Instalando 2 Conkys com fundo transparente no KDE e removendo o flicker da tela

Publicado por Anderson Crocamo em 07/12/2012

[ Hits: 6.120 ]

 


Instalando 2 Conkys com fundo transparente no KDE e removendo o flicker da tela



Oi pessoal!

Neste tutorial mostrarei um passo a passo sobre como instalar um ou mais Conkys no Debian. Como resolver o problema da transparência dando flicker na tela no KDE, e como iniciá-los automaticamente, após o carregamento do sistema.

1. Atualizando os repositórios do Debian. Selecione e copie a seguinte linha do repositório relacionado abaixo:

deb http://backports.debian.org/debian-backports squeeze-backports main contrib non-free

2. Abra o terminal como administrador (root), digite su e tecle ENTER. A próxima linha pedirá sua senha de administrador, digite-a e tecle ENTER para confirmar.

3. Como usuário root, iremos chamar o editor de texto Nano e colar os repositórios copiados da lista acima no arquivo sources.list. Digite na linha de comando o seguinte:

# nano /etc/apt/sources.list

4. Com o editor de texto aberto, aparecerá uma lista de repositórios nativos do sistema.
  1. Com a seta de direção para baixo, vá até o fim do arquivo e tecle: Ctrl+Shift+v
  2. Salve o arquivo: Ctrl+c   Ctrl+x
  3. Pressione S e tecle: ENTER

5. Digite na linha de comando do terminal o seguinte:

# gpg --keyserver hkp://subkeys.pgp.net --recv-keys 16BA136C && gpg --export 16BA136C | apt-key add -
# aptitude update


6. Após a atualização dos repositórios, iremos instalar o pacote do Conky no Debian. Digite:

# aptitude install conky conky-all

7. Clique no link abaixo e faça o download da fonte TTF OpenLogos:
8. Clique no link abaixo e faça o download da fonte GEInspira:
9. Com o gerenciador de arquivo Dolphin aberto, vá para à pasta onde você baixou os arquivos. Clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo "GEInspira font.tar.gz" e clique na opção: Extrair arquivo aqui

11. Clique no botão iniciar (Menu K) e selecione:

Computador → Configurações do sistema → Instalador de fontes

11. Clique no botão "Adicionar". Abra a pasta onde você baixou as fontes e selecione o arquivo "54390-openlogos.ttf". Clique no botão "Abrir". Na tela seguinte clique no botão "Sistema". Entre com sua senha de administrador em seguida clique no botão "Ok".

12. Clique no botão "Adicionar" novamente, abra a pasta denominada "GEInspira font". Selecione todos os arquivos TTF contidos nesta pasta (com a tecla Ctrl pressionada, clique sobre cada arquivo TTF), em seguida clique no botão "Abrir". Agora feche o instalador de fontes.

13. Vamos instalar o gerenciador de imagem da desktop (feh). No terminal, como administrador, digite:

# apt-get install feh

14. Clique no link abaixo para baixar o "Conky-grey-red".
15. Com o Dolphin, vá para a pasta onde você baixou o arquivo e dê um clique com o botão direito do mouse sobre "Conky-grey-red", e selecione: Extrair arquivo aqui

16. Abra a pasta criada "/conky_grey_red/1349430141", e selecione os arquivos "conky_grey.lua" e o "conkyrc". Copie-os para a sua pasta /home.

17. Selecione e copie a linha abaixo.

${texeci 1000 feh --bg-scale "/home/nomedousuário/pastadaimagemdefundo/nomedoarquivo.png"}

Onde:
  • nomedosuario → Seu nome de usuário.
  • pastadaimagemdefundo → O caminho onde está armazenada sua imagem de fundo.
  • nomedoarquivo → O nome da imagem de fundo utilizada.

18. Abra o terminal como administrador (passo 2), e edite o arquivo "conkyrc". No terminal digite:

# nano conkyrc

19. Repita o passo 4, itens: 1, 2 e 3.

20. Agora vamos testar o "Conky-grey-red". Pressione Alt+f2 e digite o seguinte comando:

conky -c ~/conkyrc &

E tecle ENTER.

21. Clique no link abaixo para baixar o "Gotham-conky".
22. Repita o passo 15, substituindo o nome do arquivo anterior pelo "Gotham-conky". Com o Dolphin aberto, vá para pasta recém-criada e clique em "Exibir/Exibir arquivos ocultos".

Clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo "conkyrc" e selecione "Renomear". Nomeie o arquivo para "conkyrc1" e copie ele para sua pasta /home.

23. Repita os passos 17, 18 (substituindo o nome do arquivo para "conkyrc1") e 19.

24. Repita o passo 20, substituindo o nome do arquivo pelo o atual "conkyrc1".

25. Com Dolphin aberto, clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo "conkyrc" e selecione "Renomear". Insira um ponto "." (sem as aspas), antes do nome do arquivo e dê um clique no botão "Renomear".

26. Repita o passo 25: substitua o nome do arquivo pelo do "conkyrc1".

27. Agora iremos criar o arquivo "inicia_conky.sh". No terminal, como administrador, digite:

# nano inicia_conky.sh

Na primeira linha, digite:

sleep 10 && conky -c ~/.conkyrc &

Na segunda linha, digite:

sleep 10 && conky -c ~/.conkyrc1 &

Tecle: Ctrl+c   Ctrl+x, pressione S e tecle: ENTER

28. Vamos fazer com que o arquivo "inicia_conky.sh" seja executável. Digite:

# chmod +x inicia_conky.sh

29. Feche o terminal.

30. Clique no botão iniciar (K Menu) selecione:

Computador → Configurações do sistema → Avançado

Clique no ícone: Iniciar automaticamente

31. Clique no botão: Adicionar script

32. Abrirá uma tela. Ao lado do campo "Script do shell", clique no ícone de uma pasta e selecione o arquivo "inicia_conky.sh", clique em "Ok" e feche a janela.
Linux: Instalando 2 Conkys com fundo transparente no KDE e removendo o flicker da tela
Até a próxima!

Outras dicas deste autor

Firefox no Debian Wheezy KDE (removendo o Iceweasel)

Removendo o Iceweasel e instalando o Firefox no Debian Squeeze KDE

Instalando impressora compartilhada pelo Windows XP no Debian Squeeze

Leitura recomendada

Conversor WinFF no Fedora

Analizando a performance de servidores web com o httperf

OggConvert - Convertendo facilmente vídeos e músicas para OGG

Debian: modificando a forma como o APT instala pacotes

Instalando Chromium Browser no Ubuntu 20.04 Sem Usar Snap

  

Comentários
[1] Comentário enviado por corrosiontears em 07/12/2012 - 11:44h

Ficou muito lindo! :D

[2] Comentário enviado por Necotp em 08/12/2012 - 09:28h

Muito obrigado por seu comentário, corrosiontears! Valeu!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts