Liberando memória RAM ociosa

Publicado por Daniel Zaia Manzano em 14/01/2013

[ Hits: 39.485 ]

 


Liberando memória RAM ociosa



O sistema sempre deixa ativa uma parte da memória RAM que foi usada por um aplicativo que já foi terminado, caso o mesmo volte a ser usado.

Para liberar esta memória, aplique o seguinte comando:

# sysctl -w vm.drop_caches=3

Observações:
  • Para verificar o estado da memória RAM, utilize o comando: free -m
  • Note que esta ação não deixa o sistema mais rápido, nem é prejudicial, pois a memória removida estava em estado ocioso e não afetaria a estabilidade ou performance do sistema.

Esta ação serve, tão somente, para o usuário verificar quanta memória RAM está sendo usada realmente naquele momento.

Outras dicas deste autor

convert - Convertendo imagens no GNU/Linux

Diferença entre o uso de aspas duplas (") e aspas simples (')

Montando imagem ISO

Aliases no bash e como "escapar" um comando com alias

Montando partições NTFS com permissão de leitura e escrita

Leitura recomendada

Instalar Debian 4 em modo gráfico

Tire screenshots com a tecla PrintScreen

PROJUDI/Goiás: Preparando documentos PDF para processos

Monitorando caixas postais com o wmbiff

strip: diminuindo o tamanho dos programas compilados

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Rhind em 15/01/2013 - 11:18h

Muito bom!

Porem, tem uma observação importante: Ao executar esse comando, você não só libera a memória ociosa como também à desabilita de fazer caches de outros programas, se aplicando de forma permanente ao sistema.

[2] Comentário enviado por /bin/laden em 15/01/2013 - 12:26h

Na verdade não é memória ociosa que você tá liberando, e sim removendo objetos cacheados em RAM! Faça um simples teste:

1 - Ao iniciar o PC, abra por exemplo o Firefox e verá que ele geralmente "demora" um pouco pra abrir;
2 - Feche ele e abra novamente e verá que ele abriu muito mais rápido pelo fato de possuir "instâncias" cacheadas em RAM;
3 - Agora feche ele novamente e execute o comando acima;
4 - Abra de novo o Firefox e perceberá que ele irá novamente irá "demorar" pra abrir.

Por isso, não é recomendável executar esse tipo de ação em servidores!

[3] Comentário enviado por dzm_linux em 15/01/2013 - 13:15h

Rhind,
Vale lembrar que esta configuração dura tão somente até o próximo reboot.


/bin/laden,

Este tal "objeto cacheado em RAM" poderá ou não estar sendo usado pelo sistema. Enquanto não estiver sendo usado, será considerado, na minha opinião, memória ociosa.

Mas devo concordar que não é bom executar este comando em servidores.



Contribuir com comentário