"Self Service" ou "A la carte"? O Linux mostra sua força em desktops

Publicado por Cleber Campos em 05/12/2007

[ Hits: 9.836 ]

Blog: http://cleber.eng.br

 


"Self Service" ou "A la carte"? O Linux mostra sua força em desktops



Ubuntu Gutsy ou Linux Mint? Ao gosto do cliente.
Gosto não se discute. Historicamente, a turma do pinguim gosta de montar seu próprio 'prato', ou melhor, sistema. Eles são do tipo "Self Service", ou seja, pegam um sistema pelado (prato vazio) e vão moldando conforme a sua preferência (colocando as porções), e pelo terminal de comando (sem garçon servindo), melhor ainda.

Tem mais 'sabor' o resultado final, pois está a seu gosto, e foi preparado com esforço pessoal. Enfim, a sua cara. Dá o maior prazer trabalhar na 'sua' máquina.

O pessoal que curte o Ubuntu Gutsy (7.10) é desse grupo... dos 'self service', assim como a turma do "Slackware" (os radicais do self service - dizem que quem consegue usar - se servir - não larga mais), do Arch, do Debian, enfim, das primeiras distribuições, chamadas raízes, das quais derivaram todas as outras.

Porém, com a evolução e consolidação do Linux em desktops, está surgindo um outro grupo... o grupo dos 'A la carte', ou seja, pessoas que gostam de saborear um belo e requintado prato pronto, com entrada, prato principal e sobremesa já disponíveis, tudo prontinho e servido (pode ser um simples PF também... ehehe).

Este grupo de pessoas, com certeza migrantes do Windows, sente dificuldade em 'montar' o seu prato (sistema), pois os garçons do Bill se encarregavam de fornecer o PF, ou seja, o prato feito (cheio de enfeite por cima, para esconder a bagaceira debaixo... eheheh).

Por isso, esse novo grupo se identifica mais com distribuições como o Linux Mint, um Ubuntu muito bem preparado, já com todos os 'acompanhamentos' instalados, bonito e agradável, forte e saboroso. É só saborear, sem ter o trabalho de ficar instalando porções. Mas, claro, se quiser reforçar o prato... também pode. E as opções não param de aparecer. É o mundo todo fazendo receita nova! Tem muita porcaria, mas pelo menos você está vendo o que estão te servindo, e não é obrigado a engolir... é o livre arbítrio!! Viva a liberdade... Viva o Software Livre!

Temos outros 'a la carte' muito bons, inclusive um indicado pelo guru do Software Livre - o Richard Stallman - que disse usar o Linux gNewSense... muito bom por sinal, já baixei o liveCD e vou instalar para testar (claro que em paralelo, sem deixar o meu Mint, o qual já dei uma 'retemperada' reforçada, e acho difícil achar outra distro que supere). Pelo menos por enquanto.

Para concluir, cito o muito legal slogan do Mint: "from freedom came elegance".

E você? Vai de quê? Self-service ou A la carte?

Veja o artigo completo:
Outras dicas deste autor

O novo mecanismo de busca para o Ubuntu

Linux na IPTV do Brasil - difícil caminho

O Linux terá sucesso em desktops. Sabe por quê?

As 10 distribuições Linux preferidas nos últimos 3 meses

Leitura recomendada

Constructor Game no Linux

Borda nas imagens usando CSS e HTML

Instalando o kiba-dock (atualizado)

Duzeru - Uma distro que nem DistroWatch conhece, ainda!

Ubuntu 10.04 com VMware Server 2.0.x

  

Comentários
[1] Comentário enviado por tenchi em 06/12/2007 - 13:21h

Eu como em marmita mesmo ;-)

[2] Comentário enviado por piovisqui em 06/12/2007 - 21:46h

Achei bem tosco... acho que o nível de nerdisse é mito alto pra mim...

[3] Comentário enviado por removido em 07/12/2007 - 06:03h

Gostei, poderia virar um artigo ao invés de dica, grande abraço...

[4] Comentário enviado por fulllinux em 07/12/2007 - 07:24h

Boa, mas mas não gosto que me sirvam de forma alguma, gosto de pegar crú e cozinhar e dar meu próprio tempero!

Ótima sua dica, mas quando estava esquentando acabou... me deixou com água na boca!

Abraço.

[5] Comentário enviado por mauro sandro dos em 18/03/2008 - 11:02h

eu queria saber como servir alacarte



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts