesmo trecho de "O Guarani" sendo executado todos os dias durante décadas a fio no programa "A Voz do Brasil".
Fica é chato pra burro e as pessoas se desinteressam totalmente pela belíssima peça melódica de Carlos Gomes.
Rede é chato, cabeamento é chato, protocolos internet são chatos, linux é chato.
Aprender Alemão é chato, porque tem palavras quilométricas, a formação de números são dose pra leão e tem aquele problema de declinação que para nós é um fenômeno ou desconhecido ou que nos lembra o Latim - também chato.

Mas se não nos dedicarmos a aprender essas coisinhas chatas, certamente jamais aprenderemos Alemão.
Ou jamais seremos Técnicos de alguma coisa, seja ela qual for, se não houver de nossa parte a necessária dedicação, indispensável para obtermos a vitória sobre os obstáculos.

[7] Comentário enviado por mcnd2 em 31/10/2010 - 20:07h

Na verdade quem conhece só Windows não sabe trabalhar como técnico com outro sistema operacional instalado.

No caso com o Linux em questão básica, ele saberia verificar qual é os hardware no computador em questão verificado?

Com o comando "lspci" além de outros... saberemos a listagem de hardware do computador.

;°D ...


[8] Comentário enviado por walescko em 04/11/2010 - 18:54h

não técnico de informática, mas consigo instalar os dois sistemas (Linux e Windows) sem nenhum problemas e fazer a sua configuração básica, nada de mais.

tenho um amigo que se formou em um curso técnico, até esse ano, linux para ele era coisas de outro mundo e nem sabia como começar e falava que o sistema não serviria para ele programar em JAVA ou montar um servidor... até que um dia ele resolveu fazer um teste com o insigne e se foi o windows dele, então jurou nunca mais usar o linux ou experimentar. Convenci ele a experimentar o Ubuntu ou o Debian, ele optou pelo Ubuntu, resultado: não larga mais o sistema, usa o windows somente para algumas aplicações específicas da bolsa de iniciação científica dele.

[9] Comentário enviado por Under.son em 21/06/2011 - 11:43h

É a mais pura verdade!

Hoje eu posso reconhecer que sou técnico em informática, trabalho com Windows, Linux, Mac, dou manutenção a estes (e não é aquela manutenção destrutiva, mais conhecida como "formatar"), estou aos poucos aprendendo outros tipos de sistemas, e faço o que faço com orgulho!
Nos (ainda) poucos cursos na área que fiz, pelo menos eu me sentia interessado em ir "até um pouco mais longe", afinal quantas vezes os meus instrutores perguntaram: "Quem tá afim de ver como se faz isso em Linux (e etc.)?", e como era de se esperar, apenas o "tapado" aqui se botava em interesse, mas como não era vontade da maioria...
Hoje encontro muito desses meus colegas, e vejo que nenhum deles chegou aos pés do conhecimento que eu adquiri por fora (e que valeu a pena).

E também tem o fator "cansei de ter problemas com Windows" que me fez pensar mais ainda no outro lado da moeda, e pelo mesmo fator que hoje sou usuário e fã do GNU/Linux e o mundo do Free Software.

Ou os "micreiros" que desejarem comecem a buscar conhecimento, ou esse mundo não vai pra frente!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts